Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/16323
Tipo do documento: Artigo
Título: Infraspecific variability in the essential oil composition of Lychnophora ericoides
Autor: Lyra, Cynthia C. G. V.
Vieira, Roberto Fontes
Oliveira, Carolina Brom Aki de
Santos, Suzana da Costa
Seraphin, Jose Carlos
Ferri, Pedro Henrique
Resumo: A variação na composição química do óleo essencial das folhas em três populações silvestres de Lychnophora ericoides, com ou sem odor, indicou a presença de dois grupos de óleos em relação ao odor das amostras. O primeiro incluiu amostras de odor aromático contendo altas percentagens de 􀁁-bisabolol (34 􀁯 23%) e o-cimeno (8,4 􀁯 6,9%). No grupo II, as amostras não apresentaram qualquer odor e os constituintes majoritários foram o óxido de cariofileno (11 􀁯 9%) e o 􀁄-elemeno (5,7 􀁯 6,9%). Em todas as populações estudadas co-existem os dois tipos de óleos, embora a maioria das amostras aromáticas provenientes do Parque Estadual da Serra de Caldas Novas se diferenciem quimicamente daquelas do Parque Nacional de Brasília e de Santo Antônio do Descoberto. As variações químicas sugerem claramente, além da influência geográfica, diferenças genéticas entre indivíduos nas populações. O alto conteúdo de 􀁁-bisabolol suporta o uso medicinal folclórico de arnica como antiinflamatório.
Abstract: Variations in the composition of the leaf essential oils of wild Lychnophora ericoides, with and without scent, which were grown in three sampling sites, were examined by GC-MS. Results were submitted to principal component and cluster analysis which allowed for two groups of essential oils to be distinguished with regard to scent: cluster I with specimens exhibiting an aromatic scent and containing a high percentage of 􀁁-bisabolol (34 􀁯 23%) and o-cymene (8.4 􀁯 6.9%); cluster II with specimens without any scent and characterised by a high percentage of caryophyllene oxide (11 􀁯 9%) and 􀁄-elemene (5.7 􀁯 6.9%). The two types of oil coexist in all the populations under study, although patterns of aromatic samples deriving from Caldas Novas’ State Park reveal chemical differences in relation to the samples from Brasília’s National Park and Santo Antônio do Descoberto. Such chemical variations clearly suggest, apart from a geographical influence, genetic differences between individuals in the populations. The high content of 􀁁-bisabolol supports the folk medicinal use of arnica as anti-inflammatory.
Palavras-chave: Lychnophora ericoides
Asteraceae
Essential oils
Chemical variability
País: Brasil
Unidade acadêmica: Instituto de Química - IQ (RG)
Citação: LYRA, Cynthia C. G. V. et al. Infraspecific variability in the essential oil composition of Lychnophora ericoides. Journal of the Brazilian Chemical Society, Campinas, v. 19, n. 5, p. 842-848, Mar. 2008.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Identificador do documento: 10.1590/S0103-50532008000500006
Identificador do documento: 10.1590/S0103-50532008000500006
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/16323
Data de publicação: Mar-2008
Aparece nas coleções:IQ - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Cynthia C. G. V. Lyra - 2008.pdf245 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons