Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/12630
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.creatorGarcia, Antonio Henrique-
dc.creatorCattini, Guilhenne Porta-
dc.date.accessioned2017-10-20T14:22:20Z-
dc.date.available2017-10-20T14:22:20Z-
dc.date.issued1995-12-
dc.identifier.citationGARCIA, Antonio Henrique; CATTINI, Guilhenne Porta. Comportamento das populações de aphidius sp. (braconidae­ hymenoptera) e brevicoryne brasmae (L, 1778) ( aphididae­homoptera) em diferentes cultivares de repolho em condições de campo. ). Anais da Escola de Agronomia e Veterinária, Goiânia, v. 25, n. 2, p. 155-160, jul./dez. 1995. Disponível em: <https://www.revistas.ufg.br/pat/article/view/2919/2966>.pt_BR
dc.identifier.issn0100-218X-
dc.identifier.urihttp://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/12630-
dc.description.abstractThe behavior of Apidius sp. and B. brassicae populations on cabbage cultivars Kobayashi, Roxo, Chato de Quintal, Coração de Boi and Matsukase were studied in natural field conditions. Monthly sample were collected from August to December 1995. Leaf discs measuring 6.1 cm' were taken from sites showing higher aphid concentration from each 􀃃 infected leaf Toe percentage of parasitized insects was detennined by the number of mummified aphids among the total on each leaf disc. Although Roxo and Kobayashi cultivares showed the higher aphid infestation, they were the less parasitized by Aphidius sp., with 23.3% and 25% parasitism, respectively. Coração de Boi and Chato de Quintal cultivars were the less infested by the aphid, but showed the highest parasitoid populations, as 51.7% and 67.5% respectively. Toe lower aphid and parasitoid populations were observed on Matsukase cultivar. Chato de Quintal, Coração de Boi and Matsukase cultivars present high aphid and parasitoid populations in August, which decrease in September and December and rose in October and November. 0n Kobayashi and Roxo, cultivars both populations increased until November and decreased in December. Generally, higher B. brassicae andAphidius sp. populations were found during August, October and November. The average parasitism in ali cultivars was 36%. Toe higher parasitism levei was 55.8 observed August.pt_BR
dc.description.sponsorshipUFGpt_BR
dc.language.isoporpt_BR
dc.publisherAntônio Henrique Garciapt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjectParasitismopt_BR
dc.subjectAphidiuspt_BR
dc.subjectBrevicoryne brassicaept_BR
dc.subjectComportamentopt_BR
dc.subjectParasitismpt_BR
dc.subjectBehaviorpt_BR
dc.titleComportamento das populações de aphidius sp. (braconidae­ hymenoptera) e brevicoryne brasmae (L, 1778) ( aphididae ­homoptera) em diferentes cultivares de repolho em condições de campopt_BR
dc.title.alternativeBehavior of Aphidius sp. ( Braconidae- Hymenoptera) and Brevicoryne brossicae (L., 1778) (Aphididae-Homoptera) Populations on Different Cabbage Cultivars in Field Conditionspt_BR
dc.typeArtigopt_BR
dc.description.resumoEstudou-se o comportamento das populações de Aphidius sp. e B. brassicae nas cultivares de repolho 'kobayashi', 'roxo', 'chato de quintal', 'coração de boi' e 'matsuka­se' em infestações naturais no campo. As amostragens foram mensais, de agosto a dezembro de 1995, coletando-se de cada folha mais infestada um disco foliar de 6, l cm' de área, no ponto de maior concentração de pulgões. O percentual de parasitismo foi determinado contando-se o número de pulgões mumificados em relação ao total de cada disco foliar. As cultivares 'roxo' e 'kobayashi' foram as mais infestadas pelo pulgão, no entanto apresentaram o menor índice de parasitismo por Aphidius sp., com 23,3% e 25% , respectivamente, enquanto a 'coração de boi' e 'chato de quíntal' foram as menos infestadas pelo pulgão, mas apresentaram as maiores populações do parasitóide, com 51, 7 e 67 ,5% de parasitismo. As menores populações do pulgão e do parasitóide foram observadas na cultivar 'matsukase'. As cultivares 'matsukase', 'chato de quintal' e 'coração de boi' apresentaram altas populações do pulgão e do parasitóide no meses de agosto, outubro e novembro. Nas cultivares 'kobayashi' e 'roxo' houve um crescimento de ambas as populações até novembro. No geral as maiores populações de B. brassicae e do Aphidius sp. foram observadas nos meses de agosto, outubro e novembro. O parasitismo em B. brassicae observado em todas as cultivares, foi de 36,3% e o maior índice ,55,8%, foi observado no mês de agosto.pt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.initialsUFGpt_BR
dc.publisher.departmentEscola de Agronomia e Engenharia de Alimentos - EAEA (RG)pt_BR
Aparece nas coleções:EA - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Antonio Henrique Garcia - 1995.pdf158,15 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons