Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/5242
Tipo do documento: Tese
Título: Em busca da unidade: as relações entre o imperium e a Gália no mundo romano tardio (284-305 d.C.)
Título(s) alternativo(s): Looking for the unity: the relationship between the imperium and Gaul in the Later Roman Empire (284-305 d.C.)
Autor: Franchi, Ana Paula
Currículo Lattes do Autor: http://lattes.cnpq.br/0826295506397789
Primeiro orientador: Gonçalves, Ana Teresa Marques
Currículo Lattes do primeiro orientador: http://lattes.cnpq.br/7049736226460820
Primeiro membro da banca: Gonçalves, Ana Teresa Marques
Segundo membro da banca: Santos, Dominique Vieira Coelho dos
Terceiro membro da banca: Santos, Dulce Oliveira Amarante dos
Quarto membro da banca: Omena, Luciane Munhoz de
Quinto membro da banca: Carvalho, Margarida Maria de
Resumo: Ao direcionarmos nosso olhar para o mundo romano do final do século III d.C., verificamos um movimento interessante acerca estrutura política imperial. Foi a partir deste período que se intensificaram as guerras civis e as usurpações do poder e, ao mesmo tempo, que se estabeleceram uma série de transformações, englobando desde reformas administrativas, até a redefinição teórico-ideológica do poder imperial com a instauração do Dominato. O governo do Imperador Diocleciano foi um dos marcos deste processo, principalmente porque este soberano conseguiu empreender reformas de princípios autocráticos concernentes à administração, fiscalização e questão militar. Em tal contexto, a legitimação do soberano era um eixo importante para a manutenção da unidade. Este trabalho propõe analisar as relações de poder que movimentaram a política imperial durante a consolidação da Tetrarquia (284-305 d.C.), bem como os vínculos que se estabeleciam entre o governo imperial e as províncias, com foco no processo de legitimação do poder. Para tal, selecionamos como fonte os discursos panegirísticos produzidos no século III d.C., de autoria de Mamertino, Eumênio e anônima, o Breviarium Historiæ Romanæ, de autoria de Eutrópio, e Liber de Caesaribus, de Aurélio Victor, produzidos no século IV d.C. Mesmo que tais obras não tenham o objetivo de discutir sobre as relações de integração, ao promover um elogio ao Imperador, no caso dos panegíricos, e uma narrativa sobre a história do Império, no caso dos breviários, o autor é impelido a tratar estes elementos da sociedade e da política imperial, o que acaba por desvelar estas relações. Ao abordar a formação da Tetrarquia sob a ótica dos panegiristas e breviaristas, procura-se identificar o procedimento de estruturação desta forma de organização política. Para além da formulação de uma imagem idealizada dos governantes, a construção da legitimação dos soberanos que estavam à frente deste processo de reorganização era parte constituinte da construção de uma unidade imperial no século III d.C.
Abstract: When focusing our vision of the Roman world the end of the third century AD, we find an interesting move about imperial political structure. It was from this period that intensified civil wars and usurpations of power and at the same time, we settled a series of transformations, covering from administrative reforms, to the ideological theoretical redefinition of imperial power with the introduction of Dominato. The Emperor Diocletian government was one of the landmarks of this process, mainly because this sovereign could undertake reforms of autocratic principles concerning the administration, supervision and military subject. In this context, the legitimacy of the ruler was an important hub for maintaining unity. This work aims to analyze the relations of power that moved the imperial policy during the consolidation of the Tetrarchy (284-305 AD), and the links that were established between the imperial government and the provinces, focusing on the power of legitimation process. For such, we selected as the source panegyirícs discourses produced in the third century AD, authored Mamertino, Eumênio and anonymous, the Breviarium Historiæ Romanae of Eutropius, and Liber de Caesaribus of Aurelius Victor, produced in the fourth century AD. Even if such works do not on purpose of discuss the relations of integration by promoting a praise to the Emperor, in the case of panegyrics, and a narrative about the history of the Empire, in the case of breviaries, the author is compelled to treat these elements society and the imperial politics, which ultimately reveal these relations. When approaching the formation of the Tetrarchy from the perspective of panegyrists and breviarists, attempt to identify the structure of the procedures in this form of political organization. In addition to the formulation of an idealized image of the rulers, the construction of the legitimacy of sovereigns who were in charge of this reorganization was a constituent part of building an imperial unit in the third century AD.
Palavras-chave: Tetrarquia
Imperium
Gália
Tetrarchy
Imperium
Gaul
Área(s) do CNPq: CIENCIAS HUMANAS::HISTORIA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal de Goiás
Sigla da instituição: UFG
Departamento: Faculdade de História - FH (RG)
Programa: Programa de Pós-graduação em Historia (FH)
Citação: FRANCHI, Ana Paula. Em busca da unidade: as relações entre o imperium e a Gália no mundo romano tardio (284-305 d.C.). 2015. 202 f. Tese (Doutorado em Historia) - Universidade Federal de Goiás, Goiânia, 2015.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/5242
Data de defesa: 3-Jun-2015
Aparece nas coleções:Doutorado em História (FH)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Tese - Ana Paula Franchi - 2015.pdf1,47 MBAdobe PDFBaixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons