Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/12447
Tipo do documento: Artigo
Título: Produção, caracterização e avaliação de enzimas fibrolíticas na digestibilidade da forragem de milho
Título(s) alternativo(s): Production, characterization and evaluation of fibrolytic enzymes on digestibility of forage maize
Autor: Cysneiros, Cristine dos Santos Settimi
Ferreira, Reginaldo Nassar
Oliveira, Michelly Ayres
Favoretto, Adriano Oliveira
Arnhold, Emmanuel
Ulhoa, Cirano José
Resumo: Os objetivos deste trabalho foram os de produzir e caracterizar um complexo enzimático (CE) de Humicola grisea e avaliar seu efeito na digestibilidade verdadeira da matéria seca de forragem de milho. Observou-se que o fungo produziu as enzimas celulases, xilanase e - glicosidase. A caracterização bioquímica mostrou que a celulase e xilanase produzidas apresentaram maior atividade a 50°C. A temperatura ótima de β-glicosidase ficou entre 50 e 60°C. O pH ótimo de celulase e xilanase foi 6,0. Quanto à β-glicosidase, a enzima revelou maior atividade em pH 6,5. A celulase permaneceu estável após incubação por 60 minutos, a 39°C. As xilanase e β- glicosidase produzidas mantiveram 99,2 e 88,2 % de sua atividade, a 50°C, durante 240 minutos, respectivamente. Os tratamentos foram: controle (10 mL de água esterilizada); nível 1 (2,5 mL do CE); nível 2 (5,0 mL do CE) e nível 3 (10 mL do CE). No ensaio de digestibilidade, verificou-se interação entre níveis enzimáticos e períodos de incubação no rúmen. Para 12; 24; 48 e 96 horas de incubação, 10 mL do CE aumentou a digestibilidade em 10,58; 12,52; 9,05 e 6,81%, em relação ao controle. O fungo Humicolagrisea é produtor de enzimas de interesse na alimentação de ruminantes.
Abstract: The objectives of this research were to produce and characterize an enzyme complex (EC), using the fungus Humicola grisea, and evaluate its effect on true digestibility of forage maize dry matter. We observed that the fungus produced cellulase, -glucosidase and xylanase enzymes. The cellulase and xylanase activities were high at the temperature of 50° C. The optimum temperature of β-glucosidase was between 50 and 60° C. The optimum pH of cellulase and xylanase enzyme was 6.0. As for β- glucosidase, the enzyme showed higher activity at pH 6.5. Cellulase remained stable for 60 minutes at 39° C. Xylanase and β-glucosidase maintained 99.2 and 88.2% of their activity at 50° C for 240 minutes, respectively. The treatments were as follows: control (10 mL of sterile water), level 1 (2.5 mL EC), level 2 (5.0 mL EC) and level 3 (10 mL EC). In the digestibility experiment, there was interaction between enzyme levels and time of incubation in the rumen. The addition of 10 mL of the fibrolytic enzymes improved the digestibility at 10.58; 12.52; 9.05 and 6.81% compared to control for 12; 24; 48 and 96 hours of incubation, respectively. The fungus Humicola grisea is an enzyme producer that is important in ruminant feed.
Palavras-chave: Ankom
Bovino
Celulase
Fungo
Xilanase
Bovine
Cellulose
Fungi
Xylanase
País: Brasil
Instituição: José Henrique Stringhini
Sigla da instituição: UFG
Unidade acadêmica: Escola de Veterinária e Zootecnia - EVZ (RG)
Citação: CYSNEIROS, Cristine dos Santos Settimi; FERREIRA, Reginaldo Nassar; OLIVEIRA, Michelly Ayres; FAVORETTO, Adriano Oliveira; ARNHOLD, Emmanuel; ULHOA, Cirano José. Produção, caracterização e avaliação de enzimas fibrolíticas na digestibilidade da forragem de milho. Ciência Animal Brasileira, Goiânia, v. 14, n. 4, p. 426-435, out./dez. 2013. Disponível em: <https://www.revistas.ufg.br/vet/article/view/19491/15626>.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/12447
Data de publicação: Dez-2013
Aparece nas coleções:EVZ - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Cristine dos santos Settimi Cysneiros - 2013.pdf246,72 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons