Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tde/1872
Tipo do documento: Dissertação
Título: Trajetórias Socioespaciais da Juventude Metropolitana e a Construção da Corporeidade: O Exemplo do Colégio Estadual Genesco Ferreira Bretas, na Região Noroeste de Goiânia
Título(s) alternativo(s): Trajectories of Socio-metropolitan youth and the construction of embodiment: the example of state college professor. Genesco Bretas in northwest of Goiânia
Autor: FILEMON, Orley Olavo
Currículo Lattes do Autor: http://lattes.cnpq.br/1906268385763602
Primeiro orientador: CHAVEIRO, Eguimar Felício
Currículo Lattes do primeiro orientador: http://lattes.cnpq.br/9540141505352914
Resumo: O presente trabalho objetiva demonstrar que há uma ligação indissociável entre corporeidade e espaço. A leitura integrada coloca o corpo como uma mediação de todas as esferas, desde as naturais, passando pelas sociais até as emocionais. Usou-se como procedimento metodológico componentes qualitativos especialmente a partir da noção de trajetórias socioespaciais dos jovens da periferia metropolitana de Goiânia. O pressuposto teórico que embasa o trabalho é: o espaço marca a trajetória de vida dos jovens e os jovens marcam e representam esse espaço com suas vidas. Destaca-se que a população jovem no Brasil se distribuiu em vários contextos sociais, formando assim o que se pode denominar Juventudes , termo que justifica as mais variadas condições socioculturais presentes nos grupos. Pelas profundas trajetórias socioespaciais vividas n periferia proletária da metrópole é que os jovens constroem a sua corporeidade. Problematizou-se o seguinte: quais as influências que os jovens sofrem do espaço metropolitano a partir da periferia proletária? Como o jovem, a partir de sua cultura, apropria-se da escola e a transforma num lugar de sua vida? A escolha do Colégio Genesco Ferreira Bretas justifica-se pelo fato de que ele é referência para os jovens da região configurando-se como o local de maior concentração de jovens. Os jovens pertencentes ao segmento delimitado têm uma trajetória de vida marcada pela segregação socioeconômica e condições precárias de vida. Ao verificar os conflitos da juventude atual descobriu-se também potencialidades criadoras e criativas, bem como resistências e insurgências pelas quais estabelecem relações do seu corpo com o mundo mediado pelo espaço.
Abstract: This paper aims to demonstrate that there is an inextricable link between corporeality and space. The integrated reading puts the body as a mediation of all levels, from natural, through the social to the emotional. It is used as a methodological procedure, qualitative components especially from the notion of social spatial trajectories of young people in metropolitan outskirts of Goiania. The theoretical assumption that underlies the work is: the space marks the trajectory of youth and young brand and represents this space with their lives. It is noteworthy that young people in Brazil are distributed in various social contexts, thus forming what might be called "Youth ", a term which explains the various socio-cultural conditions present in groups. By profound socio-spatial trajectories proletarian lived on the outskirts of the metropolis is that young people construct their corporeality. The problem we are following is: What are the influences that young people experience on the metropolitan area from the periphery proletarian? As the young from their culture appropriates and transforms the school into a place of their lives? The choice of the College Genesco Ferreira Bretas is justified by the fact that it is a reference to the youth of the region taking shape as the site of highest concentration of young people. Youths belonging to the segment have a limited life course marked by socioeconomic segregation and substandard living conditions. By checking the conflicts of today's youth is also found creative potential and creative as well as resistance and insurgency in which their body establish relations with the world mediated through space.
Palavras-chave: Trajetória Socioespacial
Corporeidade
Corpo
Metrópole
Juventude
trajectory sociospatial
corporeity
body
metropolis
youth
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::GEOGRAFIA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Universidade Federal de Goiás
Sigla da instituição: UFG
Departamento: Ciências Humanas
Programa: Mestrado em Geografia
Citação: FILEMON, Orley Olavo. Trajectories of Socio-metropolitan youth and the construction of embodiment: the example of state college professor. Genesco Bretas in northwest of Goiânia. 2011. 124 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Humanas) - Universidade Federal de Goiás, Goiânia, 2011.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tde/1872
Data de defesa: 28-Mai-2011
Aparece nas coleções:Mestrado em Geografia (IESA)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertacao Orley Olavo Filemon.pdf1,86 MBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.