Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/13326
Tipo do documento: Artigo
Título: Importância do manejo no controle da mortalidade de bezerros em uma propriedade rural de exploração mista de bovinos
Título(s) alternativo(s): Reduction of calves mortality rate after management changes, in a farm with crossbreed cows herdy
Autor: Silva, Luiz Antônio Franco da
Acypreste, Cléverson Santos
Dias, Francisco de Carvalho
Fíoravantí, Maria Clorinda Soares
Ramos, Ludmíla de Souza
Teixeira, Patrícia Alesí
Resumo: Acompanharam-se os índices de mortalidade de bezerros em uma fazenda de exploração mista de bovinos no Estado de Goiás no período compreendido entre1994 e 1997 à medida que eram introduzidas mudanças de manejo. As modificações implantadas visaram melhorar a sobrevivência e a sanidade destes animais, e constaram de formação de piquetes de paríção, acompanhamento do parto, corte e desinfecção do umbigo, administração de colostro nas primeiras horas pósnascimento, formação de piquetes e suplementação destinados aos bezerros e treinamento da mão-de-obra auxiliar. A propriedade possuí cerca de 1 000 h a dividida em dois retiros destinados à bovinocultura, com 650 vacas com graus variáveis de sangue Zebu/Holandês. Ao iniciar o estudo no ano de 1994, fez-se uma avaliação inicial da situação, antecedendo a implantação das mudanças de manejo, onde foi constatado índice de mortalidade de bezerros de 18,65%. Para os anos subseqüentes a mortalidade decresceu para 9,39%, 6,45% e 4,67%. As principais causas de morte em ordem decrescente durante o estudo foram atribuídos às hemoparasítoses {20,8%), diarréias (19,2%) e desnutrição (12%). Os demais óbitos foram atribuídos à pneumonia (11 ,2%), onfaloflebíte (8%), etc. A redução nos índices de mortalidade provavelmente ocorrem em função do conjunto de medidas adotadas, demostrando que as mudanças introduzidas, apesar de simples, reduziram para índices aceitáveis os óbitos em bezerros.
Abstract: This study was made in a farm (Goiás State) wíth 1000 ha and 650 crossbreed cows. In 1994, the calves mortalíty rate was 18,65%. The mortalíty causes were tíck fever (20,80%), díarrheas (19,20%), desnutrítíon (12,00%) pneumonia {11,20%) and onfaloflebítís {8,00%). After to stablísh a materníty paddock, delívery attendance, navel desínfectíon, colostrum admínístratíon to newborn calves, food supplementatíon to the calves and traíníng the workers, the calves mortalíty rate reduced slowly in the next years. In 1995 thís rate was 9,39%, in 1996 and 1997 haas 6,45% and 4,67% respectívely. Therefore, ít was possíble to observe that símple management changes reduced the mortalíty rate in thís farm.
Palavras-chave: Bezerros
Mortalidade
Manejo
Calves
Mortalíty
Management
País: Brasil
Unidade acadêmica: Escola de Veterinária e Zootecnia - EVZ (RG)
Citação: SILVA, Luiz Antônio Franco da; ACYPRESTES, Cleverson Santos; DIAS FILHO, Francisco de Carvalho; FIORAVANTI, Maria Clorinda Soares; RAMOS, Ludmila de Souza; TEIXEIRA, Patrícia Alessi. Importância do manejo no controle da mortalidade de bezerros em uma propriedade rural de exploração mista de bovinos. Revista Brasileira de Ciência Veterinária, Niterói, v. 8, n. 2, p. 94-99, maio/ago. 2001.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Identificador do documento: 10.4322/rbcv.2015.222
Identificador do documento: 10.4322/rbcv.2015.222
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/13326
Data de publicação: Ago-2001
Aparece nas coleções:EVZ - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Luiz Antônio Franco da Silva - 2001.pdf1,73 MBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons