Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/14176
Tipo do documento: Artigo
Título: Complicações pós-cirúrgicas após a excisão de carcinoma de células escamosas na região perianal em fêmea equina
Título(s) alternativo(s): Post-surgical complications after perianal and perivulvar squamous cells carcinoma resection in mare
Las complicaciones postquirúrgicas después de resección de carcinoma de células escamosas perianal y perivulvar en mar
Autor: Rabelo, Rogério Elias
Vulcani, Valcinir Aloísio Scalla
Sant'Ana, Fabiano José Ferreira de
Vicentin, Felipe Roncatto
Helrigel, Panmera Almeida
Batista, Juliana Ferreira
Resumo: O objetivo deste artigo foi relatar as intercorrências após ressecção cirúrgica de carcinoma de células escamosas (CCE) em uma égua e as medidas de tratamento adotadas no pós operatório. Foi atendida no Setor de Cirurgia de Grandes Animais do Campus Jataí - UFG, uma fêmea equina de cinco anos de idade, com a presença de neoplasia proliferativa, com diâmetro médio de 13 cm, localizada na região perianal e peri-vulvar, cuja avaliação histopatológica revelou tratar-se de CCE. Dois dias após a remoção do tumor, o animal entrou em quadro de cólica, cuja sintomatologia persistiu por 20 dias, sendo adotado tratamento clínico e remoção manual de fezes, pois havia dificuldade de defecação, em virtude de prováveis lesões na musculatura adjacente, bem como no esfíncter anal. A insistência no tratamento proposto foi efetivo, pois assim que a ferida cirúrgica cicatrizou e o animal restabeleceu a capacidade de movimentação do esfíncter, o trânsito intestinal normalizou.
Abstract: The aim of this paper was to report the complications after surgical resection of squamous cell carcinoma (SCC) in a mare and treatment measures adopted in the postoperative period. It was attended in Large Animal Surgery Department, Campus Jataí - UFG, a female equine, five years old, with nodule in perianal and peri-vulvar region, whose histopathological evaluation revealed CCE. Two days after tumor removal, the animal entered in colic, which symptomatology persisted for 20 days, been adopted clinical treatment and manual removal of feces, because the defecation was difficult by damage to the adjacent muscle and anal sphincter. The insistence of the proposed treatment was effective, as soon as the wound healed and the animal recovered the ability to move the sphincter, the intestinal transit normalized.
Palavras-chave: Cólica
Esfíncter anal
Carcinoma células escamosas
Equinos
Colic
Anal sphincter
Squamous cell carcinoma
Horses
País: Brasil
Unidade acadêmica: Escola de Veterinária e Zootecnia - EVZ (RG)
Citação: RABELO, Rogério Elias; VULCANI, Valcinir Aloísio Scalla; SANT’ANA, Fabiano José Ferreira de; VICENTIN, Felipe Roncatto; HELRIGEL, Panmera Almeida; BATISTA, Juliana Ferreira. Complicações pós-cirúrgicas após a excisão de carcinoma de células escamosas na região perianal em fêmea equina. Veterinária e Zootecnia, Botucatu, v. 20, n. 1, p. 47-51, mar. 2013.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/14176
Data de publicação: Mar-2013
Aparece nas coleções:EVZ - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Rogério Elias Rabelo - 2013.pdf281,18 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons