Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/13794
Tipo do documento: Artigo
Título: Aborto e morte neonatal por listeriose em ruminantes
Título(s) alternativo(s): Abortion and newborn death by listeriosis in ruminants
Autor: Ferreira Júnior, Jair Alves
Nascimento, Karla Alvarenga
Miguel, Marina Pacheco
Resumo: O abortamento e a morte precoce de bezerros são um dos principais fatores que provocam prejuízos econômicos para a bovinocultura. Este problema possui causas multifatoriais, que podem ser infecciosas ou não infecciosas, tornando a identificação do agente trabalhosa, por requerer coleta adequada do material a ser encaminhado para exames laboratoriais específicos, além de uma investigação epidemiológica completa para possibilitar o diagnóstico definitivo. A Listeria monocytogenes causa esporadicamente abortos, morte neonatal e septicemia em ruminantes, outras espécies domésticas e também no ser humano. O diagnóstico da listeriose em bovinos é baseado no histórico epidemiológico, nos sinais clínicos, nos achados anatomopatológicos de adultos, feto e placenta, além do isolamento do agente, o que define o diagnóstico. A confirmação do diagnóstico pode ser feita também por marcação do agente nos tecidos, por meio de imuno-histoquímica. A descrição de casos e de dados epidemiológicos da listeriose como causa de abortos e natimortos em bovinos é escasso, o que torna de relevância a realização de uma revisão sobre o assunto. Assim, o presente trabalho traz uma revisão de literatura sobre a listeriose, esclarece os métodos de diagnóstico empregados para determinar as causas de abortamentos e morte neonatal em bovinos.
Abstract: The abortion and premature death of calves are one of the main factors that cause economic losses to the cattle. This problem has multifactorial causes, which can be infectious or non-infectious, making it difficult to identify the agent asit requires proper collection of the material to be sent to specific laboratory for testing. Furthermore, a full epidemiological investigation is needed to enable a definitive diagnosis. The Listeria monocytogenes causes occasionally abortion, neonatal septicemia and death in ruminants, other domestic species and also to humans being. The diagnosis of listeriosis in cattle is based on epidemiological history, clinical signs, pathologic findings in adults, fetus and placenta, in addition to the isolation of the agent, which defines the diagnosis. The diagnosis may also be made by agent marking tissue by means of immunohistochemistry. The description of cases and epidemiological data of listeriosis as a cause of miscarriages and stillbirths in cattle is scarce, which makes it of relevance to conduct a review of the subject. Thus, this work brings a literature review on the listeriosis and clarifies the diagnostic methods employed to determine the causes of abortion and neonatal death in cattle.
Palavras-chave: Anatomopatológico
Diagnóstico
Epidemiologia
Listeria monocytogenes
Anatomopathological
Diagnosis
Epidemiology
País: Brasil
Unidade acadêmica: Escola de Veterinária e Zootecnia - EVZ (RG)
Citação: FERREIRA JÚNIOR, Jair Alves; NASCIMENTO, Karla Alvarenga; MIGUEL, Marina Pacheco. Aborto e morte neonatal por listeriose em ruminantes. Investigação, Franca, v. 14, n. 2, p. 85-89, 2015.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/13794
Data de publicação: 2015
Aparece nas coleções:EVZ - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Jair Alves Ferreira Júnior - 2015.pdf174,77 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons