Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/437
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.creatorNascimento, Isabel Alves do-
dc.date.accessioned2013-06-10T04:05:54Z-
dc.date.available2013-06-10T04:05:54Z-
dc.date.issued2013-06-10-
dc.identifier.citationNASCIMENTO, Isabel Alves do. Efeito do benefício fiscal na avaliação de empresas no Brasil: uma abordagem qualitativa e quantitativa dos laudos de oferta pública de aquisição de ações. 2011. 73 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação) – Faculdade de Administração, Ciências Contábeis e Economia, Universidade Federal de Goiás, Goiânia, 2011.pt_BR
dc.identifier.urihttp://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/437-
dc.description.abstractA avaliação é um processo pelo qual diversas empresas estão sujeitas a passar. Apesar de existirem vários métodos para esta mensuração, o Fluxo de Caixa Descontado – FCD é o mais utilizado pelos avaliadores e o mais discutido pelos pesquisadores. A alíquota de imposto de renda e contribuição social- IR/CS utilizada na projeção do FCD e nas taxas de desconto possui uma grande importância para a obtenção do valor da empresa. A discussão que permeia essa variável é a premissa a ser assumida de utilizar a taxa de IR/CS efetiva ou marginal. O benefício fiscal que uma companhia possui por pagar juros de empréstimos e financiamentos influencia o valor da empresa e a sua mensuração depende da alíquota de IR/CS escolhida pelo avaliador. Esta pesquisa tem o objetivo central de verificar se no Brasil existe aderência, qualitativa e quantitativa, entre a academia e as práticas do mercado no processo de estimação das taxas de Imposto de Renda e Contribuição Social sobre o Lucro Líquido e se as projeções praticadas estão aderentes ao realizado. A metodologia utilizada neste estudo foi a bibliográfica e documental e a pesquisa pode ser considerada como exploratório-descritiva, através de análise de conteúdo e do teste de média (teste de Wilcoxon). A amostra foi composta por sessenta e seis laudos que utilizaram o FCD como método de avaliação e, concomitantemente, evidenciaram a taxa de IR usada na avaliação. Através do primeiro teste, a hipótese levantada foi rejeitada para as variáveis Demonstração do Resultado do Exercício e Fluxo de Caixa Descontado, o que leva a concluir a não aderência entre a teoria e a prática de mercado. Contudo, a hipótese não foi rejeitada para as variáveis custo de capital de terceiros e beta, o que evidencia aderência. A hipótese de igualdade das médias não foi rejeitada pela aplicação do segundo teste, o que nos leva a inferir a aderência entre as alíquotas de IR/CS projetadas e as realizadas.pt_BR
dc.subjectAvaliação de empresaspt_BR
dc.subjectFluxo de caixa descontadopt_BR
dc.subjectTaxa de IR/CSpt_BR
dc.titleEfeito do benefício fiscal na avaliação de empresas no Brasil: uma abordagem qualitativa e quantitativa dos laudos de oferta pública de aquisição de açõespt_BR
dc.typeOtherpt_BR
Aparece nas coleções:FACE - Trabalhos de Conclusão de Curso

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Isabel Alves do Nascimento.pdf746,78 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.