Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/15945
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.contributor.advisor1Santos, Andrea Pereira dos-
dc.creatorAraújo, Vitor Paiva Machado Martins de-
dc.date.accessioned2018-09-19T14:33:18Z-
dc.date.available2018-09-19T14:33:18Z-
dc.date.issued2017-12-04-
dc.identifier.citationARAÚJO, Vitor Paiva Machado Martins de. Preconceitos de leitura na telenovela: um estudo sobre Avenida Brasil. 2017. 97 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação) - Faculdade de Informação e Comunicação, Universidade Federal de Goiás, Goiânia, 2017.pt_BR
dc.identifier.urihttp://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/15945-
dc.description.abstractIt deals with a study about reading and media, whose object is established in the reading prejudices present in the Brazilian soap opera. The central question is concerned with the distribution of this practice among the nuclei of its dramaturgies, in the hypothesis that there is a restrictive, elitist and antidemocratic construction by which prejudices are reinforced to the extent that a certain support is favored in the dissonant cultural manifestations between the "rich core" and the "poor core." In order for the analysis to be sustained, the novel Avenida Brasil by João Emanuel Carneiro, transmitted by Rede Globo between March 26 to October 19, 2012, is chosen, considering the audience as a methodological criterion. They point to the scenes in which the reading is portrayed, the prejudices are identified within the theoretical presuppositions and the profile of the reader is recognized in the fictional circumstance. It is justified in the demystification of the concept of reading linked to fixed supports and specific texts, but mainly by the encouragement to the diverse practices of this plural universe. Content Analysis is used as a verification method based on the adequacy of the proposed objective, which is classified as basic, qualitative and exploratory. Theoretical-conceptual and evolutionary aspects on reading and soap opera are presented; the methodology is described in its practical dimensions; the data are exposed, what has been exposed is reflected, and results are indicated that television sets up an ideological apparatus that reinforces symbolic violence by disseminating a stereotyped idea of culture as inherent in the dominant classes. We confirm the initial assumptions by noting the discrepancy of the "rich core" reading practices for the "poor core", since there is a social distance between them. Finally, he suggests contributions to the theme and continuity of research.pt_BR
dc.language.isoporpt_BR
dc.publisherUniversidade Federal de Goiáspt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjectLeitura-preconceitospt_BR
dc.subjectLeitura-telenovelapt_BR
dc.subjectAvenida Brasilpt_BR
dc.subjectMídia-culturapt_BR
dc.subjectAnálise de conteúdopt_BR
dc.titlePreconceitos de leitura na telenovela: um estudo sobre Avenida Brasilpt_BR
dc.typeTCCpt_BR
dc.description.resumoTrata de um estudo sobre leitura e mídia, cujo objeto se estabelece nos preconceitos de leitura presentes na telenovela brasileira. A questão central preocupa-se com a distribuição da referida prática entre os núcleos de suas dramaturgias, na hipótese de que existe uma construção restritiva, elitista e antidemocrática pela qual os preconceitos são reforçados à medida que se privilegia determinado suporte nas manifestações culturais dissonantes entre o “núcleo rico” e o “núcleo pobre”. Para que a análise seja sustentada, escolhe-se a novela Avenida Brasil, de João Emanuel Carneiro, transmitida pela Rede Globo entre 26 de março a 19 de outubro de 2012, considerando a audiência como critério metodológico. Apontam-se as cenas em que a leitura é retratada, identificam-se os preconceitos por dentro dos pressupostos teóricos e reconhece-se na circunstância ficcional o perfil do leitor. Justifica-se na desmistificação do conceito de leitura atrelado a suportes fixos e textos específicos, mas principalmente pelo encorajamento às diversas práticas desse universo plural. Utiliza-se da Análise de Conteúdo como método para verificação fundamentado na adequação do objetivo proposto, pesquisa esta classificada como básica, qualitativa e exploratória. Apresentam-se aspectos teórico-conceituais e evolutivos sobre leitura e telenovela; descreve-se a metodologia em suas dimensões práticas; expõem-se os dados, reflete-se o que foi exposto e indicam-se resultados de que a televisão configura um aparelho ideológico que reforça a violência simbólica ao disseminar uma ideia estereotipada de cultura como inerente às classes dominantes. Confirmam-se as suposições iniciais ao perceber a discrepância das práticas de leitura do “núcleo rico” para o “núcleo pobre”, já que existe um distanciamento de ordem social entre eles. Sugere, por fim, contribuições ao tema e continuidade à investigação.pt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.initialsUFGpt_BR
dc.contributor.referee1Santos, Andrea Pereira dos-
dc.contributor.referee1Gomes, Suely Henrique de Aquino-
dc.publisher.departmentFaculdade de Informação e Comunicação - FIC (RG)pt_BR
dc.publisher.courseBiblioteconomia (RG)pt_BR
Aparece nas coleções:FIC - Trabalhos de Conclusão de Curso

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
TCCG - Biblioteconomia - Vitor Paiva Machado Martins de Araújo - 2017.pdf1,49 MBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.