Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/13254
Tipo do documento: Artigo
Título: Avaliação de quatro protocolos terapêuticos no pós-operatório de rufiões bovinos
Título(s) alternativo(s): Evaluation of four therapeutic protocols in postoperative of teaser bulls
Autor: Freitas, Sabrina Lucas Ribeiro de
Queiroz, Paulo José Bastos
Rabbers, Andressa Sabine
Rabelo, Rogério Elias
Silva, Luiz Antônio Franco da
Resumo: Objetivou-se com este estudo avaliar quatro protocolos terapêuticos no tratamento de feridas cirúrgicas de rufiões bovinos preparados pela técnica de desvio ventrolateral do óstio prepucial modificada. Foram utilizados 60 bovinos não orquiectomizados, mestiços (Bos taurus x Bos indicus), clinicamente saudáveis, com idade média de 12 meses. Os animais foram distribuídos em quatro grupos (n=15), de acordo com o tratamento empregado no pós-operatório: grupo I, unguento comercial 1; grupo II, unguento comercial 2; grupo III, solução de iodopolividona a 10%; grupo IV, extrato glicólico da casca de barbatimão (Stryphnodendron adstringens) a 10%. Macroscopicamente avaliou-se o número de animais com cicatrização completa, tempo de cicatrização e complicações pós-operatórias. Realizou-se a histologia da pele para a avaliação da reação tecidual no 15º e 21º dia pós-operatório. Não houve diferença entre os tratamentos nos grupos GIII e GIV, porém ambos apresentaram menor tempo de cicatrização (19,60 e 19,92 dias respectivamente), maior número de animais com cicatrização completa e menores taxas de complicações pós-operatórias em relação aos grupos GI e GII (p<0,05). Ao exame histológico verificou-se presença de infiltrado inflamatório mononuclear em todos os animais, com grande quantidade de linfócitos em GI. O GIV apresentou maior quantidade de tecido cicatricial no 21º dia pós-operatório. Conclui-se que a iodopolividona e o extrato glicólico da casca de barbatimão a 10% otimizaram o processo de cicatrização e reduziram o número de complicações pós-operatórias das feridas cirúrgicas nos animais deste estudo.
Abstract: The objective of this study was to evaluate four protocols in the treatment of surgical wounds of cattle thugs prepared by modified technique of ventrolateral beflexion of the preputial orifice. 60 non-castrated steers were used, crossbred (Bos taurus x Bos indicus), clinically healthy, with an average age of 12 months. The animals were divided into four groups (n = 15), according to the treatment used in the postoperative period: Group I, commercial ointment 1; group II, commercial ointment 2; Group III povidone-iodine solution 10%; group IV, glycolic extract of barbatimão bark (Stryphnodendron adstringens) to 10%. It was evaluated macroscopically the number of animals with complete healing, healing time and post-operative complications. The histology evaluation of the skin for tissue reaction was held in the 15th and 21th postoperative day. There was no difference between treatments in GIII and GIV, but both had lower healing time (19.60 and 19.92 days respectively) greater number of animals with complete healing and lower postoperative complication rates compared to GI and GII (p <0.05). Histologically there was presence of mononuclear inflammatory infiltrate in all animals, with lots of lymphocytes in GI. The GIV showed greater amount of scar tissue on the 21st postoperative day. It follows that polyvidone iodine and glycolic extract of barbatimão bark 10% optimized the healing process and reduced the number of postoperative complications of surgical wounds in animals in this study.
Palavras-chave: Barbatimão
Cicatrização
Iodopolividona
Reprodução animal
Unguento
Barbatimão
Healing
Povidone iodine
Animal reproduction
Ointment
País: Brasil
Unidade acadêmica: Escola de Veterinária e Zootecnia - EVZ (RG)
Citação: FREITAS, Sabrina Lucas Ribeiro de; QUEIROZ, Paulo José Bastos; RABBERS, Andressa Sabine; RABELO, Rogério Elias; SILVA, Luiz Antônio Franco da. Avaliação de quatro protocolos terapêuticos no pós-operatório de rufiões bovinos. Enciclopédia Biosfera, Goiânia, v. 11, n. 4, p. 294-304, jun. 2015.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/13254
Data de publicação: Jun-2015
Aparece nas coleções:EVZ - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Sabrina Lucas Ribeiro de Freitas - 2015.pdf1,81 MBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons