Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/18951
Tipo do documento: Artigo
Título: DNA extraction from human bone: comparison of magnetic bead and silica column techniques
Título(s) alternativo(s): Extração de DNA de ossos humanos: comparação entre as técnicas de partículas magnéticas e coluna de sílica
Autor: Cândido, Ian Marques
Bezerra, Laryssa Silva de Andrade
Mota, Mariana Flavia da
Godinho, Neide Maria de Oliveira
Silva, Rhonan Ferreira da
Mendes, Solon Diego Santos Carvalho
Barcelos, Rejane da Silva Sena
Resumo: Objetivo: O presente objetiva comparar as técnicas de partículas magnéticas e de coluna de sílica para a extração de DNA a partir de ossos humanos. Materiais e métodos: Ambas as técnicas foram aplicadas em 25 fêmures humanos, visando avaliar: I - a quantidade de material genético extraído; II - a quantidade de material amplificado; e III - o tempo decorrido para a aplicação de cada técnica. Resultados: A técnica de partículas magnéticas viabilizou maior quantidade de material extraído em 88% da amostra. A mesma técnica alcançou também maior quantia de material amplificado (9/16 loci) em 68% da amostra. O tempo decorrido para a aplicação da técnica de partículas magnéticas consistiu num período de 3 horas para o processamento de 12 amostras, enquanto a técnica de coluna de sílica realizou o mesmo procedimento em 81 horas. Conclusão: Desta forma, a técnica de partículas magnéticas apresentou resultados mais satisfatórios dentro de um desempenho mais rápido quando comparada com a técnica de coluna de sílica, revelando ser uma eficaz ferramenta forense.
Abstract: Objective: The present study aimed the comparison between the automated magnetic bead and silica column techniques for DNA extraction of human bones. Material and methods: Both techniques were performed on 25 human femur bones evaluating: I) the amount of extracted genetic material; II) the amount of amplified profiles; and III) the necessary time range to perform the techniques. Results: The automated magnetic bead technique recovered larger amount of DNA in 88% of the studied bone sample in comparison with the silica column technique. The automated magnetic bead technique also achieved a high level of amplifications (9/16 loci) in 68% of the sample, while the silica column technique reached equal level of amplifications only in 36% of the sample. The time range elapsed for performing the automated magnetic bead technique was approximately 3 hours for processing 12 samples, while the silica column technique performed the same samples in 81 hours. Conclusion: Based on that, the automated magnetic bead technique presented optimal outcomes and faster performance compared to the silica column technique, revealing a valuable tool for forensic DNA extraction.
Palavras-chave: Magnetic bead
Partículas magnéticas
Coluna de sílica
Extração de DNA
Osso
Genética forense
Partículas magnéticas
Extração de DNA
Coluna de sílica
Genética forense
Osso
País: Brasil
Unidade acadêmica: Faculdade de Odontologia - FO (RG)
Citação: CANDIDO, Ian M. et al. A extraction from human bone: comparison of magnetic bead and silica column techniques. Robrac: revista odontologica do Brasil Central, Goiânia, v. 23, p. 155-158, 2014.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/18951
Data de publicação: 2014
Aparece nas coleções:FO - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Ian Marques Cândido - 2014.pdf657,39 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons