Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/13985
Tipo do documento: Artigo
Título: Complicações da administração intratecal acidental de bupivacaína em modelo experimental ovino
Título(s) alternativo(s): Complications after intrathecal administration accidentaly of bupivacaine in experimental sheep model
Autor: Villela, Ana Carolina Vasques
Silva, Luiz Henrique da
Bittar, Isabela Plazza
Borges, Naida Cristina
Franco, Leandro Guimarães
Resumo: A anestesia epidural lombossacra é empregada em ovinos devido às vantagens em relação à anestesia geral. O uso da bupivacaína nesta técnica anestésica tem crescido em razão do efeito anestésico de longa duração e da possibilidade de analgesia pós-operatória. No entanto, a bupivacaína é um fármaco de alta toxicidade cuja administração acidental por outras vias pode levar a sérias complicações. O objetivo deste estudo foi relatar as complicações após administração de bupivacaína em um cateter epidural implantado acidentalmente no espaço subaracnoideo em duas ovelhas submetidas à cirurgia experimental. O acesso ao espaço epidural foi obtido pela região lombossacra com o auxílio de uma agulha de Tuohy 17G e confirmado pela ausência de resistência a injeção e aspiração negativa de líquido cerebroespinhal (LCE) um cateter epidural 16G foi introduzido até o nível da 2º à 4º vértebra lombar. Vinte e quatro horas após a introdução do cateter os animais foram sedados com 0,05mg/kg de xilazina e 0,1mg/kg de morfina por via intramuscular. Uma nova confirmação de ausência do LCE foi realizada, após aspiração negativa de no cateter epidural, foi administrado 1mg/kg de bupivacaína 0,5%. Entre 4 e 9 minutos após aplicação do anestésico local, os animais apresentaram dificuldade respiratória seguida de parada cardiorrespiratória, sem sucesso aos procedimentos de ressuscitação cardiopulmonar. À necropsia, foi revelada localização intratecal acidental do cateter epidural. Este relato alerta para o risco de implantação acidental do cateter epidural no espaço subaracnoideo e ressalta a importância de métodos de diagnóstico por imagem para confirmar a localização do cateter.
Abstract: Lumbar epidural anesthesia is widely used in sheep due to several advantages over general anesthesia. The usage of bupivacaine in this technique has grown due to its long anesthetic effect and the possibility of postoperative analgesia. However, racemic bupivacaine is a highly toxic drug whose accidental administration can lead to serious complications. The present study aimed at reporting complications in two sheep undergoing experimental surgery after intrathecal administration of bupivacaine, via epidural catheter accidentally positioned. Epidural space was accessed by the lumbosacral region with a 17-gauge Tuohy needle and confirmed by the absence of resistance to injection and negative suction of cerebrospinal fluid (CSF). Subsequently, a 16-gauge epidural catheter was introduced up to the second and forth lumbar vertebrae. The animals were sedated with 0.05mg/kg of xylazine and 0.1mg/kg of morphine given intramuscularly, twenty-four hours after catheter placement. A further confirmation of the absence of CSF was performed and, after negative suction, 1mg/kg of bupivacaine 0.5% was administered. Between four and nine minutes after intrathecal administration, the animals showed respiratory distress followed by cardiac arrest without success to cardiopulmonary resuscitation procedures. The incorrect positioning of the catheters was revealed only at necropsy. Thus, this report highlights the risk of accidental deployment of epidural catheters into the subarachnoid space and features the importance of imaging methods to confirm the correct positioning.
Palavras-chave: Anestésicos locais
Espaço subaracnoideo
Intoxicação
Ovelhas
Local anesthetic
Subarachnoid space
Intoxication
Sheep
País: Brasil
Unidade acadêmica: Escola de Veterinária e Zootecnia - EVZ (RG)
Citação: VILLELA, Ana Carolina Vasques; SILVA, Luiz Henrique da; BITTAR, Isabella Plazza; BORGES, Naida Cristina; FRANCO, Leandro Guimarães. Complicações da administração intratecal acidental de bupivacaína em modelo experimental ovino. Enciclopédia Biosfera, Goiânia, v. 11, n. 21, p. 593, jun. 2015.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/13985
Data de publicação: Jun-2015
Aparece nas coleções:EVZ - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Ana Carolina Vasques Villela - 2015.pdf546,32 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons