Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/13669
Tipo do documento: Artigo
Título: Avaliação microbiológica e citológica do útero de vacas repetidoras de cio
Título(s) alternativo(s): Microbiological and cytological evaluation of uterus of “repeat breeder” cows
Autor: Galindo, Angelita Silva Dias
Gambarini, Maria Lúcia
Oliveira Filho, Benedito Dias de
Kunz, Tiago Luiz
Silva, Karla Patrícia Chaves da
Mota, Rinaldo Aparecido
Resumo: A eficiência reprodutiva dentro de rebanhos leiteiros é um parâmetro de importância econômica fundamental. Falhas individuais na concepção raramente chamam atenção, entretanto quando as taxas de concepção são baixas, há um problema de rebanho. Neste ponto, destaca-se a repetição de cio, cuja ocorrência pode estar associada à falha de fertilização, à mortalidade embrionária precoce, às causas patológicas e às práticas de manejo, entre outras. O presente estudo foi desenvolvido com o objetivo de avaliar as diferenças do conteúdo uterino de vacas repetidoras de cio e vacas normais, sob os aspectos microbiológico e citológico, a partir de amostras colhidas de animais de um mesmo rebanho, com histórico de função ovariana regular seguida de ovulação e formação do corpo lúteo, e considerando-se as condições de manejo ambiental e nutricional satisfatórias. Trinta e cinco vacas com idade que variava entre 2,5 e 5 anos foram distribuídas em dois grupos, sendo GI com vacas repetidoras de cio por três ou mais inseminações (n=15) e GII com vacas consideradas normais (n=20). Setenta análises microbiológicas foram realizadas, das quais 93,33% (GI) e 90% (GII) resultaram em cultivos positivos; os microrganismos de maior freqüência foram Staphylococcus spp. (30,51%), Bacillus spp. (28,81%) e Escherichia spp. (27,12%). O diagnóstico citológico foi realizado pela da contagem de neutrófilos, que foi significativamente maior (p<0,05) na fase do estro ( = 8,45) que no diestro ( = 2,57), com predominância de escores positivos (+ e ++) no GI (59,9%) para 15% no GII.
Abstract: The reproductive efficiency is a very important parameter for determining the profitability of dairy cattle production. Individual failures in the conception rarely call for attention, however when the conception rates are low there is a problem in this particular herd. Any cow that has not conceived with true estrus in herds of normal fertility is generally defined as a “repeat breeder”; As the conception rate decreases, the number of cows requiring additional services increases, and repeat breeding rapidly becomes a significant problem. The present study was developed with the objective of evaluate the differences in uterine samples of repeat breeder and normal cows, regarding microbiological and cytological, of cows in the same herd had regular cycles, normal ovarian function, i.e., follicular growth, ovulation and corpus luteum formation, and were under similar conditions of management. Thirty-five cows (2,5 to 5 years old) were divided into two groups; the first (GI), repeat breeder cow (three or more inseminations without conception, n=15) and the second, GII, including normal cows (conception after one or two services, n=20). It was made seventy microbiological analyses; 93,33% (GI) and 90% (GII) of them resulted in positive cultures, with prevalence of Staphylococcus spp. (30,51%), Bacillus spp. (28,81%) and Escherichia spp. (27,12%). The cytological diagnosis was made through the neutrophil counting, which was significantly larger (p <0,05) in the estrus phase ( = 8,45) than during diestrus ( = 2,57), with predominance of positive scores (+ and ++) in GI (59,9%), versus 15% in GII.
Palavras-chave: Repetição de cio
Útero
Microbiologia
Citologia
Vaca
Repeat breeder
Uterine
Microbiological
Cytological
Cow
País: Brasil
Unidade acadêmica: Escola de Veterinária e Zootecnia - EVZ (RG)
Citação: GALINDO, A. D. S.; GAMBARINI, M. L.; OLIVEIRA FILHO, B. D.; KUNZ, T. L.; SILVA, K. P. C. da; MOTA, R. A. Avaliação microbiológica e citológica do útero de vacas repetidoras de cio. ARS Veterinária, Jaboticabal, v. 19, n. 2, p. 179-187, 2003.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/13669
Data de publicação: 2003
Aparece nas coleções:EVZ - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Angelita Silva Dias Galindo - 2003.pdf218,91 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons