Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/17031
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.creatorDutra, Silvia Leitão-
dc.creatorLandeiro, Victor Lemes-
dc.creatorOliveira, LeandroGonçalves-
dc.date.accessioned2019-02-11T10:56:38Z-
dc.date.available2019-02-11T10:56:38Z-
dc.date.issued2012-07-
dc.identifier.citationDUTRA, Silvia Leitão; LANDEIRO, Victor Lemes; OLIVEIRA, Leandro Gonçalves. O Vão do Paranã (GO) como área chave para conservação de macroinvertebrados bentônicos. Revista de Biologia Neotropical, Goiânia, v. 9, n. 1, p. 28-37, jan./jun. 2012. Disponível em: <https://www.revistas.ufg.br/RBN/article/view/17176/13927>.pt_BR
dc.identifier.issn1807-9652-
dc.identifier.urihttp://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/17031-
dc.description.abstractIn this study we suggested the indication of the Paranã River watershed, Goiás, as a priority area for conservation of aquatic invertebrates. It was made based on the use of the benthic macroinvertebrate community as a bioindication tool. The invertebrates were collected by rapid assessment methodology, using hand nets of mesh size of 2 mm during 15 minutes of active sampling in current environments with rubble substrate. The choice of the area was made following three criteria: 1- Rarity of the taxon; 2- Representation and complementarity of sampled points; 3- Connectivity. The selected area includes stretches of river with different hydrological characteristics, which are reflected in the different compositional characteristics of the biota. The priority area for conservation proposed in this paper includes three watersheds: the rivers São Bartolomeu, Corrente and São Mateus. The indicated area is not currently protected by federal or state units of conservation and also this region suffer current expansion of anthropic activities. The information resulted from this study can serve as support for a more efficient management of the conservation of the aquatic biota of the Paranã River.pt_BR
dc.description.sponsorshipUFGpt_BR
dc.language.isoporpt_BR
dc.publisherVera Lúcia Gomes Kleinpt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjectComplementaridadept_BR
dc.subjectRaridadept_BR
dc.subjectConectividadept_BR
dc.subjectInvertebrados aquáticospt_BR
dc.subjectAvaliação rápidapt_BR
dc.subjectRaritypt_BR
dc.subjectComplementaritypt_BR
dc.subjectConnectivitypt_BR
dc.subjectAquatic invertebratespt_BR
dc.subjectFast evaluationpt_BR
dc.titleO Vão do Paranã (GO) como área chave para conservação de macroinvertebrados bentônicospt_BR
dc.typeArtigopt_BR
dc.description.resumoFoi feita uma indicação de área prioritária para conservação da biota de invertebrados aquáticos na bacia hidrográfica do rio Paranã-GO, utilizando a comunidade de macroinvertebrados bentônicos como ferramenta de bioindicação. Os invertebrados foram coletados pela metodologia de avaliação rápida, utilizando redes manuais de abertura de malha de 2 mm durante 15 minutos de coleta ativa, em ambientes de correnteza com substrato pedregoso. A escolha da área foi feita seguindo três critérios: 1- Raridade do táxon; 2- Representatividade e complementaridade dos pontos amostrados e 3- Conectividade. A área selecionada inclui trechos de rio com diferentes características hidrológicas, que refletem as diferentes características de composição da biota. A área prioritária para conservação proposta neste trabalho inclui três microbacias: as dos rios São Bartolomeu, Corrente e São Mateus. A área indicada é uma região de expansão de atividades antrópicas e não está atualmente protegida por unidades de conservação federais ou estaduais. As informações geradas nesse trabalho podem subsidiar uma gestão mais eficiente para a conservação da biota aquática da bacia do rio Paranã.pt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.initialsUFGpt_BR
dc.identifier.doi10.5216/rbn.v9i1.17176-
dc.publisher.departmentInstituto de Ciências Biológicas - (ICB)pt_BR
Aparece nas coleções:ICB - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Silvia Leitão Dutra - 2012.pdf332,55 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons