Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/14437
Tipo do documento: Artigo
Título: Association of acepromazine with propofol in giant amazon turtles Podocnemis expansa reared in captivity
Título(s) alternativo(s): Associação da acepromazina com propofol em tartarugas-da-amazônia Podocnemis expansa criadas em cativeiro
Autor: Alves Júnior, José Roberto Ferreira
Bosso, Andréa Cristina Scarpa
Andrade, Mariana Batista
Jayme, Valéria de Sá
Werther, Karin
Santos, André Luiz Quagliatto
Resumo: OBJETIVO: Avaliar os efeitos de uma associação anestésica com diferentes concentrações em tartarugas-da-amazônia (Podocnemis expansa). MÉTODOS: Vinte P. expansa, hígidas, de ambos os sexos, com massa corporal entre 1,0 e 1,5 kg, de um criatório comercial localizado no vale do rio Araguaia, Goiás, Brasil, foram distribuídas em dois grupos (G1 n=10 e G2 n=10). Cada grupo recebeu um protocolo sendo: P1 = acepromazina (0,5 mg/kg IM) e propofol (5 mg/kg IV) e P2 = acepromazina (0,5 mg/kg IM) e propofol (10 mg/kg IV), aplicados nos grupos G1 e G2, respectivamente. A acepromazina foi aplicada no membro torácico esquerdo e o propofol no seio vertebral cervical. Foram avaliados os parâmetros anestésicos: locomoção, relaxamento muscular, resposta aos estímulos dolorosos no membro torácico direito e nos membros pelvinos e frequência cardíaca. RESULTADOS: O tempo de indução anestésica foi o mesmo para ambos os protocolos (P1 e P2), porém o P2 apresentou efeitos mais duradouros. CONCLUSÃO: As sedações obtidas por esses protocolos (P1 e P2) foram satisfatórias para a colheita de amostras biológicas, exames físicos e realização de pequenos procedimentos cirúrgicos nesta espécie.
Abstract: PURPOSE: To evaluate the effects of different concentrations of an anesthetic association in giant amazon turtles (Podocnemis expansa). METHODS: Twenty healthy P. expansa of both sexes weighing between 1.0 and 1.5kg commercially bred in the Araguaia River Valley, Goias, Brazil, were separated into two groups (G1 n=10 and G2 n=10). Each group received a respective protocol: P1= acepromazine (0.5 mg/kg IM) and propofol (5 mg/kg IV) and P2 = acepromazine (0.5 mg/kg IM) and propofol (10 mg/kg IV). The acepromazine was administered in the left thoracic member and the propofol in the cervical vertebral sinus. Assessments were made of the anesthetic parameters of locomotion, muscle relaxation, response to pain stimuli in the right thoracic and pelvic members and heartbeat. RESULTS: The anesthetic induction time was the same for both protocols (P1 and P2); however the P2 effects were of a longer duration. CONCLUSION: The sedation achieved with both protocols (P1 and P2) were satisfactory for the biological sample collection, physical examinations and minor surgeries on this species.
Palavras-chave: Anestesia
Acepromazina
Propofol
Répteis
Tartaruga
Anesthesia
Acepromazine
Propofol
Reptiles
Turtles
País: Brasil
Unidade acadêmica: Escola de Veterinária e Zootecnia - EVZ (RG)
Citação: ALVES JÚNIOR, José Roberto Ferreira; BOSSO, Andréa Cristina Scarpa; ANDRADE, Mariana Batista; JAYME, Valéria de Sá; WERTHER, Karin; SANTOS, André Luiz Quagliatto. Association of acepromazine with propofol in giant amazon turtles Podocnemis expansa reared in captivity. Acta Cirúrgica Brasileira, São Paulo, v. 27, n. 8, p. 552-556, 2012.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Identificador do documento: 10.1590/S0102-86502012000800006
Identificador do documento: 10.1590/S0102-86502012000800006
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/14437
Data de publicação: 2012
Aparece nas coleções:EVZ - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - José Roberto Ferreira Alves Júnior - 2012.pdf872,5 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons