Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/16873
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.creatorFerreira, Bárbara Chaar-
dc.creatorSantos, Karina L. dos-
dc.creatorRudolph, Steph Caires-
dc.creatorAlcanfor, Joana D’arc Ximenes-
dc.creatorCunha, Luiz Carlos da-
dc.date.accessioned2019-01-28T11:16:53Z-
dc.date.available2019-01-28T11:16:53Z-
dc.date.issued2009-03-
dc.identifier.citationFERREIRA, Bárbara Chaar; SANTOS, Karina L. dos; RUDOLPH, Steph Caires; ALCANFOR, Joana D’arc Ximenes; CUNHA, Luiz Carlos da. Estudo dos medicamentos utilizados pelos pacientes atendidos em laboratório de análises clínicas e suas interferências em testes laboratoriais: uma revisão da literatura. Revista Eletrônica de Farmácia, Goiânia, v. 6, n. 1, p. 33-43, jan./mar. 2009. Disponível em: <https://revistas.ufg.br/REF/article/view/5859/4559>.pt_BR
dc.identifier.issne- 1808-0804-
dc.identifier.urihttp://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/16873-
dc.description.abstractThe drugs interference in clinical analysis takes an important role in routine laboratory for interfering in trials and modifies the clinical and laboratory diagnosis. Many drugs exert effects in vivo, in vitro or both simultaneously on the laboratory tests. The objective of this study was to identify the most used drugs for patients who were assisted at the Centro de Análises Clínicas Rômulo Rocha in Goiânia (GO) in the period from June to December 2007 and examining possible interactions between the most used drugs for patients and laboratory tests. For this route was a descriptive and retrospective study, through the analysis of 600 sheets, most of the drugs used for patients and service users provided by the laboratory. Among the drugs surveyed, were selected the five most used to be made a discussion about your interactions in laboratory tests. The five drugs most used were: captopril, enalapril, hydrochlorothiazide, levotiroxine sodium and propranolol. Among the five medicines there was more interference in vivo than in vitro. As an example of such interference can cite: the captopril, which can provide false-positive results in ketones in the urine; enalapril that may interfere with antinuclear antibody, the hydrochlorothiazide which increases the concentration of urea in vivo; tyroxine the sodium that can cause a reduction physiological effect in the examination of apolipoprotein B and propranolol that can cause high levels of blood urea. The results can also be used for promotion and planning of actions of Pharmaceutical Care.pt_BR
dc.description.sponsorshipUFGpt_BR
dc.language.isoporpt_BR
dc.publisherRicardo Menegattipt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjectTestes laboratoriaispt_BR
dc.subjectInterações de medicamentospt_BR
dc.subjectFarmacoepidemiologiapt_BR
dc.subjectLaboratory testpt_BR
dc.subjectDrug interactionspt_BR
dc.subjectPharmacoepidemiologypt_BR
dc.titleEstudo dos medicamentos utilizados pelos pacientes atendidos em laboratório de análises clínicas e suas interferências em testes laboratoriais: uma revisão da literaturapt_BR
dc.title.alternativeProfile of medicines used for outpatients assisted at clinical analysis laboratory and the interference in laboratory tests:a literature reviewpt_BR
dc.typeArtigopt_BR
dc.description.resumoA interferência de medicamentos em análises clínicas assume importante papel na rotina laboratorial pela probabilidade de interferir nos ensaios e modificar o diagnóstico clínico-laboratorial. Muitos fármacos exercem efeitos in vivo, in vitro ou ambos simultaneamente sobre os testes laboratoriais. O objetivo do presente trabalho foi identificar os medicamentos mais usados pelos pacientes que foram atendidos pelo Centro de Análises Clínicas Rômulo Rocha em Goiânia (GO) no período de junho a dezembro de 2007 e analisar possíveis interações entre estes medicamentos e exames laboratoriais. Para isso foi traçado um estudo descritivo e retrospectivo, através da análise de 600 fichas dos medicamentos mais utilizados pelos pacientes e usuários dos serviços prestados pelo laboratório. Dentre os medicamentos pesquisados foram selecionados os cinco mais utilizados para que fosse feita uma discussão a respeito de suas interações em testes laboratoriais. Os cinco medicamentos mais utilizados foram: captopril, enalapril, hidroclorotiazida, levotiroxina sódica e propranolol. Dentre os cinco medicamentos verificou-se maior interferência in vivo do que in vitro. Como exemplo dessas interferências podemos citar: o captopril que pode proporcionar resultados falso-positivos em cetonas na urina; o enalapril que pode interferir no fator antinúcleo positivamente; a hidroclorotiazida que aumenta a concentração da uréia in vivo; a levotiroxina sódica que pode provocar redução por efeito fisiológico no exame de apolipoproteína B e o propranolol que pode provocar níveis elevados de uréia sanguínea. Os resultados obtidos podem, também, ser utilizados para promoção e planejamento de ações de Atenção Farmacêutica.pt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.initialsUFGpt_BR
dc.identifier.doi10.5216/ref.v6i1.5859-
dc.publisher.departmentFaculdade de Farmácia - (FF)pt_BR
Aparece nas coleções:FF - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Bárbara Chaar Ferreira - 2009.pdf132,63 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons