Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/18398
Tipo do documento: Artigo
Título: Use of virginiamycin and salinomycin in the diet of beef cattle reared under grazing during the rainy season: performance and ruminal metabolism
Título(s) alternativo(s): Uso de virginiamicina e de salinomicina na dieta de bovinos de corte criados em sistema de pastejo no período das águas: desempenho e metabolismo ruminal
Autor: Ferreira, Sérgio Fernandes
Fernandes, Juliano José de Resende
Padua, João Teodoro
Bilego, Ubirajara Oliveira
Freitas Neto, Marcondes Dias de
Furtado, Rodrigo Gomes
Resumo: O rúmen é o órgão mais estudado no que se refere à interação simbiótica entre hospedeiro e a microbiota do trato digestivo dos ruminantes. Assim, objetivou-se avaliar os efeitos da inclusão de virginiamicina e de salinomicina ao suplemento para bovinos de corte com dieta de gramínea tropical no período das águas. Foram constituídos três tratamentos: controle - suplemento mineral COMIGO – Cria 61 – F2 (SM); virginiamicina - SM + virginiamicina (Phigrow®) 100 mg/animal/dia; salinomicina - SM + salinomicina (Posistac®) 108 mg/animal/dia, para o experimento 1 (desempenho) e experimento 2 (metabolismo ruminal). O controle apresentou maior CSM (P<0,05), o virginiamicina maior GMD (P>0,05) e melhor eficiência financeira. As medidas biométricas não apresentaram diferenças (P>0,05), sugerindo que haja uma mudança na composição do GMD. Não houve diferença (P>0,05) para DISMS, DISFDA, pH ruminal e N-amoniacal. A virginiamicina apresentou as maiores degradabilidade efetiva da FDN (P>0,05) nas taxas de passagem de 2 e 5%, e semelhante ao controle e maior que salinomicina na taxa de 8%/hora. A virginiamicina ou a salinomicina, podem ser veiculados ao SM, contudo não promovem efeitos significativos no pH ruminal, no N-amoniacal, na DISMS e da DISFDA, mas a virginiamicina promoveu maior degradabilidade efetiva da FDN.
Abstract: The rumen is the most studied organ with regard to the symbiotic interaction between host and microbiota in the digestive tract of ruminants. Thus, this study aimed at evaluating the effects of including virginiamycin and salinomycin to the supplement for cattle fed tropical grass diet during the rainy season. Three treatments were set: control – mineral supplement COMIGO - Cria 61-F2 (MS); virginiamycin – MS + virginiamycin (Phigrow ®) 100 mg/animal/day; salinomycin – MS + salinomycin (Posistac®) 108 mg/animal/day for the experiment 1 (performance) and experiment 2 (ruminal metabolism). The control showed higher Mineral supplement intake (MSI) (P <0.05), the virginiamycin had higher average daily gain (ADG) (P> 0.05) and better financial efficiency. Biometric measurements showed no differences (P> 0.05), suggesting a change in the ADG composition. There was no difference (P> 0.05) for dry matter digestibility (DMDIS), acid detergent fiber digestibility (ADFDIS), ruminal pH and ammoniacal-N. The virginiamycin had the highest effective neutral detergent fiber (NDF) degradability (P> 0.05) in the passage rates of 2 and 5%; the degradability rates were similar to control treatement and higher than that of salinomycin at the rate of 8%/hour. The virginiamycin or salinomycin can be conveyed to the MS, but do not promote significant effects on ruminal pH, ammoniacal-N, DMDIS and ADFDIS; but virginiamycin promoted greater effective degradability of NDF.
Palavras-chave: Ammoniacal-N
Antimicrobials
Degradability
Growth
Ruminal pH
Antimicrobianos
Degradabilidade
Crescimento
pH ruminal
N-amoniacal
País: Brasil
Instituição: Luiz Augusto Batista Brito
Sigla da instituição: UFG
Unidade acadêmica: Escola de Veterinária e Zootecnia (EVZ) - RG
Citação: FERREIRA, Sérgio Fernandes; FERNANDES, Juliano José de Resende; PÁDUA, João Teodoro; BILEGO, Ubirajara Oliveira; FREITAS NETO, Marcondes Dias de; FURTADO, Rodrigo Gomes. Use of virginiamycin and salinomycin in the diet of beef cattle reared under grazing during the rainy season: performance and ruminal metabolism. Ciência Animal Brasileira, Goiânia, v. 20, e26867, 2019.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Identificador do documento: 10.1590/1809-6891v20e-26867
Endereço da licença: An error occurred getting the license - uri.
Identificador do documento: 10.1590/1809-6891v20e-26867
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/18398
Data de publicação: 2019
Aparece nas coleções:EVZ - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Sérgio Fernandes Ferreira - 2019.pdf648,51 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.