Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/13308
Tipo do documento: Artigo
Título: Avaliação de métodos de extração, limpeza e purificação de aflatoxinas para análise em cromatografia líquida de alta eficiência
Título(s) alternativo(s): Evaluation of extraction, cleaning and purification methods of aflatoxins for hplc analysis
Autor: Ramos, Cristiane Regina Bueno Aguirre
Brasil, Edward Madureira
Geraldine, Robson Maia
Resumo: Foi realizada avaliação comparativa de dois métodos de extração, limpeza e purificação de aflatoxinas, para análise em cromatógrafo líquido de alta eficiência. Um dos métodos é físicoquímico e baseia-se em reações químicas para todas as etapas. O outro utiliza coluna de imunoafinidade. Os métodos foram avaliados quanto à porcentagem de recuperação, custo do processo, tempo gasto para análise e número de amostras analisadas por dia. A recuperação obtida pelo método físicoquímico foi mais baixa do que a do método de imunoafinidade, para as aflatoxinas B1, B2 e G1, porém mais alta para G2. Ambos os métodos apresentaram valores de recuperação dentro da faixa estabelecida pela Comunidade Européia, que vai de 70% a 120%. A análise comparativa de custos revelou que estes foram menores no método físico-químico. Porém, suas análises são demoradas, por envolverem várias etapas, e exigem maior cautela por parte do laboratorista. Apesar do custo mais elevado, aproximadamente seis vezes superior ao do método físicoquímico, o método de imunoafinidade apresenta maior rapidez e facilidade de execução.
Abstract: A comparative evaluation process was carried out between two methods of aflatoxins extraction, cleaning, and purification, for High Performance Liquid Chromatography (HPLC) analysis. The first one is the physical-chemical method, based on chemical reactions for all the stages, and the second makes use of a immunoaffinity column (IAC). The methods were evaluated as related to recovery percentage, cost, time spent for analysis, and number of samples analyzed per day. The recovery percentage obtained through the physical-chemical method was lower than the IAC method to B1, B2 and G1 aflatoxins, and higher to G2 aflatoxin. Both techniques presented recovery percentages in accordance with established values by the European Community (70% to 120%). Concerning costs, the physical-chemical method showed to be the least expensive, but its analysis process takes more time, because it involves more steps and demands more caution from laboratory technicians. Despite its higher cost, about six times higher than the physicalchemical method, the IAC method showed to be faster and easier to perform.
Palavras-chave: Recuperação
Aflatoxinas
Métodos de extração
Imunoafinidade
CLAE
Recovery
Aflatoxins
Extraction methods
Immunoaffinity
HPLC
País: Brasil
Instituição: João Batista Duarte
Sigla da instituição: UFG
Unidade acadêmica: Escola de Agronomia e Engenharia de Alimentos - EAEA (RG)
Citação: RAMOS, Cristiane Regina Bueno Aguirre; BRASIL, Edward Madureira; GERALDINE, Robson Maia. Avaliação de métodos de extração, limpeza e purificação de aflatoxinas para análise em cromatografia líquida de alta eficiência. Pesquisa Agropecuária Tropical, Goiânia, v. 38, n. 2, p. 103-108, abr./jun. 2008. Disponível em: <https://www.revistas.ufg.br/pat/article/view/4158/3657>.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/13308
Data de publicação: Jun-2008
Aparece nas coleções:EA - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo -Cristiane Regina Bueno Aguirre Ramos - 2008.pdf93,57 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons