Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/4202
Tipo do documento: Tese
Título: O sindicalismo rural em Goiás e a FETAEG: das origens ao fim da oposição sindical (1963-1992)
Título(s) alternativo(s): The rural unionism in Goiás and the Fetaeg: origins of the end of the union opposition (1963-1992)
Autor: Silva, José Santana da
Currículo Lattes do Autor: http://lattes.cnpq.br/4157172547910731
Primeiro orientador: Menezes, Marcos Antônio de
Currículo Lattes do primeiro orientador: http://lattes.cnpq.br/5906542748941462
Primeiro membro da banca: Menezes, Marcos Antônio de
Segundo membro da banca: Maciel, Dulce Portilho
Terceiro membro da banca: Viana, Nildo Silva
Quarto membro da banca: Maia, Cláudio Lopes
Quinto membro da banca: Saddi, Rafael
Resumo: A presente tese consiste numa história da organização sindical dos trabalhadores na agricultura no estado de Goiás, entre 1963 e 1992, isto é, da fundação dos primeiros sindicatos à extinção da Oposição Sindical dos Trabalhadores Rurais. O ponto de partida é a origem dos sindicatos na história das sociedades modernas, criados pela classe operária para combater a exploração da sua força de trabalho. A seguir, são apresentadas as definições dos conceitos de burocracia, enquanto classe social, relações burocráticas e burocratização, tendo como referências fundamentais as formulações de Marx, Viana e Tragtenberg. As contribuições de Weber e de Lefort são referências secundárias. Na caracterização da burocratização dos sindicatos, as análises de Luxemburgo e de Pannekoek são basilares. A reconstituição do processo de burocratização da organização sindical no Brasil é feita com base em trabalhos de autores nacionais e na análise da legislação sindical. A explanação teórica e histórica é realizada no primeiro capítulo. O segundo é dedicado ao surgimento do sindicalismo rural no estado de Goiás. No terceiro e no quarto é abordada a história da Federação dos Trabalhadores na Agricultura no Estado de Goiás – FETAEG –, incluindo a relação com a Oposição Sindical e com as lutas dos camponeses e assalariados agrícolas. Além das fontes bibliográficas, foram utilizadas fontes jornalísticas, documentos oficiais do Ministério do Trabalho, do governo estadual, dos sindicatos de trabalhadores rurais e da FETAEG. Alguns depoimentos orais foram usados em caráter complementar.
Abstract: This thesis is a history of union organization of workers in agriculture in the state of Goiás, between 1963 and 1992, that is, the foundation of the first unions to extinction of Rural Workers Trade Union Opposition. The starting point is the origin of the unions in the history of modern societies, created by the working class to combat the exploitation of its workforce. The Following are the definitions of bureaucracy, while social class relations and bureaucratic red tape, with the fundamental references formulations of Marx, Viana and Tragtenberg. The contributions of Weber and Lefort are secondary references. In characterizing the bureaucratization of unions, the analyzes of Luxembourg and Pannekoek are basic. Reconstitution of the bureaucratization of the union organization process in Brazil is based on works of national authors and analysis of trade union legislation. The theoretical and historical explanation is performed in the first chapter. The second is devoted to the emergence of rural unionism in the state of Goiás In the third and fourth story is addressed to the Federation of Agricultural Workers in the State of Goiás – Fetaeg – including the relationship with the Trade Union Opposition and the struggles of peasants and agricultural workers. In addition to bibliographical sources, journalistic sources, official documents of the Ministry of Labor, the state government, the unions of rural workers and Fetaeg were used. Some oral testimonies were used in a complementary manner.
Palavras-chave: Sindicatos
Burocracia sindical
STR
FETAEG
Unions
Union bureaucracy
Área(s) do CNPq: CIENCIAS HUMANAS::HISTORIA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal de Goiás
Sigla da instituição: UFG
Departamento: Faculdade de História - FH (RG)
Programa: Programa de Pós-graduação em Historia (FH)
Citação: SILVA, J. S. O sindicalismo rural em Goiás e a FETAEG: das origens ao fim da oposição sindical (1963-1992). 2014. 314 f. Tese (Doutorado em História) - Universidade Federal de Goiás, Goiânia, 2014.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/4202
Data de defesa: 30-Out-2014
Aparece nas coleções:Doutorado em História (FH)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Tese - José Santana da Silva - 2014.pdf2 MBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons