Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/3751
Tipo do documento: Dissertação
Título: Os franciscanos e o poder régio em Portugal no século XV: a oficialização da assistência no reinado de D. João II (1438-1445)
Título(s) alternativo(s): The franciscans and the royal power in Portugal in the 15th century: the oficialization of the assistance in the reign of D. João II (1438-1445)
Autor: Brandão, João Bosco Ferreira
Currículo Lattes do Autor: http://lattes.cnpq.br/0714315145010354
Primeiro orientador: Souza, Armênia Maria de
Currículo Lattes do primeiro orientador: http://lattes.cnpq.br/9441339482614419
Primeiro membro da banca: Souza, Armênia Maria de
Segundo membro da banca: Berriel, Marcelo Santiago
Terceiro membro da banca: Nascimento, Renata Cristina de Sousa
Quarto membro da banca: Vidotte, Adriana
Resumo: A intenção da presente dissertação é expor as relações político-caritativas existentes entre a Ordem Franciscana e D. João II (1481-1495). O campo geográfico de análise é Portugal com um recorte temporal que nos leva ao final do século XV. Analisamos fontes documentais hagiográficas e laicas, além de uma bibliografia específica na busca pelo esclarecimento do objetivo proposto. Constatamos em nossa pesquisa que as relações entre os franciscanos e os reis portugueses datam de sua chegada em Portugal durante o reinado de D. Afonso II (1211-1223). Com o tempo os laços entre a monarquia lusitana e os frades menores tornaram-se mais estreitos e os últimos passaram a frequentar a Corte com mais desenvoltura do que as outras Ordens presentes em Portugal. Dentro do contexto de desenvolvimento urbano e aumento da população empobrecida na Península os franciscanos tornaram-se uma referência de assistência e caridade. Apoiados em um sistema de Misericórdias que envolvia hospitais, gafarias, albergues e confrarias a Ordem Franciscana se expandiu realizando trabalhos que serviam como fator lenitivo para a pressão exercida pela conflagrada disparidade econômica. Por causa de seu modus vivendi, os menores foram elo entre o sagrado e o profano, já que viam na caridade, uma ocasião de alcançar a salvação. Além do carisma e da intelectualização de seus membros, a espiritualidade mendicante que propunha um cuidado individualizado com o próximo se identificou com as necessidades impostas pelo contexto histórico do fim do medievo lusitano. Com D. João II, os franciscanos tiveram a chance de atingir novos patamares dentro do panorama político ao ponto de estarem presentes na feitura de testamentos régios. Acreditamos que a importante decisão do príncipe perfeito de oficializar a assistência através da construção do Hospital Real de Todos os Santos esteve embasada em sua experiência com as práticas caritativas mendicantes, já que as estas fizeram parte de sua vida desde tenra idade. Este hospital foi um marco no reinado de D. João II e um indício do novo paradigma administrativo que seria assumido pelos governantes nos séculos seguintes.
Abstract: The intention of this research is to expose the political and assistencialist relations that occurred between the Franciscan Order and the king of Portugal D. João II (1481-1495). The geographic field of analysis is Portugal. The period of time is the fifteenth century. We used hagiographic and laic sources and a specific bibliography to help us understand the goal proposed above. We positively established that the relations between Franciscans and the Portuguese kings started when the friars arrived in Portugal during D. Afonso II’s reign (1211-1223). After a short period of time the Portuguese monarchy and the friars became closer and the Franciscans began to enjoy a better position than the other Mendicant Orders inside the Court. The social and economic context of the period shows the increase of poverty and the development of the cities. On this scenario the Franciscans became a reference on the treatment of the poor with their assistencialism and charity work. Supported by the Misericórdias system that involved hospitals, gafarias, asylums and fraternal groups the Franciscan Order expanded and helped beggars and indigents. This assistance aided to mitigate the pressure created by the poverty and the social and economic differences. The friars served as links between the sacred and profane because of their way of living. Their charity practice served as a manner to reach eternal salvations. The individualized aspects of their religious practice and their charisma and knowledge identified the Franciscans with the needs and the historical context of the Portuguese medieval society. In D. João II’s reign the Friars Minor had the chance to reach new levels of political influence. During the production of royal testaments, the king had a Franciscan by his side. We believe that the important decision to officialize the assistance through the Hospital Real de Todos os Santos’ construction by the perfect prince was related to the experience that the king had with the mendicant practices since his childhood. This hospital was an important move and the beginning of a new paradigm that would be followed by the rulers in the next centuries.
Palavras-chave: Franciscanos
D. João II
Portugal
Franciscans
Assistance
D. João II
Área(s) do CNPq: CIENCIAS HUMANAS::HISTORIA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal de Goiás
Sigla da instituição: UFG
Departamento: Faculdade de História - FH (RG)
Programa: Programa de Pós-graduação em História (FH)
Citação: BRANDÃO, João Bosco Ferreira. Os franciscanos e o poder régio em Portugal no século XV: a oficialização da assistência no reinado de D. João II. 2013. 169 f. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal de Goiás, Goiânia, 2013.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/3751
Data de defesa: 12-Abr-2013
Aparece nas coleções:Mestrado em História (FH)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertação - João Bosco Ferreira Brandão - 2013.pdf1,38 MBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons