Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/19490
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.creatorBorges, Lorena Araújo de Oliveira-
dc.creatorCouto, Elza Kioko Nakayama Nenoki do-
dc.date.accessioned2021-05-17T13:29:38Z-
dc.date.available2021-05-17T13:29:38Z-
dc.date.issued2014-07-
dc.identifier.citationBORGES, Lorena Araújo de Oliveira; COUTO, Elza Kioko Nakayama Nenoki do. (Quase) livres: a constituição dos sujeitos nas escolas pioneiras. Revista Panorâmica, Barra do Garças, v. 16, p. 76-95, jan./jun. 2014.pt_BR
dc.identifier.issn2238-9210-
dc.identifier.urihttp://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/19490-
dc.description.abstractThis article aims to analyze how the subject is objectified and subjectivizing through the media. Using the key concepts of discourse analysis, we briefly discuss the notions of language, text and discourse. In light of these concepts, we analised the report Nessa escola, aluno pode (quase) tudo, published in the magazine Nova Escola, in April 2011. The report portrays the 90 years of Summerhill, one of the first democratic institutions in the world, founded in 1921, in Scotland. In this analysis, it’s possible to understand how schools that are beyond the standard established by the dominant pedagogical knowledge are portrayed to the a public formed mainly by teachers. Using the genealogy methodological, tool proposed by Foucault, we aim to illuminate how the subject-positions analyzed here exercise the power and how it contributes to the constitution of the subjects in question.pt_BR
dc.language.isoporpt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.rights.urihttp://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/*
dc.subjectDiscourse analysispt_BR
dc.subjectAnálise do discursopt_BR
dc.subjectSubjectpt_BR
dc.subjectMediapt_BR
dc.subjectSujeitopt_BR
dc.subjectMídiapt_BR
dc.title(Quase) livres: a constituição dos sujeitos nas escolas pioneiraspt_BR
dc.title.alternative(Almost) free: the constitution of subjects in the pioneer schoolspt_BR
dc.typeArtigopt_BR
dc.description.resumoEste artigo tem por objetivo analisar de que forma o sujeito é objetivado e subjetivado por meio da mídia. Utilizando-se dos principais conceitos da Análise do Discurso, fez-se uma breve discussão sobre as noções de língua, texto e discurso. À luz desses conceitos, anaslisou-se a reportagem Nessa escola, aluno pode (quase) tudo, publicada na revista Nova Escola, em abril de 2011. A matéria retrata os 90 anos de Summerhill, uma das primeiras instituições democráticas do mundo, fundada em 1921, na Escócia. A partir dessa análise, é possível perceber de que forma as escolas que fogem ao padrão instituído pelo conhecimento pedagógico dominante são retratadas para o público, formado, majoritariamente, por professores. Utilizando da genealogia, ferramenta metodológica proposta por Foucault, o objetivo era esclarecer de que forma as posições-sujeito analisadas exercem o poder e como isso contribui para a constituição dos sujeitos em questão.pt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.departmentFaculdade de Letras - FL (RG)pt_BR
Aparece nas coleções:FL - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Lorena Araújo de Oliveira Borges - 2014.pdf426,27 kBAdobe PDFBaixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons