Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/13611
Tipo do documento: Artigo
Título: Situação atual do banco de DNA de recursos genéticos animais no Brasil
Título(s) alternativo(s): Present status of the genetic resources dna bank in Brazil
Autor: Egito, Andréa Alves do
Albuquerque, Maria do Socorro Maues
Castro, Silvia Tereza Ribeiro
Paiva, Samuel Rezende
Marques, José Ribamar Felipe
McManus, Concepta Margaret
Mariante, Arthur da Silva
Abreu, Urbano Gomes Pinto
Santos, Sandra Aparecida
Sereno, José Robson Bezerra
Fioravanti, Maria Clorinda Soares
Vaz, Clara Marineli Silveira Luiz
Nobre, Fernando Viana
Carvalho, José Herculano de
Costa, Maria Rosa
Ribeiro, Maria Norma
Lara, Maria Aparecida Cassiano
Resumo: A conservação ex situ inclui a criopreservação de sêmen, ovócitos, embriões, células somáticas e DNA (FAO, 1998). Embora, no momento, não seja possível recuperar populações ou indivíduos a partir do DNA, o armazenamento deste têm sido útil para estudos populacionais, investigações epidemiológicas e outros. O Laboratório de Genética Animal (LGA) da Embrapa Recursos Genéticos e Biotecnologia – CENARGEN, trabalha com a caracterização de populações animais que estão incluídas no programa de conservação de recursos genéticos brasileiro desenvolvido pela Embrapa. Em paralelo aos trabalhos de conservação, foi montado um Banco de DNA, o qual possui amostras de diversas espécies. O DNA foi extraído de pellets de linfócitos criopreservados ou de buffy coats. Após a extração o DNA foi quantificado e teve sua integridade e qualidade checada. Cada amostra extraída foi dividida em pelo menos duas alíquotas, uma para ser usada em estudos de caracterização (-20°C) e a outra para ser estocada no Banco de DNA. (-80°C). Todos animais amostrados receberam um código e foram catalogados em um banco de dados, onde todas as informações viáveis estão registradas. O refinamento de técnicas de biologia molecular aumenta a utilidade do material depositado, sendo um reservatório de importantes informações científicas. No momento, o banco do DNA do LGA possui espécimes de diversas raças de seis espécies domésticas, a maioria destas encontrase em risco de extinção e estão envolvidas no programa de conservação da Embrapa. A conservação ex situ de DNA vem demonstrando sua utilidade útil na caracterização de populações de animais domésticos vinculados ao programa de conservação do Brasil. Este poderá ser o método de escolha quando muitas amostras de uma raça precisarem ser armazenadas.
Abstract: Ex situ conservation include the cryopreservation of genetic material: semen, oocytes, embryos, somatic cells and DNA (FAO, 1998). Although, it is not possible to regenerate whole animals from isolated DNA, it has been proved that DNA banking was useful in population genetic studies and epidemiological investigations. The Animal Genetics Laboratory (AGL) at Embrapa Genetic Resources and Biotechnology - Cenargen, Brasília - DF, Brazil, works with genetic characterization of animal populations that belong to the Brazilian conservation program. At the same time, a DNA Bank is being set up, which already has samples from several animals species. The DNA was extracted from cryopreserved leukocyte pellets or buffy coats. After extraction it was quantified and checked for its integrity and quality. Each specimen extracted was divided in at least two samples. One of them was used for characterization studies (-20°C) while the other was stored at - 80°C at the DNA bank. All animals that were collected received a code number and were catalogued in a data bank where all the available information was registered. The refinement of molecular biology techniques increase the usefulness of banked material that will provide a ready reservoir of valuable scientific information. At this time, the AGL DNA bank has specimens of several breeds of six domestic species. Most of these breeds are in risk of extinction and are involved in the Conservation Program of Embrapa/ Cenargen. DNA banking is proving to be useful for characterization of domestic animal populations that are in Brazilian conservation program. In near future, it might be the method of choice when many representatives of a breed are to be stored.
Palavras-chave: Banco de DNA
Genética da conservação
DNA Bank
Conservation genetics
País: Espanha
Unidade acadêmica: Escola de Veterinária e Zootecnia - EVZ (RG)
Citação: EGITO, A. A.; ALBUQUERQUE, M. S. M.; CASTRO, S. T. R.; PAIVA, S. R.; MARQUES, J. R. F.;McMANUS, C. M.;MARIANTE, A. S.; ABREU, U. G. P.; SANTOS, S. A.; SERENO, J. R. B.; FIORAVANTI, M. C. S.; VAZ, C. M.; NOBRE, F. V.; CARVALHO, J. H.; COSTA, M. R.; RIBEIRO, M. N.; LARA, M. A. C. Situação atual do banco de DNA de recursos genéticos animais no Brasil. Archivos de Zootecnia, Córdoba, v. 54, n. 206-207, p. 283-288, 2005.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/13611
Data de publicação: 2005
Aparece nas coleções:EVZ - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Andréa Alves do Egito - 2005.pdf113,86 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons