Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/16800
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.creatorAmaral, Rita Goreti-
dc.creatorManrique, Edna Joana Cláudio-
dc.creatorGuimarães, Janaína Valadares-
dc.creatorSousa, Paula José de-
dc.creatorMignoli, João Ricardo Queiroz-
dc.creatorXavier, Aparecida de Fátima-
dc.creatorOliveira, Analina-
dc.date.accessioned2019-01-23T11:20:17Z-
dc.date.available2019-01-23T11:20:17Z-
dc.date.issued2008-
dc.identifier.citationAMARAL, Rita Goreti et al. Influência da adequabilidade da amostra sobre a detecção das lesões precursoras do câncer cervical. Revista Brasileira de Ginecologia e Obstetrícia, São Paulo, v. 30, n. 11, p. 556-560, 2008.pt_BR
dc.identifier.issne- 1806-9339-
dc.identifier.urihttp://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/16800-
dc.description.abstractPURPOSE: to evaluate whether the sample adequacy influences the detection of precursor cervical cancer lesions. METHODS: a transversal study from January 2004 to December 2005. A number of 10,951 results of cervical cytotopathological exams from users of the National Health System (Sistema Único de Saúde, SUS) in Goiânia, Goiás, Brazil, was studied. These women had spontaneously looked for the services from the Family Health Program or from the Basic Units of Health. Samples were collected by medical doctors and nurses, through the conventional technique to detect cervical cancer. The analyzed smears were classified by the Bethesda System, the sample adequacy being defined along the routine screening and categorized as: satisfactory, satisfactory but presenting factors that might partially jeopardize the analysis, and unsatisfactory. Results were stored in the Epi-Info 3.3.2 program. The χ² test was used to compare altered results with the adequacy of the samples from cytopathological smears. Differences with probability of rejection of the null hypothesis lower than 5% (p<0.05) were considered as significant. RESULTS: From 10,951 smears, 51.1% were classified as having satisfactory adequacy for analysis, 46.6% as satisfactory, but presenting some limiting factors, and 2.3%, as unsatisfactory. The main factors which have partially jeopardized the analysis were: lack of endocervical cells (52.2%), dried smears (22.8%), purulence (14.9%), or smears with some thick areas (9.5%).pt_BR
dc.language.isoporpt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjectNeoplasias do colo do útero/diagnósticopt_BR
dc.subjectCitodiagnósticopt_BR
dc.subjectProgramas de rastreamentopt_BR
dc.subjectControle de qualidadept_BR
dc.subjectUterine cervical neoplasms/diagnosispt_BR
dc.subjectCytodiagnosispt_BR
dc.subjectMass screeningpt_BR
dc.subjectQuality controlpt_BR
dc.titleInfluência da adequabilidade da amostra sobre a detecção das lesões precursoras do câncer cervicalpt_BR
dc.title.alternativeInfluence of adequacy of the sample on detection of the precursor lesions of the cervical cancerpt_BR
dc.typeArtigopt_BR
dc.description.resumoOBJETIVO: avaliar se a adequabilidade da amostra influencia na detecção das lesões precursoras do câncer do colo do útero. MÉTODOS: este foi um estudo de corte transversal, realizado no período de Janeiro de 2004 a Dezembro de 2005. Foram incluídos 10.951 resultados de exames citopatológicos cervicais, tendo como base usuárias do Sistema Único de Saúde de Goiânia, Goiás. Essas mulheres procuraram, espontaneamente, os serviços do Programa Saúde da Família ou Unidades Básicas de Saúde. A coleta foi feita por médicos e enfermeiros por meio da técnica convencional para rastreamento de câncer do colo do útero. Os esfregaços analisados foram classificados de acordo com o Sistema Bethesda, sendo a adequabilidade da amostra definida durante o escrutínio de rotina e categorizada como: satisfatória; satisfatória, porém apresentando fatores que prejudicam parcialmente a análise; e insatisfatória. Os resultados obtidos foram armazenados no programa Epi-Info 3.3.2. Para a comparação entre os resultados alterados e a adequabilidade da amostra dos esfregaços citopatológicos utilizou-se o teste do χ². Foram consideradas significantes as diferenças em que a probabilidade de rejeição da hipótese de nulidade foi menor que 5% (p<0,05). RESULTADOS: do total de 10.951 esfregaços, 51,1% foram classificados com adequabilidade satisfatória para análise, 46,6% como satisfatórios, mas apresentando algum fator limitante, e 2,3% como insatisfatórios. Os principais fatores que prejudicaram parcialmente a análise foram: ausência de células endocervicais (52,2%), esfregaços dessecados (22,8%), purulentos (14,9%) ou com áreas espessas (9,5%). Observou-se uma maior freqüência de esfregaços alterados quando a amostra foi classificada como satisfatória para análise e com representação de células endocervicais, ASC-US (2,3%), ASC-H (0,6%), LSIL (3,2%), HSIL (1,7%) e 0,3% de AGC; as diferenças foram significativas com p=0,001. A freqüência de lesões de baixo e alto grau foi maior quando os esfregaços apresentaram-se satisfatórios para análise. CONCLUSÕES: a freqüência de lesões precursoras do câncer do colo do útero varia com a adequabilidade da amostra. Observou-se também que as principais limitações da adequabilidade da amostra estão diretamente relacionadas com a qualidade da coleta.pt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.identifier.doi10.1590/S0100-72032008001100005-
dc.publisher.departmentFaculdade de Enfermagem - FEN (RG)pt_BR
Aparece nas coleções:FEN - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Rita Goreti Amaral - 2008.pdf152,45 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons