Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/13477
Tipo do documento: Artigo
Título: Morfologia e morfometria da reparação tecidual de feridas cutâneas de camundongos tratadas com solução aquosa de barbatimão (Stryphynodendron Barbatiman Martius)
Título(s) alternativo(s): Morphological and morphometrical studies on tissue repair of mice cutaneous wounds treated with barbatiman aqueous solution (Stryphynodendron Barbatiman Martius)
Autor: Eurides, Duvaldo
Mazzanti, Alexandre
Belleti, Marcelo Emílio
Silva, Luiz Antônio Franco da
Fioravanti, Maria Clorinda Soares
Troncoso Neto, Nilo Sérgio
Campos, Vanderlei Anacleto de
Lemos, Roberto Cardoso
Silvestrini Júnior, Plinio Luiz
Resumo: Utilizaram-se 48 camundongos (Mus musculus), machos, para estudo da reparação tecidual de feridas cutâneas tratadas com solução aquosa de barbatimão (Stryphynodendron barbatiman Martius). Os animais foram submetidos a remoção circular de pele de 10,0mm na região dorsal do tórax e distribuídos em dois grupos para avaliação morfológica e morfométrica das feridas nos períodos de 3, 7, 14 e 21 dias de pós-operatório (PO). Nos animais do grupo I, as feridas não foram tratadas e nas do grupo II, instilou-se diariamente 0,1ml da solução. As feridas dos animais do grupo II no 7° e 21° PO, apresentaram tecido de granulação mais desenvolvido e tornaram-se reparadas no 19° PO em relação as do grupo I, que cicatrizou acima de 21 dias. A utilização tópica de solução aquosa de barbatimão apresentou eficiência significativa no auxílio da reparação cicatricial de feridas cutâneas de camundongos.
Abstract: Fourth-eight male mice (Mus musculus) were submitted to surgical removal of a circular fragment of skin, with 10,0 mm of diameter, from the dorsal portion of the Thorax. The animals were divided into two groups for morphological and morph metrical evaluation of the wounds, on the 3th, 7th, 14th and 21st days after surgery. The animals on group I did not have their wounds treated and the animals on group II had topic treatment with 0,1 ml of barbatiman aqueous solution. The wounds of the animals in group II on the 7th on the 21st days after surgery, showed more intense granulated tissue. On the 19th day after surgery the wounds of the animals on group II were repaired and the mice of group I, had their wounds repaired after the 21st day after surgery. The use of barbatiman aqueous topic solution was efficient to help tissue repairment of mice cutaneous wounds.
Palavras-chave: Camundongo
Ferida
Cicatrização
Barbatimão
Mice
Wound
Tissue repair
Barbatiman
País: Brasil
Unidade acadêmica: Escola de Veterinária e Zootecnia - EVZ (RG)
Citação: EURIDES, Duvaldo; MAZZANTI, Alexandre; BELLETI, Marcelo Emílio; SILVA, Luiz Antônio Franco da; FIORAVANTI, Maria Clorinda Soares; TRONCOSO NETO, Nilo Sérgio; CAMPOS, Vanderlei Anacleto de; LEMOS, Roberto Cardoso; SILVESTRINI JÚNIOR, Plinio Luiz. Morfologia e morfometria da reparação tecidual de feridas cutâneas de camundongos tratadas com solução aquosa de barbatimão (Stryphynodendron Barbatiman Martius). Revista da Faculdade de Zootecnia, Veterinária e Agronomia, Uruguaiana, v. 2/3, n. 1, p. 37-42, 1996.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/13477
Data de publicação: 1996
Aparece nas coleções:EVZ - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Duvaldo Eurides - 1996 .pdf81,07 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons