Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/8353
Tipo do documento: Tese
Título: Figuras da tradição judaico-cristã n’a demanda do Santo Graal: os rastros míticos da mulher de Salomão e da irmã de Persival
Título(s) alternativo(s): Figures of judaeo - christian tradition in the Holy Grail quest: mythical traces of Solomon's wife and Perceval's sister
Autor: Silva, Alessandra Fabrícia Conde da
Currículo Lattes do Autor: http://lattes.cnpq.br/8747999892547499
Primeiro orientador: Fonseca, Pedro Carlos Louzada
Currículo Lattes do primeiro orientador: http://lattes.cnpq.br/6114671436176153
Primeiro coorientador: Carreto, Carlos Fonseca Clamote
Primeiro membro da banca: Fonseca, Pedro Carlos Louzada
Segundo membro da banca: Quintela, Antón Corbacho
Terceiro membro da banca: Araújo, Marcia Maria de Melo
Quarto membro da banca: Silva, Ademir Luis da
Quinto membro da banca: Regino, Sueli Maria de Oliveira
Resumo: Compreendendo que a tradição judaico-cristã é mais extensa do que está grafado no cânone bíblico, este trabalho propõe-se a desvelar os caminhos percorridos por alguns mitos judaico-cristãos, isto é, estruturas míticas que amparam a construção de novos mitos, como os da irmã de Persival e da mulher de Salomão, personagens presentes n’A demanda do Santo Graal (1995), tradução portuguesa do século XV, cópia de um exemplar francês do século XIII. Neste percurso, é necessário que se considere, além do texto bíblico, alguns textos apócrifos que emprestaram motivos literários da proeminência e da humildade femininas à matéria da Bretanha, como os que estruturaram os mitos da irmã de Persival e da mulher de Salomão. Esta personagem, por exemplo, recebe apenas poucas citações na Demanda portuguesa, sendo indispensável o manuseio de La queste del Saint Graal (1923), presente na Vulgata, para se conhecer a narrativa da mulher de Salomão. De tal modo, seguindo a tradição judaico-cristã, vê-se que os motivos, dela tomados de empréstimo, continuam por ecoar discursos que ora difamam, ora defendem a mulher, tornando as personagens figuras exemplares e heroicas, ainda que carreguem o fardo da tradição antifeminina. Tal fardo misógino será percebido nas narrativas que visam a legitimar a linhagem do herói do Graal, tomando como ancestrais os reis hebreus da tradição bíblica. É neste núcleo androcêntrico que irromperão as narrativas heroicas femininas, suavizando o ranço contra as mulheres, quando os heróis mostrarem-se em abulia frente ao desconhecido. Para tanto, a tese, realizando um estudo analítico das mencionadas obras, pautando-se na pesquisa de cunho bibliográfico e qualitativa, reconhecendo o viés literário, sociológico, histórico e cultural, procurou deslindar os caminhos percorridos pelas personagens, a irmã de Persival e a mulher de Salomão, em sua trajetória mítica, segundo a tradição judaico-cristã.
Abstract: I perceive the Judaeo-Christian tradition as more comprehensive than it is treated in the biblical canon. This work aims to unfold paths undertaken by some Judaeo-Christian myths, that is, mythical structures, which corroborated the construction of new myths, such as those of Percival’s sister and Solomon’s wife – characters of A demanda do Santo Graal (1995), Portuguese translation from the 15th century, copy of a French sample from the 18th century. In this trajectory, it is essential to consider, besides the biblical scripture, some apocryphal manuscripts which lend literary elements of feminine prominence and humility to the matter of Britain. This character, for example, was scarcely referred in the Portuguese Demand; therefore it is essential that La queste del Saint Graal (1923), present in Vulgata, be consulted for the purpose of studying the narrative of Solomon’s wife. Thus, according to the Judaeo-Christian tradition one can attest that the elements borrowed from it, still echo in discourses, which sometimes vilify and sometimes defend women, making them exemplary and heroic feminine figures, despite carrying the heavy burden of anti feminine tradition. Such misogynous burden is noticed in the narratives that aim at legitimating the Grail’s hero lineage, taking the Hebrew kings from the biblical tradition as ancestors. It is from this androcentric nucleus that heroic feminine narratives will emerge, softening the bitterness against women, in the moment heroes find themselves in abulia in face of the unknown. For this purpose, the dissertation carries out an analytical study of the referred literary pieces, following the methodological procedures of bibliographic, qualitative research, identifying the literary, sociological, historical and cultural perspectives. It tried to unveil the paths taken by the characters Percival’s sister and Solomon’s wife, along their mythical trajectory, compatible to the Judaeo- Christian tradition.
Palavras-chave: A demanda do Santo Graal
Imã de Persival
Mulher de Salomão
Tradição judaico-cristã
Personagem feminina medieval
Percival’s sister
Solomon’s wife
Judaeo-Christian tradition
Medieval feminine character
Área(s) do CNPq: LETRAS::OUTRAS LITERATURAS VERNACULAS
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal de Goiás
Sigla da instituição: UFG
Departamento: Faculdade de Letras - FL (RG)
Programa: Programa de Pós-graduação em Letras e Linguística (FL)
Citação: CONDE-SILVA, A. F. Figuras da tradição judaico-cristã n’a demanda do Santo Graal: os rastros míticos da mulher de Salomão e da irmã de Persival. 2018. 190 f. Tese (Doutorado em Letras e Linguística) - Universidade Federal de Goiás, Goiânia, 2018.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/8353
Data de defesa: 19-Mar-2018
Aparece nas coleções:Doutorado em Letras e Linguística (FL)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Tese - Alessandra Fabrícia Conde da Silva - 2018.pdf1,8 MBAdobe PDFBaixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons