Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/13547
Tipo do documento: Artigo
Título: Utilização de antimicrobianos na avicultura
Autor: Mendes, Fernanda Rodrigues
Leite, Paulo Ricardo de Sá da Costa
Ferreira, Lídia Lopes
Lacerda, Maria Juliana Ribeiro
Andrade, Maria Auxiliadora
Resumo: Atualmente, estudiosos questionam a ação e eficácia dos antibióticos empregados na medicina veterinária e possível impactos na avicultura. No que diz respeito à transmissão de resistência bacteriana a humanos pelo uso de antibióticos na produção animal, ainda não existe nada comprovado. A freqüência de surgimento de novos fenótipos resistentes de vários patógenos em medicina veterinária e humana é uma preocupação crescente, pois infecções provocadas por bactérias resistentes estão associadas com maior taxa de morbidade e mortalidade do que as causadas pelos patógenos sensíveis. A existência de antibióticos na alimentação animal gera um fator de risco para a saúde humana e dessa forma, é questionada a possível presença de resíduos na carne, ovos ou leite, que na alimentação humana podem ser os próprios aditivos ou seus metabólitos acumulados nos produtos. Os riscos potenciais incluem reações de hipersensibilidade até propriedades cancerígenas e indução de resistência cruzada para bactérias patógenas em humanos. Assim, a utilização prolongada de certos antibióticos pode provocar uma seleção de bactérias resistentes dentro de grupos que são patógenos primários ou oportunistas para humanos. Ainda que se discuta a relevância prática destes estudos, há um consenso geral de que a proibição total dos antibióticos promotores de crescimento resulte em menor lucratividade para o setor. Para que se possam ter dietas sem o uso de promotores de crescimento, faz-se necessário a introdução de novas estratégias visando contornar os efeitos negativos sobre o desempenho e a saúde das aves. Com base nesses dados, objetivou-se uma revisão sobre o uso de antimicrobianos, mecanismo de ação, resistência e impactos na avicultura.
Abstract: Currently scholars question the action and effectiveness of antibiotics used in veterinary medicine and possible impacts on poultry. As regards the transmission of bacterial resistance to humans by the use of antibiotics in animal husbandry, although there is nothing proven. The frequency of emergence of new resistant phenotypes of various pathogens in human and veterinary medicine is a growing concern because infections caused by resistant bacteria are associated with greater morbidity and mortality than those caused by susceptible pathogens. The presence of antibiotics in animal feed generates a risk factor for human health and thus, is questioned the possible presence of residues in meat, milk or eggs, which can be in food additives themselves or their metabolites accumulated in products. Potential risks include hypersensitivity reactions to carcinogenic properties and induction of cross-resistance to pathogenic bacteria in humans. Thus, prolonged use of certain antibiotics can lead to selection of resistant bacteria within groups that are primary or opportunistic pathogens for humans. Although we discuss the practical relevance of these studies, there is a general consensus that a total ban on antibiotic growth promoters results in lower profitability for the sector. To which may have diets without the use of growth promoters, it is necessary to introduce new strategies to circumvent the negative effects on performance and health of the birds. Based on these data, the aim of a review on the use of antimicrobials, mechanism of action, and impact resistance in poultry.
Palavras-chave: Genes de resistência
Impactos na avicultura
Promotores de crescimento
Resistance genes
Impacts on poultry
Growth promoter
País: Brasil
Unidade acadêmica: Escola de Veterinária e Zootecnia - EVZ (RG)
Citação: MENDES, Fernanda Rodrigues; LEITE, Paulo Ricardo de Sá da Costa; FERREIRA, Lídia Lopes; LACERDA, Maria Juliana Ribeiro; ANDRADE, Maria Auxiliadora. Utilização de antimicrobianos na avicultura. Revista Eletrônica Nutritime, Viçosa, v. 10, n. 2, p. 2352-2389, mar./abr. 2013.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/13547
Data de publicação: Abr-2013
Aparece nas coleções:EVZ - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Fernanda Rodrigues Mendes - 2013.pdf4,41 MBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons