Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/11913
Tipo do documento: Dissertação
Título: A expansão do espaço urbano em Goiânia: impactos socioambientais na região norte de Goiânia (2000-2019)
Título(s) alternativo(s): The expansion of urban space in Goiânia: social and environmental impacts in the north region of Goiânia (2000- 2019)
Autor: Marques, Roberta Silva
Currículo Lattes do Autor: http://lattes.cnpq.br/2060509458126882
Primeiro orientador: Barreira, Celene Cunha Monteiro Antunes
Currículo Lattes do primeiro orientador: http://lattes.cnpq.br/1038300875963340
Primeiro coorientador: Sousa, Silvio Braz de
Currículo Lattes do primeiro coorientador: http://lattes.cnpq.br/5542860613403348
Primeiro membro da banca: Oliveira, Ivanilton José de
Segundo membro da banca: Morais, Hugo Arruda de
Terceiro membro da banca: Barreira, Celene Cunha Monteiro Antunes
Resumo: A Região Norte de Goiânia (RNG) iniciou o processo de expansão urbana em 1951, e configura se atualmente (2021), como a região que ainda possui grandes extensões de terras rurais, áreas de conhecida fragilidade ambiental e essenciais para proteção dos recursos hídricos. A localização da RNG apresenta condicionantes para a expansão da mancha urbana, como os três principais cursos d’água que abastecem Goiânia e Região Metropolitana, unidades de conservação, uma Área de Preservação Permanente (APP) e o Sistema Produtor Mauro Borges. Esta pesquisa, em nível mestrado, tem como objetivo principal compreender a configuração espacial resultante da expansão urbana ocorrida na Região Norte de Goiânia no período de 2000 a 2019 e suas especificidades quanto aos impactos socioambientais. Para satisfazer o objetivo, a metodologia se sustentou em quatro eixos: 1) Periodização da aprovação de loteamentos para a RNG no banco de dados da Secretária de Planejamento Habitacional e Urbano (SEPLAH); 2) Realização de uma análise multitemporal de uso e cobertura da terra para a RNG por meio de dados da série Landsat e imagens do Satélite Sentinel 2B (2000, 2010 e 2019); 3) Verificação das áreas de risco identificadas pela Defesa Civil (2020) e seus impactos socioambientais; 4) Execução da projeção do crescimento populacional urbano e estimativa da expansão urbana na RNG para 2020, 2030 e 2040. Os resultados levantados, mostram que entre 2000 e 2019 houve um número significativo de aprovação de novos loteamentos na RNG. Por sua vez, e corroborando com isso, o mapeamento do uso e cobertura da terra registrou uma expansão da mancha urbana de 40% (18,63 km²), neste mesmo período, registrou-se a perda de quase 27% da cobertura vegetal (14,6 km²). Os trabalhos em campo identificaram uma diversidade de formas de ocupação urbana, retratando a desigualdade social e o diferente acesso à terra, registrando-se moradias em áreas impróprias para ocupação urbana, o que configura em alguns locais a justificada classificação como área de risco e a condição insalubre destas moradias. Foi estimado uma demanda de 29,4 km² para o crescimento urbano da RNG até o ano de 2040, foi constatado também que 100,5 km², ou seja 46% da RNG são terras passíveis de expansão urbana, o que possibilita a configuração da RNG como a maior detentora de terras para expansão urbana do município.
Abstract: The North Region of Goiânia (NRG) began the urban expansion process in 1951, and is currently configured (2021), as the region that still has large tracts of rural land, reconciling environmental fragility and the need to protect water resources. The location of the NRG presents conditions for the expansion of the urban spot, such as the three main waterways that supply Goiânia and the Metropolitan Region, conservation units, a Permanent Preservation Area (PPA) and the Mauro Borges Producer System. This research, at master level, has as its main objective to understand the spatial configuration resulting from the urban expansion that occurred in the North Region of Goiânia in the period from 2000 to 2019 and its specificities regarding the socio-environmental impacts. To meet the objective, the methodology was supported in four axes: 1) Periodization of the approval of allotments for the NRG in the database of the Secretary of Housing and Urban Planning (SEPLAH); 2) Conducting a multi-time analysis of land use and coverage for the NRG using Landsat series data and Sentinel 2B satellite images (2000, 2010 and 2019); 3) Verification of risk areas identified by Civil Defense (2020) and its socio-environmental impacts; 4) Execution of the urban population growth projection and Estimated urban expansion in the NRG for 2020, 2030 and 2040. The results show that between 2000 and 2019 there was a significant number of approvals of new allotments in the NRG. In turn, and corroborating this, the mapping of land use and land cover registered an expansion of the urban area of 40% (18.63 km²). In this same period, the loss of almost 27% of the vegetation cover (14.6 km²) was registered. The field work identified a diversity of forms of urban occupation, portraying social inequality and different access to land, registering dwellings in areas unfit for urban occupation, which constitutes in some places the justified classification as risk area and the unhealthy condition of these dwellings. A demand of 29.4 km² was estimated for the urban growth of the RNG until the year 2040, It was also found that 100.5km², that is, 46% of the land in the NRG is liable to urban expansion, which enables the configuration of the NRG as the largest holder of land for urban expansion in the township.
Palavras-chave: Urbanização
Plano diretor
Cobertura e uso da terra
Recursos hídricos
Urbanization
Master plan
Coverage and land use
Water resources
Área(s) do CNPq: CIENCIAS HUMANAS::GEOGRAFIA::GEOGRAFIA REGIONAL
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal de Goiás
Sigla da instituição: UFG
Departamento: Instituto de Estudos Socioambientais - IESA (RG)
Programa: Programa de Pós-graduação em Geografia (IESA)
Citação: MARQUES, R. S. A expansão do espaço urbano em Goiânia: impactos socioambientais na região norte de Goiânia (2000-2019). 2021. 92 f. Dissertação (Mestrado em Geografia) - Universidade Federal de Goiás, Goiânia, 2021.
Tipo de acesso: Attribution-NonCommercial-NoDerivatives 4.0 International
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/11913
Data de defesa: 30-Nov-2021
Aparece nas coleções:Mestrado em Geografia (IESA)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertação - Roberta Silva Marques - 2021.pdf6,08 MBAdobe PDFBaixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons