Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tde/1921
Tipo do documento: Dissertação
Título: Giros e pousos, moradores e foliões: identidade territorial e mobilidade espacial na folia de reis da comunidade negra rural de Água Limpa, Faina, Goiás
Título(s) alternativo(s): Turns and landings, residents and revelers: territorial identity and spatial mobility folia of the kings of "black rural community" Clean Water, Faina, Goiás
Autor: LEITE, Antonio Ferreira
Currículo Lattes do Autor: http://lattes.cnpq.br/6599455212307156
Primeiro orientador: RATTS, Alecsandro José Prudêncio
Currículo Lattes do primeiro orientador: http://lattes.cnpq.br/0348844638764982
Resumo: Na história da formação identitária e cultural da população brasileira os diversos tipos de grupos étnicos, em especial os quilombolas, sempre tiveram participação na construção social do Brasil. Por outro lado, os mesmos sempre foram relegados a um plano secundário face às políticas vigentes. Em relação ao objeto de estudo onde foi desenvolvido a pesquisa, pode-se dizer que os(as) integrantes da comunidade negra rural Água Limpa constrói um território alternativo ligado a uma identidade territorial articulada em torno das matrizes culturais deixadas pelos seus ancestrais. O território agualimpense e a identidade do grupo é o resultado de compromissos de homens e mulheres que possibilita a afirmação individual e coletiva daqueles(as) que a compõem. Faz-se necessário dizer que a mobilidade espacial que têm provocado a saída de vários(as) moradores(as) que migram em direção às cidades nos últimos anos, não têm sido fator determinante para caracterizar um desapego às suas tradições e identidade cultural construídos na comunidade. Foi observado no decorrer da pesquisa que os hábitos desses indivíduos apesar de urbanos, não perdeu o vínculo com seu lugar de origem. Isso quer dizer que se mantêm uma identidade cultural que mesmo com as diversidades de usos e funções que as cidades apresentam seu modo de relacionamento humano e cultual consegue ter uma continuidade. Esta pesquisa objetiva-se contribuir para o atual debate a cerca da Geografia Cultural e principalmente das comunidades quilombolas, em especial Água Limpa, discutindo sua identidade cultural e territorial, verificando as novas necessidades de repensar o conceito de território quilombola e suas possibilidades de desenvolvimento para o bem estar de seus habitantes. As diferenças étnicas como riqueza da raça humana apresenta características que são reproduzidas pelo próprio grupo, ou seja, representam verdadeiros dispositivos identitários e culturais.
Abstract: In the identity and cultural history of the formation of Brazilian population the several kinds of ethnic group, in special the quilombolas, always had participation in the social construction of Brazil. On the other hand, the same ones always were put in a secondary plan up against current policies. In relation to the object of study where it was developed this research, it is all right that the members of the Rural Black community Água Limpa builds an alternative territory linked to an identity territory around cultural nuances left their ancestries. The Água Limpa territory and the identity of the group is the result of responsibility of men and women that make possible the individual and collective statement composed by those ones. It is necessary also to say that space motion that has caused by the exit of several residents that migrate toward cities last years, hasn t been a determinate factor to characterize a motion away their traditions and cultural identity built in the community. It was noticed along of this research that habits of these people despite to be in cities, they didn t lose the link with their birth place. It means they keep a cultural identity that even with the several uses and functions that the cities present their way of human and cultural relationship get to have a continuation. This research has the objective to contribute for the current debate about the Cultural Geography mainly of quilombolas communities specially the Água Limpa one, discussing its cultural and territory identity, checking the new needs to think again the meaning of quilombola territory and its possibilities of development for the well-being of its residents. The ethnic differences as richness of human race present characteristics that are reproduced by the own group, that is, depict true identity and cultural devices.
Palavras-chave: Comunidade Negra Rural
identidade
cultura
deslocamento
mobilidade espacial
Rural Black Community
identity
culture
movement
spatial mobility
1.Comunidade negra rural água Limpa (GO) 2. Identidade cultural 3. Mobilidade espacial
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::GEOGRAFIA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Universidade Federal de Goiás
Sigla da instituição: UFG
Departamento: Ciências Humanas
Programa: Mestrado em Geografia
Citação: LEITE, Antonio Ferreira. Turns and landings, residents and revelers: territorial identity and spatial mobility folia of the kings of "black rural community" Clean Water, Faina, Goiás. 2008. 125 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Humanas) - Universidade Federal de Goiás, Goiânia, 2008.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tde/1921
Data de defesa: 17-Out-2008
Aparece nas coleções:Mestrado em Geografia (IESA)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Antonio Ferreira Leite.pdf885,59 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.