Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/11358
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.contributor.advisor1Silva, Júlio Orestes da-
dc.creatorSilva, Samuel Saymon-
dc.date.accessioned2017-02-15T10:10:16Z-
dc.date.available2017-02-15T10:10:16Z-
dc.date.issued2016-07-20-
dc.identifier.citationSILVA, Samuel Saymon. Sistemas de incentivos gerenciais e o desempenho econômico-financeiro das empresas brasileiras. 2016. 45 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação) – Faculdade de Administração, Ciências Contábeis e Ciências Econômicas, Universidade Federal de Goiás, Goiânia, 2016.pt_BR
dc.identifier.urihttp://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/11358-
dc.language.isoporpt_BR
dc.publisherUniversidade Federal de Goiáspt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjectIncentivos gerenciaispt_BR
dc.subjectAvaliação de desempenhopt_BR
dc.subjectRemuneração de executivospt_BR
dc.subjectdesempenho econômico-financeiropt_BR
dc.titleSistemas de incentivos gerenciais e o desempenho econômico - financeiro das empresas brasileiraspt_BR
dc.typeTCCpt_BR
dc.description.resumoEm um cenário onde os proprietários do capital estão distantes da gestão das empresas, cresce a busca por melhores práticas de controle gerencial que induzam os executivos a depreenderem mais esforços para alcançar resultados cada vez maiores. Em consonância à Teoria da Agência o presente estudo por objetivo verificar a relação entre avaliação de desempenho e remuneração de executivos com o desempenho econômico-financeiro das empresas brasileiras. Os dados da pesquisa são secundários e foram coletados do banco de dados SInC - Sistemas de Informações Corporativas. A amostra não probabilística é formada por 87 companhias de capital aberto com demonstrativos divulgados pela CVM no período de 2010 a 2014. Com base nos resultados da análise de regressão linear múltipla infere-se a existência de relação entre a remuneração recebida pelos diretores estatutários e o desempenho econômico-financeiro das empresas brasileiras. Principalmente no que se refere a remuneração variável que mostrou-se significativa ao atuar como ferramenta para alinhamento de interesses entre acionistas e gestores, pois esta relaciona-se positivamente com indicadores de desempenho econômico-financeiro das companhias analisadas. Porém, ao verificar os parâmetros e indicadores utilizados na avaliação de desempenho dos executivos, já não se pode afirmar o mesmo, pois na maioria dos casos não houve relação estatisticamente significativa com os indicadores de desempenho econômico-financeiro analisados.pt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.initialsUFGpt_BR
dc.contributor.referee1Silva, Júlio Orestes da-
dc.contributor.referee1Araújo, Kleber Domingos de-
dc.contributor.referee1Santos, Thaisa Renata dos-
dc.publisher.departmentFaculdade de Administração, Ciências Contábeis e Ciências Econômicas - FACE (RG)pt_BR
dc.publisher.courseCiências Contábeis (RG)pt_BR
Aparece nas coleções:FACE - Trabalhos de Conclusão de Curso

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
TCCG - Ciências Contábeis - Samuel Saymon Silva.pdf7,13 MBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons