Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/16307
Tipo do documento: Artigo
Título: Chemotaxonomic markers in essential oils of hypenia (Mart. ex Benth.) R. Harley
Autor: Faria, Maria Tereza
Costa, Deomar Plácido da
Vilela, Eliane da Costa
Ribeiro, Dalva Graciano
Ferreira, Heleno Dias
Santos, Suzana da Costa
Seraphin, Jose Carlos
Ferri, Pedro Henrique
Resumo: O Cerrado Central brasileiro é considerado o centro de origem e dispersão de Hypenia (Lamiaceae: subtribo Hyptidineae) na América do Sul. O gênero tem sido mantido sem divisão, ou subdividido em duas ou cinco seções taxonômicas, baseadas quase exclusivamente a partir de um conjunto limitado de características florais. Neste trabalho, uma delimitação química interespecífica é descrita a fim de complementar as análises das características botânicas. Análise multivariada dos óleos essenciais de dez espécies na fase vegetativa suporta a divisão taxonômica do gênero em duas seções. Grupo I incluiu quatro espécies da seção Laxiflorae em adição à H. irregularis, os quais foram caracterizados pelos mais altos percentuais de espatulenol e óxido de cariofileno. Grupo II conteve cinco espécies da seção Densiflorae com a-cadinol, a-muuroleno e a-muurolol como constituintes principais. Cadinanos e germacranos/aromadendranos parecem ser as classes marcadoras quimiotaxonômicas nas seções Densiflorae e Laxiflorae, respectivamente. Além disso, análise de redundância canônica não indicou correlação significante entre fatores edáficos com quimiovariação nos óleos essenciais, sugerindo que em Hypenia os óleos são constituídos por substâncias constitutivas e não induzidas pelo ambiente.
Abstract: Central Brazilian Cerrado is regarded as the center of origin and dispersion of Hypenia (Lamiaceae: subtribe Hyptidineae) in South America. The genus has either remained undivided or been divided into two or seven taxonomic sections, based almost exclusively on a limited range of floral features. Interspecific chemical delimitation to complement analyses of botanical traits is described. Multivariate analysis of essential oils of ten species in the vegetative stage supports the taxonomic division in two sections. Cluster I included four species belonging to section Laxiflorae in addition to H. irregularis, which were characterized by the highest percentages of spathulenol and caryophyllene oxide. Cluster II contained five species belonging to section Densiflorae with a-cadinol, a-muurolene and a-muurolol as major constituents. Cadinanes and germacranes/ aromadendranes seem to be chemotaxonomic markers of sections Densiflorae and Laxiflorae, respectively. Furthermore, redundancy analysis revealed no significant correlation between edaphic factors and oil chemovariations, suggesting that Hypenia oils consist of constitutive rather than induced compounds.
Palavras-chave: Hypenia
Essential oil
Chemical variability
Chemotaxonomy
Multivariate analysis
País: Brasil
Unidade acadêmica: Instituto de Química - IQ (RG)
Citação: FARIA, Maria T. et al. Chemotaxonomic markers in essential oils of hypenia (Mart. ex Benth.) R. Harley. Journal of the Brazilian Chemical Society, Campinas, v. 23, n. 10, p. 1844-1852, Oct. 2012.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Identificador do documento: 10.1590/S0103-50532012005000056
Identificador do documento: 10.1590/S0103-50532012005000056
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/16307
Data de publicação: Out-2012
Aparece nas coleções:IQ - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Maria Tereza Faria - 2012.pdf543,13 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons