Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/10284
Tipo do documento: Dissertação
Título: Cultura de segurança do paciente em um hospital regional goiano
Título(s) alternativo(s): Patient safety culture in a goiano regional hospital
Autor: Sousa, Jéssica Cezario de
Currículo Lattes do Autor: http://lattes.cnpq.br/0091662316166928
Primeiro orientador: Barreto, Regiane Aparecida dos Santos Soares
Currículo Lattes do primeiro orientador: http://lattes.cnpq.br/4032250808062336
Primeiro membro da banca: Pagotto, Valéria
Segundo membro da banca: Luciano, Cristiana da Costa
Terceiro membro da banca: Bezerra, Ana Lúcia Queiroz
Quarto membro da banca: Almeida, Carlos Cristiano Oliveira de Faria
Resumo: Introdução: Segundo a Organização Mundial de Saúde, a Segurança do Paciente é caracterizada como a redução do risco de dano desnecessário associado ao cuidado de saúde a um mínimo aceitável. Já a Cultura de Segurança do Paciente é descrita como um produto de valores, atitudes, competências e padrões de comportamento que determinam o compromisso, estilo e proficiência da administração de uma organização saudável e segura. Objetivos: O objetivo deste estudo foi analisar a Cultura de Segurança do Paciente na perspectiva da equipe de saúde de um hospital regional público do estado de Goiás. Metodologia: Foi aplicado o questionário Hospital Survey of Patient Safety Culture (HSOPSC) adaptado e validado para o Português. A frequência percentual de cada dimensão foi calculada e classificada em área de força, área neutra e área com potencial de melhoria para a Segurança do Paciente. Resultados: A população alvo consistiu em 197 trabalhadores e profissionais da área de saúde do hospital estudado, dos quais 152 responderam ao questionário. A equipe de saúde da instituição estudada era composta principalmente por pessoas do sexo feminino, com idade entre 40 e 49 anos, segundo grau completo e com especialização. A maior parte dos respondentes desta pesquisa eram trabalhadores da área da saúde (44,7%), seguidos por profissionais da área da saúde de nível médio/técnico (27,6%) e profissionais da área da saúde de nível superior (27,6%). As dimensões do questionário HSOPSC que receberam mais repostas positivas e foram classificadas como “áreas neutras” foram: “aprendizagem organizacional”, “expectativas da direção para a segurança” e “trabalho em equipe na unidade”. Todas as outras dimensões foram classificadas como “área com potencial de melhoria” para a Segurança do Paciente. A maior parte dos respondentes (82%) não reportou nenhum evento adverso nos últimos 12 meses. Em geral, os profissionais da área da saúde de nível superior apresentaram menor percepção a respeito das dimensões apresentadas no questionário. A maioria dos respondentes classificaram a segurança do paciente como “muito boa” ou “regular” no hospital estudado. Conclusão: Concluiu-se que esse hospital apresenta uma Cultura de Segurança do Paciente frágil na perspectiva da equipe de saúde, com a maioria das dimensões apresentando potencial de melhoria e nenhuma área de força. Tais evidências servem para reforçar o planejamento de estratégias para a Segurança do Paciente nessa instituição.
Abstract: Introduction: According to the World Health Organization, Patient Safety is characterized as reducing the risk of unnecessary harm associated with health care to an acceptable minimum. Patient Safety Culture is described as a product of values, attitudes, skills and behavioral patterns that determine the commitment, style and proficiency of running a healthy and safe organization. Objective: The aim of this study was to analyze the PSC from the perspective of the health team of a public regional hospital in the state of Goiás. Methods: We applied the Hospital Survey of Patient Safety Culture (HSOPSC) questionnaire adapted and validated for Portuguese. The percentage frequency of each dimension was calculated and classified into area of strength, neutral area and area with potential for improvement for Patient Safety. Results: The target population consisted of 197 workers and health professionals from the studied hospital, of which 152 answered the questionnaire. The health team of the institution studied was mainly composed of females, aged between 40 and 49 years, with completed high school and with specialization. Most respondents to this survey were health workers (44.7%), followed by technical health professionals (27.6%) and higher-level health professionals (27.6%). The dimensions of the HSOPSC questionnaire that received the most positive responses and were classified as “neutral areas” were: “organizational learning”, “safety direction expectations” and “teamwork in the unit”. All other dimensions were classified as “areas with potential for improvement” for Patient Safety. Most respondents (82%) reported no adverse events in the last 12 months. In general, higher-level health professionals had a worst perception about the dimensions presented in the questionnaire. Most respondents rated patient safety as "very good" or "fair" in the hospital studied. Conclusion: We concluded that this hospital has a fragile Patient Safety Culture from the perspective of the health team, with most dimensions showing potential for improvement and no area of ​​strength. Such evidence serves to reinforce the strategy planning for Patient Safety in this institution.
Palavras-chave: Segurança do paciente
Eeventos adversos
Hospitais públicos
Adverse events
Public hospitals
Patient safety
Área(s) do CNPq: CIENCIAS DA SAUDE::ENFERMAGEM
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal de Goiás
Sigla da instituição: UFG
Departamento: Faculdade de Enfermagem - FEN (RG)
Programa: Programa de Pós-graduação em Enfermagem (FEN)
Citação: SOUSA, J. C. Cultura de segurança do paciente em um hospital regional goiano. 2019. 89 f. Dissertação (Mestrado em Enfermagem) - Universidade Federal de Goiás, Goiânia, 2019.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/10284
Data de defesa: 11-Dez-2019
Aparece nas coleções:Mestrado em Enfermagem (FEN)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertação - Jéssica Cezario de Sousa - 2019.pdf3,76 MBAdobe PDFBaixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons