Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/14728
Tipo do documento: Artigo
Título: Detecção de coinfecções por Leishmania (L.) chagasi, Trypanosoma evansi, Toxoplasma gondii e Neospora caninum em cães
Título(s) alternativo(s): Detection of co-infections by Leishmania (L.) chagasi, Trypanosoma evansi, Toxoplasma gondii and Neospora caninum in dogs
Autor: Coelho, Willian Marinho Dourado
Coelho, Juliana de Carvalho Apolinário
Teixeira, Weslen Fabricio Pires
Coelho, Natalia Marinho Dourado
Oliveira, Gilson Pereira de
Lopes, Welber Daniel Zanetti
Cruz, Breno Cayeiro
Maciel, Willian Giquelin
Soares, Vando Edésio
Bresciani, Katia Denise Saraiva
Resumo: Foram investigadas coinfecções por Leishmania (L.) chagasi, Trypanosoma evansi, Toxoplasma gondii e Neospora caninum em cães. Formas amastigotas de Leishmania spp. foram detectadas pela análise citopatológica de linfonodos em 46.42% (39/84) dos cães. Em um cão macho, adulto, sem raça definida, proveniente de área rural e positivo para Leishmania, foram observadas formas flageladas de T. evansi em esfregaço sanguíneo. Pela imunofluorescência indireta (RIFI), 5.95% (5/84) dos cães foram considerados reagentes para T. gondii, com titulação igual a 64, enquanto que 3.57% (3/84) foram reagentes para N. caninum, com título 50. Entre os animais com leishmaniose visceral, um apresentou resposta sorológica positiva para T. gondii e dois para N. caninum. Todos os cães reagentes para N. caninum eram de área rural e, o predomínio da infecção pelo T. gondii ocorreu em cães da área urbana. Um cão macho, jovem, da zona rural e soropositivo para T. gondii, apresentou mórulas de Ehrlichia spp. na citologia e reação positiva para o vírus da cinomose. Deste modo, mais estudos são necessários para avaliar a epidemiologia dessas infecções na população canina, principalmente com relação aos reservatórios de Trypanosoma spp. nas zonas rurais.
Abstract: Co-infections by Leishmania (L.) chagasi, Trypanosoma evansi, Toxoplasma gondii and Neospora caninum in dogs were investigated. Amastigotes forms of Leishmania spp. were detected by cytopathological analysis of lymph nodes in 46,42% (39/84) of dogs. In a male dog, adult, without defined breed, from rural area and positive for Leishmania, were observed flagellated forms of T. evansi in blood smear. By immunofluorescence antibody test, 5,95% (5/84) of dogs were considered reactive to T. gondii, with titer equal to or higher than 1:64, while 3,57% (3/84) were reactive to N. caninum, with titer 1:50. Among the animals with visceral leishmaniasis, one showed positive serological response to T. gondii and two for N. caninum. All dogs reactive to N. caninum were from rural area and the predominance of infection by T. gondii was in dogs from urban area. A young male dog from the rural area and seropositive for T. gondii showed Ehrlichia spp. morulae in the cytology and positive reaction for canine distemper virus. Thus, further studies are needed to assess the epidemiology of these infections in canine population, especially with respect to the reservoirs of Trypanosoma spp. in rural areas.
Palavras-chave: Leishmaniose
Neosporose
Sorologia
Toxoplasmose
Tripanosomose
Leishmaniasis
Neosporosis
Serology
Toxoplasmosis
Trypanosomiasis
Trypanosomiasis
País: Brasil
Unidade acadêmica: Escola de Veterinária e Zootecnia - EVZ (RG)
Citação: COELHO, W. M. D.; COELHO, J. C. Apolinário; TEIXEIRA, W. F. P.; COELHO, N. M. D.; OLIVEIRA, G. P.; LOPES, W. D. Z.; CRUZ, B. C.; MACIEL, W. G.; SOARES, V. E.; BRESCIANI, K. D. S. Detecção de coinfecções por Leishmania (L.) chagasi, Trypanosoma evansi, Toxoplasma gondii e Neospora caninum em cães. ARS Veterinária, Jaboticabal, v. 29, n. 3, p. 169-174, 2013.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/14728
Data de publicação: 2013
Aparece nas coleções:EVZ - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Willian Marinho Dourado Coelho - 2013.pdf1,03 MBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons