Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/11508
Tipo do documento: Dissertação
Título: Os Pyhcop Cati ji, a necropolítica e os processos de resistência
Título(s) alternativo(s): The Pyhcop Cati ji, necropolitics and resistance processes
Autor: Pereira, Juliana Martins
Currículo Lattes do Autor: http://lattes.cnpq.br/0885623977463307
Primeiro orientador: Oliveira, Alessandro Roberto de
Currículo Lattes do primeiro orientador: http://lattes.cnpq.br/6777790842953400
Primeiro membro da banca: Oliveira, Alessandro Roberto de
Segundo membro da banca: Cardoso, Thiago Mota
Terceiro membro da banca: Dias, Luciana de Oliveira
Resumo: Essa etnografia foi elaborada a partir de uma experiência afetiva junto aos Pyhcop Cati ji que vivem no Território Indígena Governador, localizado na transamazônica maranhense. Tem como objetivo descrever as estratégias coloniais do Estado enquanto necropolíticas, que de forma administrativa incentivou uma ocupação não indígena local fomentando uma economia extrativista e pecuarista por meio de projetos desenvolvimentistas. Essa ocupação no entorno do território é marcada por conflitos e inimizades elaborados por uma retórica que situa os indígenas como inimigos da nação e do desenvolvimento, gerando um discurso de ódio e racismo contra estes. Desse modo, coloco em relação alguns conceitos que são desenvolvidos para pensar a instrumentalização da morte do Outro, aquele colocado em condição de alteridade máxima. Por fim, busco pensar a resistência destes indígenas frente ao avanço colonial sobre suas terras, segundo sua própria cosmologia, que tem como o ponto central o corpo. A ontologia política e o modo de existir e habitar o território são grandes potências de resistência que atravessam mais de quinhentos anos de genocídio reelaborando constantemente um modo de viver e de construir o corpo.
Abstract: This ethnography was elaborated from an affective experience with the Pyhcop Cati ji who live in the Indigenous Territory of Governador, located in the transamazonian region of Maranhão. Its objective is to describe the State's colonial strategies as necropolitical, which administratively encouraged a local non-indigenous occupation by fomenting an extractivist and cattle-ranching economy through the use of development projects. This occupation of the surrounding territory is marked by conflicts and enmities created by a rhetoric that situates the indigenous people as enemies of the nation and of development, generating a hate and racism speech against them. In this way, some concepts that are developed were discussed in order to reflect on the instrumentalization of the death of the Other, the one placed in a condition of maximum otherness. Finally, this work attempted to address the resistance of these indigenous people against the colonial advance over their lands, according to their own cosmology, which has the body as its central point. The political ontology and the way of existing and inhabiting the territory are great powers of resistance that cross more than five hundred years of genocide, preserving a way of living and building the body.
Palavras-chave: Pyhcop Cati ji
Necropolítica
Resistência
Afetividade
Transamazônica
Pyhcop Cati ji
Necropolitics
Resistance
Affectivity
Transamazonic
Área(s) do CNPq: CIENCIAS HUMANAS::ANTROPOLOGIA::ETNOLOGIA INDIGENA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal de Goiás
Sigla da instituição: UFG
Departamento: Faculdade de Ciências Sociais - FCS (RG)
Programa: Programa de Pós-graduação em Antropologia Social (FCS)
Citação: PEREIRA, J. M. Os Pyhcop Cati ji, a necropolítica e os processos de resistência. 2021. 120 f. Dissertação (Mestrado em Antropologia Social) - Universidade Federal de Goiás, Goiânia, 2021.
Tipo de acesso: Attribution-NonCommercial-NoDerivatives 4.0 International
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/11508
Data de defesa: 26-Fev-2021
Aparece nas coleções:Mestrado em Antropologia Social (FCS)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertação - Juliana Martins Pereira - 2021.pdf3,79 MBAdobe PDFBaixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons