Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/4566
Tipo do documento: Artigo
Título: Biometria testicular de cordeiros em diferentes idades e alimentados com níveis crescentes de fibra em detergente neutro oriunda da forragem
Título(s) alternativo(s): Testicular biometrics of lambs at different ages fed with different levels of neutral detergent fiber from forage
Autor: Macedo Júnior, Gilberto de Lima
Assis, Roberta Moura
Olalquiaga Perez, Juan Ramón
Paula, Oiti José
França, Patricia Maria
Almeida, Thaís Romano Vasconcelos
Resumo: O experimento foi conduzido na Universidade Federal de Lavras. Foram utilizados 64 cordeiros. Após o nascimento, os animais foram distribuídos em quatro tratamentos: Dieta A - 8,67; Dieta B - 17,34; Dieta C - 26,01 e Dieta D - 34,68% de FDN proveniente da forragem (FDNf) na dieta. Aos três dias de idade, os cordeiros foram separados de suas mães e passaram a receber substituto do leite de ovelha até o desaleitamento aos 55 dias. As dietas experimentais utilizadas foram isonitrogenadas, balanceadas para atender às exigências nutricionais de cordeiros em crescimento, exceto energia. Foram conduzidos quatro ensaios de digestibilidade das dietas utilizadas, para determinação da energia metabolizável (EM), em diferentes idades (43, 83, 123 e 173 dias de vida). As variáveis biométricas analisadas foram peso vivo, peso dos testículos, volume e circunferência escrotal. O delineamento experimental utilizado foi em blocos casualizados (DBC) em arranjo fatorial 4 x 4 (quatro níveis de FDNf na dieta e quatro idades de abate), com 4 repetições por tratamento. A estimativa da circunferência escrotal através do peso vivo mostrou ser mais eficiente do que em função da idade. A predição do peso e das dimensões dos testículos através da circunferência escrotal mostrou ser mais eficiente do que através da idade e do peso vivo. Os animais que receberam as rações com menos fibra de origem forrageira, isto é, com maiores quantidades de energia, apresentaram melhores resultados de biometria testicular em relação aos que consumiram menores quantidades de energia.
Abstract: The experiment was conducted at the Federal University of Lavras. We used 64 lambs, which, after birth, were divided into four treatments: Diet A - 8.67; Diet B - 17.34, Diet C - 26.01 and Diet D - 34.68% neutral detergent fiber from forage (NDFf) in the diet. At three days of age, lambs were separated from their mothers and bega receiving sheep milk replacer until weaning at 55 days. The experimental diets were isonitrogenous, formulated to meet the nutritional requirements of growing lambs, except for energy. Four digestibility diet essays were conducted for determining of metabolizable energy (ME) at different ages (43, 83, 123 and 173 days of life). The biometric variables analyzed were weight, testis weight, scrotal circumference and volume. The experimental design was in randomized blocks (DBC), in a 4 x 4 factorial arrangement (four levels of dietary NDF four slaughter ages), with 4 replicates per treatment. The estimation of scrotal circumference by weight proved to be more efficient than in function of age. The prediction of the size and weight of the testes through scrotal circumference was more efficient than by the age and body weight. Animals fed diets with less fiber from forage, that is, with greater amount of energy, showed better results of testis biometry compared to the animals fed smaller amounts of energy.
Palavras-chave: Consumo
Energia
Ovinos
Puberdade
Testículo
Energy
Intake
Puberty
País: Brasil
Instituição: José Henrique Stringhini
Sigla da instituição: UFG
Unidade acadêmica: Escola de Veterinária e Zootecnia - EVZ (RG)
Programa: Programa de Pós-graduação em Ciência Animal (EVZ)
Citação: MACEDO JUNIOR, Gilberto de Lima; ASSIS, Roberta Moura; OLALQUIAGA PEREZ, Juan Ramón ; PAULA, Oiti José; FRANÇA, Patrícia Maria; ALMEIDA, Thaís Romano Vasconcelos. Biometria testicular de cordeiros em diferentes idades e alimentados com níveis crescentes de fibra em detergente neutro oriunda da forragem. Ciência Animal Brasileira, Goiânia, v. 15, n. 4, p. 384-399, out./dez. 2014. Disponível em: <https://www.revistas.ufg.br/index.php?journal=vet&page=article&op=view&path%5B%5D=18820&path%5B%5D=17634>.
Tipo de acesso: Acesso aberto
Identificador do documento: 10.1 590/1089-6891v15i418820
Identificador do documento: 10.1 590/1089-6891v15i418820
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/4566
Data de publicação: 21-Jan-2014
Aparece nas coleções:EVZ - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
18820-140535-2-PB.pdfRevista Ciência Animal Brasileira. Gilberto de Lima Macedo Junior.382,56 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons