Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/20488
Tipo do documento: Artigo
Título: Desigualdade social e o direito à educação no Brasil: reflexões a partir da reforma do ensino médio
Título(s) alternativo(s): Social inequality and the right to education in Brazil: reflections from the high school reform
Desigualdad social y el derecho a la educación en Brasil: reflexiones a partir de la reforma de la enseñanza media
Autor: Gomes, Marcilene Pelegrine
Duarte, Aldimar Jacinto
Resumo: Este estudo tem por centralidade analisar as implicações políticas e pedagógicas da Reforma do Ensino Médio no Brasil, instituída pela Lei n. 13.415 de fevereiro de 2017, e a garantia do direito à educação, considerando as interfaces entre a desigualdade social e a desigualdade educacional. Para tanto, buscou-se apreender, no campo das teorias sociais, as discussões em torno do conceito de justiça social, cidadania e direito à educação, tomando como referência os estudos de Anderson (2002), Bourdieu (2001), Ciavatta (2005), Dubet (2008), Fernandes (1960), Frigotto (2005, 2017) Marshal (1988), Marx (2010), Oliveira (2003) Rawls (2000).
Abstract: This study aims to analyze the political and pedagogical implications of the Reform of Secondary Education in Brazil, instituted by Law n. 13,415 of February 2017, and the guarantee of the right to education, considering the interfaces between social inequality and educational inequality. In order to do so, we sought to understand, in the field of social theories, the discussions around the concept of social justice, citizenship and the right to education, taking as reference the studies of Anderson (2002), Bourdieu (2001), Ciavatta; Dubet (2008), Fernandes (1960), Frigotto (2005; 2017), Marshal (1988), Marx (2010), Oliveira (2003), Rawls (2000).
Este estudio tiene por centralidad analizar las implicaciones políticas y pedagógicas de la Reforma de la Enseñanza Media en Brasil, instituida por la Ley n. 13.415 de febrero de 2017, y la garantía del derecho a la educación, considerando las interfaces entre la desigualdad social y la desigualdad educativa. Para ello, se buscó aprehender, en el campo de las teorías sociales, las discusiones en torno al concepto de justicia social, ciudadanía y derecho a la educación, tomando como referencia los estudios de Anderson (2002), Bourdieu (2001), Ciavatta; Dubet (2008), Fernández (1960), Frigotto (2005; 2017) Marshal (1988), Marx (2010), Oliveira (2003), Rawls (2000).
Palavras-chave: Desigualdade social
Direito à educação
Reforma do ensino médio
Social inequality
Right to education
High school reform
Desigualdad social
Derecho a la educación
Reforma de la enseñanza media
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal de Goiás
Sigla da instituição: UFG
Unidade acadêmica: Faculdade de Educação - FE (RG)
Citação: GOMES, Marcilene Pelegrine; DUARTE, Aldimar Jacinto. Desigualdade social e o direito à educação no Brasil: reflexões a partir da reforma do ensino médio. Inter-Ação, Goiânia, v. 44, n. 1, p. 16–31, 2019. Disponível em: https://www.revistas.ufg.br/interacao/article/view/55708.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Identificador do documento: https://doi.org/10.5216/ia.v44i1.55708
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
Identificador do documento: https://doi.org/10.5216/ia.v44i1.55708
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/20488
Data de publicação: 9-Mai-2019
Aparece nas coleções:FL - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Marcilene Pelegrine Gomes - 2019.pdf207,13 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons