Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/16140
Tipo do documento: Artigo
Título: Tratamento fotoquímico de percolado de aterro sanitário visando reuso na agricultura
Autor: Chinelatto, Monique Rosolem
Greve, Larissa Franciane
Pelegrini, Ronaldo Teixeira
Brito, Núbia Natália de
Resumo: No presente trabalho, estudou-se o tratamento de percolado de aterro sanitário (chorume) visando avaliar seu potencial de reuso na agricultura. Para o tratamento, foi escolhido o processo fotoquímico baseado na ação de radiação ultravioleta (UV) sobre o H2O2. O tratamento foi realizado em um reator de vidro borossilicato com capacidade volumétrica de 2,5 litros, com controle de temperatura através de refrigeração a água e sistema interno para controle de vazão de recirculação do chorume. As condições experimentais otimizadas ocorreram à temperatura de 45° C, vazão de recirculação 400 mL min-1, volume de H2O2 40 mL, empregando uma lâmpada de mercúrio de alta pressão, de 400 W, sem o invólucro externo. O tratamento foi realizado durante 120 minutos e apresentou redução de cor da ordem de 97%, de 50% na turbidez e de 72% na demanda química de oxigênio. Em análise de identificação de toxicidade aguda utilizando as espécies: Lactuca sativa L. (alface); Solanum gilo (jiló); Abelmoschus esculentus L. (quiabo), verificou-se que a toxicidade poderia ser decorrente da elevada alcalinidade (5100 mgCaCO3L-1) persistente após o tratamento fotoquímico. Em razão disso concluiu-se que o chorume tratado por processo fotoquímico (H2O2/UV), nas condições empregadas neste estudo, apresenta grande potencial para ser testado em pequenas dosagens em procedimentos de correção da acidez do solo. Com um possível aproveitamento da elevada concentração dos íons carbonatos e bicarbonatos disponibilizados, como isso é possível a promoção da economia de insumos agrícolas, ao mesmo tempo, em que o tratamento elimina os impactos ambientais provocados pelo percolado, além de possibilitar o uso de alguns minerais importantes para a agricultura.
Abstract: In the present work, it was studied the treatment of sanitary landfill leachate seeking to evaluate it reuse potential in the agriculture. For the treatment, it was chosen the photochemical process based on the action of ultraviolet radiation (UV) on H2O2. The treatment was accomplished in a reactor of borosilicate glass with volume capacity of 2.5 liters, with temperature control through refrigeration to the water and internal system for control of leachate recirculation flow. The optimized experimental conditions happened to the temperature of 45°C, recirculation flow 400 mL min-1, H2O2 volume 40 mL, using a lamp of high pressure mercury of 400 W, without the external wrapper. The treatment was accomplished for 120 minutes and it presented color reduction of the order of 97%, of 50% in the turbidity and of 72% in the Chemical Oxygen Demand. In analysis of identification acute toxicity using the species: Lactuca sativa L. (lettuce); Solanum gilo (scarlet eggplant); Abelmoschus esculentus L. (okra), it was verified that the toxicidade could be due to the high alkalinity (5100 mgCaCO3L-1) persistent after the photochemical treatment. Because of this it was concluded that the leachate treated by photochemical process (H2O2/UV), in the employed conditions in this study, it shown great potential to be tested in small dosages in procedures of correction of the soil acidity. With a possible use of the high concentration of the ions carbonate and bicarbonate available, it is at the same time, possible the promotion of the economy of agricultural inputs in that the treatment eliminates the environmental impacts provoked by the leachate, besides making possible the use of some important minerals for the agriculture.
Palavras-chave: Percolado de aterro
Oxidação fotoquímica
Reuso na agricultura
Leachate
Photochemical oxidation
Agriculture reuse
País: Brasil
Unidade acadêmica: Instituto de Química - IQ (RG)
Citação: CHINELATTO, Monique Rosolemet et al. Tratamento fotoquímico de percolado de aterro sanitário visando reuso na agricultura. Eclética Química, Araraquara, v. 40, n. 1, p. 141-154, 2015.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Identificador do documento: 10.26850/1678-4618eqj.v40.1.2015.p141-154
Identificador do documento: 10.26850/1678-4618eqj.v40.1.2015.p141-154
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/16140
Data de publicação: 2015
Aparece nas coleções:IQ - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Monique Rosolem Chinelatto - 2015.pdf477,57 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons