Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/15905
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.creatorBarbosa, Maria Alves-
dc.creatorSiqueira, Karina Machado-
dc.creatorBrasil, Virginia Visconde-
dc.creatorBezerra, Ana Lúcia Queiroz-
dc.date.accessioned2018-09-12T11:30:48Z-
dc.date.available2018-09-12T11:30:48Z-
dc.date.issued2004-
dc.identifier.citationBARBOSA, Maria Alves et al. Crenças populares e recursos alternativos como práticas de saúde. Revista Enfermagem UERJ, Rio de Janeiro, v. 12, n. 1, p. 38-43, 2004.pt_BR
dc.identifier.issne- 0104-3552-
dc.identifier.urihttp://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/15905-
dc.description.abstractDespite the great progress of the officialmedicine, popularmedicine and alternative therapies have obtained some credibility because, in many cases, they bring answers to population needs and expectative. The purpose of this study was to analyze in what extent popular beliefs and alternative resources utilization influence the solution of community health problems, as perceived by Family Health Program (PSF) professionals, as well as to identify how those professionals act when they meet clients that use such resources. This qualitative research has been accomplished at the Center for Integrated Health Care of the city of Amendoeiras, in Goiânia – GO, during the year of 2002. The analysis revealed the following categories: vantages and disadvantages; culture and tradition x habit changes; emphasis in the “natural”. The professionals demonstrated respect, acceptance, disapproval and interest in the knowledge about popular practices. Data suggest that the adoption of alternative therapies can favor the achievement of best results in health care.pt_BR
dc.language.isoporpt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjectCrendice popularpt_BR
dc.subjectMedicina popularpt_BR
dc.subjectSaúde da famíliapt_BR
dc.subjectTerapia alternativapt_BR
dc.subjectPopular beliefpt_BR
dc.subjectPopular medicinept_BR
dc.subjectFamily health programpt_BR
dc.subjectAlternative therapypt_BR
dc.titleCrenças populares e recursos alternativos como práticas de saúdept_BR
dc.title.alternativePopular beliefs and alternative resources as health practicespt_BR
dc.typeArtigopt_BR
dc.description.resumoMesmo diante dos avanços alcançados pela medicina oficial, a medicina popular e as terapias alternativas conseguem obter credibilidade porque respondem, em muitos casos, às necessidades e expectativas da população. Este estudo objetivou analisar a influência das crenças populares e a utilização de recursos alternativos na solução de problemas de saúde entre a comunidade, partindo de percepções de profissionais do Programa de Saúde da Família (PSF), e também identificar condutas dos profissionais quando se deparam com clientes usuários desses recursos. Pesquisa de abordagem qualitativa, realizada no Centro de Atenção Integrada à Saúde - Amendoeiras, em Goiânia - GO, em 2002. A análise revelou as seguintes categorias: Vantagens e Desvantagens; Cultura e Tradição X Mudança de Hábitos; e A Ênfase no Natural. Os profissionais demonstram respeito, aceitação, reprovação e interesse em conscientizar quanto ao uso de práticas populares. A adoção de terapias alternativas na assistência à saúde pode favorecer o alcance de melhores resultados no processo saúde-doença.pt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.departmentFaculdade de Enfermagem - FEN (RG)pt_BR
Aparece nas coleções:FEN - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Maria Alves Barbosa - 2004.pdf39,12 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons