Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/10982
Tipo do documento: Tese
Título: Rodas e cortejos de aprender e criar: saberes e fazeres tradicionais na formação de artistas-docentes da cena
Título(s) alternativo(s): Circles and parades to learn and create: traditional knowledge and practices in the education of scenic artist-teachers
Autor: Oliveira, Joana Abreu Pereira de
Currículo Lattes do Autor: http://lattes.cnpq.br/1396198930054185
Primeiro orientador: Hartmann, Luciana
Currículo Lattes do primeiro orientador: http://lattes.cnpq.br/8454367473690262
Primeiro membro da banca: Hartmann, Luciana
Segundo membro da banca: Dumas, Alexandra Gouvêa
Terceiro membro da banca: Manhães, Juliana Bittencourt
Quarto membro da banca: Carvalho, José Jorge de
Quinto membro da banca: Silva, Renata de Lima
Resumo: Esta pesquisa tem como objetivo investigar os saberes e fazeres tradicionais nos processos de formação de artistas-docentes nas artes da cena. Para tal, parte de um trajeto empírico, buscando a reflexão na e a partir da prática, que foi desenvolvida de 2016 a 2019, na concepção e implantação da disciplina de Manifestações Dramáticas Populares, no curso de Teatro Licenciatura da Escola de Música e Artes Cênicas da Universidade Federal de Goiás. No âmbito dessa disciplina, foram vivenciadas, por discentes e docentes, manifestações tais como o Bumba meu boi, a Congada, o Tambor de crioula, o Caroço e o Cacuriá, alternando o ambiente da universidade com aquele das comunidades detentoras dos saberes e fazeres tradicionais visitados. A partir das noções de descolonização, ancestralidade e pluriepistemologia, bem como do debate com os mestres e mestras, com o corpo discente e com autores integrantes de comunidades tradicionais, a tese propõe uma metodologia de abordagem performático-pedagógica para o estudo dos saberes e fazeres tradicionais nas licenciaturas em Artes da Cena. Resulta do processo a sistematização de estratégias (Vivências mediadas de aproximação; Encontros com mestres; Vivências em campo; Relatos do vivido e referências em movimento; Criações performático-pedagógicas) e a elaboração de dez princípios performático-pedagógicos (Mobilização do corpo, Reconhecimento da tradição, Dinâmica da tradição, Coletividade, Relação com a ancestralidade, Partilha de saberes, Importância dos mestres/mestras, Capacidade de improvisação, Teatralidade, Tocar-cantar-dançar-contar) que orientam o trabalho. Constata-se ainda que a ampliação dos limites da universidade, no sentido de ousar organizar o tempo de outra maneira, realizar o aprendizado em outros espaços, estabelecer outras hierarquias, foi fundamental para o processo de ensino-aprendizagem proposto. Nesse processo, o contato com mestres e suas comunidades modificou percepções pedagógicas, estéticas e, principalmente éticas e sociais.
Abstract: This research aims to investigate the traditional knowledge and practices in the training processes of artist-teachers in the performing arts. To this end, it is based in an empirical path, seeking reflection on and from practice, which was developed from 2016 to 2019, in the design and implementation of the discipline Manifestações Dramáticas Populares, in the Theater Degree course of Escola de Música e Artes Cênicas from the Federal University of Goiás. Within the scope of this discipline, traditions such as Bumba meu boi, Congada, Tambor de Crioula, Caroço and Cacuriá were experienced, alternating the environment of the university with that of the communities which hold the traditional knowledge and practices visited. Based on the notions of decolonization, ancestry and pluriepistemology, as well as in the debate with masters and teachers, with the students and with authors who are members of traditional communities, the thesis proposes a performance-pedagogical approach methodology for the study of traditional knowledge and practices in Performing Arts pedagogical processes. Some fundamental pedagogical strategies were systematized (Mediated experiences; Meetings with masters; Field experiences; Reports of the lived and references in movement; Performance-pedagogical creations) and ten performance-pedagogical principles were elaborated (Mobilization of the body, Recognition of tradition, Dynamics of tradition, Collectivity, Relationship with ancestry, Sharing of knowledge, Importance of masters, Ability to improvise, Theatricality, Play-sing-dance-tell) to guide the work. It is also noted that the expansion of the university's limits, in the sense of daring to organize time in another way, to carry out learning in other spaces, to establish other hierarchies, was fundamental to the proposed teaching-learning process. In this process, contact with masters and their communities changed pedagogical, aesthetic and, mainly, ethical and social perceptions.
Palavras-chave: Performances culturais
Pedagogia das artes cênicas
Saberes tradicionais
Formação de professores
Pluriepistemologia
Cultural performances
Pedagogy of the performing arts
Traditional knowledge
Teacher training
Pluriepistemology
Área(s) do CNPq: CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal de Goiás
Sigla da instituição: UFG
Departamento: Faculdade de Ciências Sociais - FCS (RG)
Programa: Programa de Pós-graduação em Performances Culturais (FCS)
Citação: OLIVEIRA, Joana Abreu Pereira de. Rodas e cortejos de aprender e criar: saberes e fazeres tradicionais na formação de artistas-docentes da cena. 2020. 263 f. Tese (Doutorado em Performances Culturais) - Universidade Federal de Goiás, Goiânia, 2020.
Tipo de acesso: Attribution-NonCommercial-NoDerivatives 4.0 International
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/10982
Data de defesa: 6-Nov-2020
Aparece nas coleções:Doutorado em Performances Culturais (FCS)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Tese - Joana Abreu Pereira de Oliveira - 2020.pdf25,81 MBAdobe PDFBaixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons