Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/4607
Tipo do documento: Dissertação
Título: A imaginação melodramática no Jornal Nacional
Título(s) alternativo(s): The melodramatic imagination in Jornal Nacional
Autor: Boldrin, Mariana Martins
Primeiro orientador: Nogueira, Lisandro Magalhães
Currículo Lattes do primeiro orientador: http://lattes.cnpq.br/6994570742767643
Primeiro membro da banca: Nogueira, Lisandro Magalhães
Segundo membro da banca: Camargo, Robson Corrêa de
Terceiro membro da banca: Christino, Daniel
Resumo: Este trabalho propõe discutir de que forma a imaginação melodramática se manifesta na cobertura jornalística do que se convencionou chamar de “tragédia na Boate Kiss”. Busca-se levantar, nas reportagens do Jornal Nacional, o uso, por parte do telejornalismo, de recursos do melodrama, para entender a princípio o motivo dessa união e sob quais aspectos ela se dá. Em seguida, pretende-se problematizar como é construída a informação no Jornal Nacional e como o jornalista conta suas histórias. O objetivo é refletir sobre as consequências dessa união, que dá um destaque maior ao conteúdo ao invés da forma (linguagem), já que qualquer fato pode se tornar importante e interessante quando recursos melodramáticos são incorporados às reportagens. Para realizar este estudo será levantada a cobertura realizada pelo Jornal Nacional sobre o incêndio na Boate Kiss que levou à morte 242 pessoas, a maioria jovens universitários, e feriu outras 116 na cidade de Santa Maria, no Rio Grande do Sul. Tendo este material, realiza-se uma seleção das reportagens que melhor representam o tipo de cobertura feita. As matérias serão analisadas à luz da teoria do cinema de estrutura clássica, com o propósito de identificar elementos melodramáticos na construção da narrativa jornalística, constituída para conquistar o espectador pela identificação, pelas sensações, pelo conteúdo raso e pela pedagogia moralizante. Com isso, pretende-se problematizar o jornalismo e responder se hoje o que se tem na televisão ainda é jornalismo, considerando os critérios de pertencimento ao gênero, ou se este se perdeu no sensacionalismo, baseado no suspense e na repetição.
Abstract: This work aims to discuss the manifestation of melodramatic imagination in the “Kiss nightclub tragedy” press coverage. By analyzing Jornal Nacional television reports, the use of melodramatic resources is investigated to initially understand the reasons of this union and based in which aspects it happened. After that, the intention is to problematize how Jornal Nacional information is built and how journalists tell their stories. The aim is to reflect on the consequences of this union, that highlights content over form (language), once any fact can become important and interesting when melodramatic resources are incorporated to the reports. In order to accomplish this study, Jornal Nacional press coverage of Kiss nightclub fire, that killed 242 people, mostly young university students, and hurt another 116 in Santa Maria, Rio Grande do Sul will be analyzed. After gathering this material a selection of reports that best represent this kind of coverage will be carried out. Reports will be analyzed based on classical film structure theory to identify melodramatic elements in journalistic narrative construction, built to seek audience through identification, sensations, shallow content and moralizing pedagogy. By that, the intention is to problematize journalism and to answer if what we have in television nowadays still is journalism, considering genre criteria, or if it got lost in suspense and repetition sensationalism.
Palavras-chave: Telejornalismo
Melodrama
Jornal Nacional
Boate Kiss
Telejournalism
Melodrama
Jornal Nacional
Kiss nightclub
Área(s) do CNPq: COMUNICACAO::RADIO E TELEVISAO
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal de Goiás
Sigla da instituição: UFG
Departamento: Faculdade de Informação e Comunicação - FIC (RG)
Programa: Programa de Pós-graduação em Comunicação (FIC)
Citação: BOLDRIN, M. M. A imaginação melodramática no Jornal Nacional. 2015. 118 f. Dissertação (Mestrado em Comunicação) - Universidade Federal de Goiás, Goiânia, 2015.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/4607
Data de defesa: 6-Abr-2015
Aparece nas coleções:Mestrado em Comunicação (FIC)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertação - Mariana Martins Boldrin - 2015.pdf2,08 MBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons