Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/11796
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.creatorCarvalho, Yvo de-
dc.creatorZica, Lincoln Fonseca-
dc.date.accessioned2017-04-24T15:51:31Z-
dc.date.available2017-04-24T15:51:31Z-
dc.date.issued1971-10-
dc.identifier.citationCARVALHO, Yvo de; ZICA, Lincoln Fonseca. Efeito de produtos químicos no controle de meloidogyne sp. sobre quiabeiro (hibiscus sculentum l.). Anais da Escola de Agronomia e Veterinária, Goiânia, v. 1, n. 1, p. 51-60, jan./dez. 1971. Disponível em: <https://www.revistas.ufg.br/pat/article/view/1669/1635>.pt_BR
dc.identifier.issn1517-6398-
dc.identifier.urihttp://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/11796-
dc.description.abstractThe Effect of chemical products on lhe contrai of Meloidogyne sp. in the okra plant (Hybiscus sculentum L.J. The nematicide power of Shell-DD. vapan, granulated nemagon, methyl bromide and soluble neantina, were tested by applying them to soil affected by Meloidogyne sp. The okra plant (Hibíscus esculentum L.l was used as lhe hosting agent, to measure the amount of worms al­ter treatment. The results showed that Shell-DD (40 ml/22) controll ed the worms well, but that vapan, granulated nemagon and the soluble neantina were statistically equal to the contrai plot. The plots treated with methyl bromide were not included in the results because of the toxic effect of lhe product on the plants.pt_BR
dc.description.sponsorshipEditora da UFGpt_BR
dc.language.isoporpt_BR
dc.publisherAntônio Lopes da Silvapt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.titleEfeito de produtos químicos no controle de meloidogyne sp. sobre quiabeiro (hibiscus sculentum l.)pt_BR
dc.typeArtigopt_BR
dc.description.resumoTestou-se o poder nematicida de Shell-DO, Vapan, Nemagon gra­nulado, brometo de metila e Neantina solúvel em solos com infesta­ção natural de Meloidogyne sp., usando-se o quiabeiro (Hibiscus escú lentum L.) como referência para medir a intensidade de infestação após o tratamento. O Shell-DO (40 ml/m') exerceu notável efeito ne­maticida, mas o Vapan (60 ml/m'), o Nemagon granulado (40 g/m2) e a Neantina solúvel (solução a 0,3 % - 10 1/m2) deram resultados esta­tísticamente iguais à testemunha. As parcelas tratadas com Brometo de metila (40 ml/m2) foram perdidas em consequência do efeito fitotó­xico do produto sôbre as sementes e plântulas do quiabelro.pt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.initialsUFGpt_BR
dc.publisher.departmentEscola de Agronomia e Engenharia de Alimentos - EAEA (RG)pt_BR
Aparece nas coleções:EA - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Yvo de Carvalho - 1971.pdf279,27 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons