Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/14851
Tipo do documento: Artigo
Título: Aulas de ciências para surdos: estudos sobre a produção do discurso de intérpretes de LIBRAS e professores de ciências
Título(s) alternativo(s): Science classes for deaf students: studies on the production of discourse by interpreters of LIBRAS and science teachers
Autor: Oliveira, Walquíria Dutra de
Benite, Anna Maria Canavarro
Resumo: O bilinguismo na educação de surdos pressupõe a língua de sinais como primeira língua do surdo e, com a inclusão escolar, os alunos surdos foram inseridos em instituições regulares de ensino, implicando uma nova estrutura da sala de aula. O ensino de ciências para surdos é um desafio, pois o aluno surdo utiliza uma língua diferente da do professor, e necessita de um intérprete de LIBRAS para ter acesso ao corpo de conhecimentos mediados por ele. A investigação objetivou analisar a produção de narrativas (um gênero do discurso) de professores e intérpretes de LIBRAS sobre a aula de ciências para surdos. As narrativas foram produzidas no “diário de aula”, e foram analisadas pela técnica de análise de conteúdo. Nossos resultados apontam que o bilinguismo ainda não permeia a sala de aula inclusiva, e que a barreira linguística é a maior dificuldade encontrada no aprendizado dos conhecimentos científicos pelos alunos surdos.
Abstract: Bilingualism in deaf education presumes sign language as the first language of the deaf. With school inclusion deaf students have been enrolled in regular educational institutions resulting in a new structure in the classroom. Science teaching for the deaf is a challenge, because the student uses a language that is different from the teacher and needs a LIBRAS interpreter to access the body of knowledge mediated by the interpreter. The present study investigated the production of narratives (as a discourse genre) of professors and LIBRAS interpreters in science classes for deaf students. The narratives were produced in the class diary and analyzed by the content analysis technique. Our results pointed out that bilingualism still does not pervade the inclusive classroom, and the language barrier is the major difficulty found in learning science by deaf students.
Palavras-chave: Ensino de ciências
Surdos
LIBRAS
Narrativa
Bilinguismo
Science teaching
Deaf
Brazilian language of signals
Narrative
Bilinguism
País: Brasil
Unidade acadêmica: Instituto de Química - IQ (RG)
Citação: OLIVEIRA, Walquíria Dutra de; BENITE, Anna Maria Canavarro. Aulas de ciências para surdos: estudos sobre a produção do discurso de intérpretes de LIBRAS e professores de ciências. Ciência & Educação, Bauru, v. 21, n. 2, p. 457-472, abr./jun. 2015.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Identificador do documento: 10.1590/1516-731320150020012
Identificador do documento: 10.1590/1516-731320150020012
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/14851
Data de publicação: Jun-2015
Aparece nas coleções:IQ - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Walquíria Dutra de Oliveira - 2015.pdf311,93 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons