Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/18927
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.creatorSouto, Cristielle Nunes-
dc.creatorLemos, Marcos Vinicius Antunes de-
dc.creatorMartins, Graciela Pessoa-
dc.creatorAraújo, Janaína Gomes-
dc.creatorLopes, Karina Ludovico de Almeida Martinez-
dc.creatorGuimarães, Igo Gomes-
dc.date.accessioned2020-03-27T11:20:48Z-
dc.date.available2020-03-27T11:20:48Z-
dc.date.issued2013-12-
dc.identifier.citationSOUTO, Cristielle Nunes et al. Protein to energy ratios in goldfish (Carassius auratus) diets. Ciência e Agrotecnologia, Lavras, v. 37, n. 6, p. 550-558, Nov./Dec. 2013.pt_BR
dc.identifier.issne- 1981-1829-
dc.identifier.urihttp://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/18927-
dc.description.abstractThe optimal dietary digestible protein to energy ratio is critical for the success of fish farming. Considering that it provides the proper development of the animals, this study was undertaken to evaluate the effects of different dietary digestible protein to energy ratio in diets for goldfish fingerlings. Diets were formulated to contain 28.0, 35.0, 42.0 and 49.0% DP and 3,600 and 3,200 kcal/kg. The growth parameters evaluated were daily weight gain (DWG), feed intake (FI), feed conversion ratio (FCR), protein efficiency ratio (PER), protein productive value (PPV) and energy retention ratio (ERR) and specific growth rate (SGR). Regardless FI, all the parameters were affected by protein and energy levels and interaction between both factors was observed. The second-order polynomial equation best fitted to the DWG, SGR, FCR, PER and ERR with estimated requirement values of 38.81, 38.85, 41.05, 41.80 and 39.39% DP, respectively, at the 3,200 kcal/kg. A second-order polynomial model was significant only for the ERR data at the 3,600 kcal/kg with an estimated requirement value of 36.45% DP. Generally, fish fed diets containing 3,200 kcal/kg had better growth performance than fish fed 3,600 kcal/kg (P<0.01), indicating a higher feed efficiency. A 3,200 kcal/kg diet seems to be the proper DE level for meeting goldfish requirement for highest weight gain. Based on this experimental condition, we recommend the use of DP levels between 38.0-40.0% in diets for goldfish with 3,200 kcal/kg or a dietary protein to energy ratio between 119-125 mg/kcal DE.pt_BR
dc.language.isoengpt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjectEnergy requirementpt_BR
dc.subjectFeed intakept_BR
dc.subjectGrowth protein requirementpt_BR
dc.subjectOrnamental fishpt_BR
dc.subjectRequerimento energéticopt_BR
dc.subjectConsumo de raçãopt_BR
dc.subjectExigência protéicapt_BR
dc.subjectPeixe ornamentalpt_BR
dc.titleProtein to energy ratios in goldfish (Carassius auratus) dietspt_BR
dc.title.alternativeRelação proteína/energia em dietas para o kinguio (Carassius auratus)pt_BR
dc.typeArtigopt_BR
dc.description.resumoA ótima relação energia/proteína é importante para o sucesso da piscicultura. Considerando que a mesma fornece o adequado desenvolvimento dos animais, este estudo foi realizado para avaliar a relação energia/proteína digestível ótima para alevinos de kinguio. Dietas foram formuladas para conter 28,0; 35,0; 42,0 e 49,0% PD e 3600 e 3200 kcal/kg. Foram avaliados: ganho de peso diário (GPD), consumo de ração aparente (CRA), conversão alimentar aparente (CAA), taxa de eficiência protéica (TEP), valor produtivo protéico (VPP), taxa de retenção de energia (TRE) e taxa de crescimento especifico (TCE). Com exceção do CRA, todos os parâmetros foram afetados pelos níveis de proteína e energia e interação entre os dois fatores foram observados. O modelo que melhor se ajustou aos parâmetros GPD, TCE, CAA, TEP e TRE foi o polinomial de segunda ordem com valores de exigência de 38,81; 38,85; 41,05; 41,80 e 39,39% DP, respectivamente, para o nível de 3200 kcal ED/kg. O modelo polinomial de segunda ordem foi significativo apenas para os dados de TRE no nível de 3600 kcal ED/kg, com valor de exigência 36,45% PD. Os peixes alimentados com dietas contendo 3200 kcal/kg apresentaram melhor desempenho de crescimento do que os alimentados com 3600 kcal/kg (P<0,01), indicando uma maior eficiência alimentar. 3200 kcal/kg ED parece ser o nível adequado encontrado para kinguio para maior ganho de peso. Com base nas condições experimentais deste estudo, recomenda-se a utilização de níveis entre 38,0-40,0% PD em rações para kinguios com 3200 kcal/kg ou uma relação proteína/energia entre 119-125 mg/kcal ED.pt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.identifier.doi10.1590/S1413-70542013000600008-
dc.publisher.departmentEscola de Medicina Veterinária e Zootecnia - EVZ (RG)pt_BR
Aparece nas coleções:EVZ - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Cristielle Nunes Souto - 2013.pdf450,59 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons