Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tde/1418
Tipo do documento: Dissertação
Título: A crítica da ideologia no cinema brasileiro: desengano, pragmatismo, cinismo
Título(s) alternativo(s): The critique of ideology in Brazilian cinema: disillusion pragmatism, cynicism
Autor: OLIVEIRA, Rodrigo Cássio
Currículo Lattes do Autor: http://lattes.cnpq.br/0545897116631093
Primeiro orientador: NOGUEIRA, Lisandro Magalhães
Currículo Lattes do primeiro orientador: http://lattes.cnpq.br/6994570742767643
Resumo: Nos anos 1960, o Cinema Novo questionou a importação do modelo de produção do cinema narrativo clássico para o Brasil. A rejeição das convenções clássicas de linguagem acompanhou a afirmação de uma luta ideológica contra o status quo. Em relação estreita com o ideário da esquerda nacionalista, ao seu modo, os filmes cinemanovistas pensaram as formas da intervenção crítica na sociedade. Quando do golpe militar de 1964, o projeto estético-político do Cinema Novo se deparou com um revés decisivo no plano da ideologia, contrariando as expectativas emancipatórias da esquerda e ocasionando uma série de filmes que passaram em revista os propósitos do movimento. Assim, os filmes do desengano mostraram a dificuldade de uma crítica da ideologia naquele contexto, acusando a modernização conservadora que implantaria o capitalismo tardio na sociedade brasileira. Este trabalho analisa dois filmes do cinema brasileiro recente, O Príncipe (Ugo Giorgetti, 2002) e Cronicamente Inviável (Sérgio Bianchi, 1999), relacionando-os ao momento do desengano. Ao refletirem as condições presentes da experiência social brasileira, ambos expõem a crítica em face de novos problemas, como o do controle extenuante que a indústria cultural exerce sobre o domínio da cultura, ou o caráter cínico da ideologia contemporânea, que absorve de antemão a sua própria recusa e põe em xeque a possibilidade de um discurso sobre a realidade nacional. Por meio de personagens que remetem aos intelectuais do Cinema Novo, marcados pelo engajamento, os filmes analisados reposicionam questões da época, conjeturando sobre as vicissitudes da crítica da ideologia no cinema brasileiro entre os anos 1960 e os anos 1990/2000. Nesse passo, a rejeição das convenções de linguagem do cinema dominante, afirmada pelo Cinema Novo, encontra novos termos na análise de cada uma das obras, problematizando não apenas a forma atual da ideologia, mas também as formas especificamente cinematográficas que a atualizam no cinema brasileiro.
Abstract: In the 1960 s, the New Brazilian Cinema questioned the import of the production model of the classic narrative movies. The rejection of the classical conventions accompanied the statement of an ideological fight against the status quo. In relationship with the nationalist left, the films thought about the critical intervention in the society. When begin the military government (1964), against the expectations of the left, the aesthetic-political project of the New Cinema have a decisive reversion. This moment is a cause of the 'disappointment films'. They revised the purposes and the difficulty of a criticism of the ideology: the conservative modernization would found the late capitalism in the Brazilian society. This work analyzes two films of the recent Brazilian cinema, O Príncipe (Ugo Giorgetti, 2002) and Cronicamente Inviável (Sérgio Bianchi, 1999), and relate them to the moment of the 'disappointment'. Reflecting the present conditions of the Brazilian social experience, the two films expose the criticism of the ideology in face of new problems: the exhausting control of the cultural industry and the cynicism of the contemporary ideology. The films discourse about the transformation of the criticism of the ideology in the Brazilian movies between the 1960's and the recent decades. Step by step, the rejection of the dominant conventions, affirmed by the New Cinema, find new conditions in the analysis of each one of the films
Palavras-chave: Cinema Novo
Ideologia
Cinema Brasileiro
Teoria Crítica da Sociedade
Cinismo
New Brazilian Cinema
Ideology
Brazilian Cinema
Critical Theory of the Society
Cynicism
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::COMUNICACAO
Idioma: por
País: BR
Instituição: Universidade Federal de Goiás
Sigla da instituição: UFG
Departamento: Ciências Sociais Aplicadas
Programa: Mestrado em Comunicação
Citação: OLIVEIRA, Rodrigo Cássio. The critique of ideology in Brazilian cinema: disillusion pragmatism, cynicism. 2010. 198 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Sociais Aplicadas) - Universidade Federal de Goiás, Goiânia, 2010.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tde/1418
Data de defesa: 29-Mar-2010
Aparece nas coleções:Mestrado em Comunicação (FIC)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
dissertacao rodrigo c oliveira.pdf985,75 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.