Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/7605
Tipo do documento: Dissertação
Título: Comunicação em sociedades cercadas: a formação de microesferas públicas críticas a partir das mediações comunicativas em Angola
Título(s) alternativo(s): Communication in fenced societies: the formation of critical public microspheres based on communicative mediation in Angola
Autor: Muchingeca, Abdul Pedro Manuel
Currículo Lattes do Autor: http://lattes.cnpq.br/9666992319712718
Primeiro orientador: Freitas, Luiz Antônio Signates
Currículo Lattes do primeiro orientador: http://lattes.cnpq.br/0464596762919932
Primeiro membro da banca: Freitas, Luiz Antônio Signates
Segundo membro da banca: Silva, Magno Luiz Medeiros da
Terceiro membro da banca: Maia, Juarez Ferraz de
Resumo: O presente esforço teórico-reflexivo e empírico enquadra-se no contexto dos estudos de recepção midiática e objetiva compreender o cenário político-midiático angolano sob a perspectiva do sujeito-receptor amparados pelo conceito habermasiano de esfera pública. Esta dissertação buscou sair de uma visão de um receptor pressuposto, conjecturando possíveis interpretações para os produtos midiáticos, escutando os receptores reais e conhecendo a verdadeira apropriação/posicionamento. A hipótese central é a de que as famílias angolanas têm a partir do Telejornal (principal serviço noticioso do país) um diagnóstico real e crítico da situação que vivem mas não conseguem chegar a uma conclusão libertária. Para o suporte teórico-metodológico, contamos com aportes de Jurgen Habermas, Stuart Hall, Raymond Williams, Boaventura de Sousa Santos, Laurence Bardin, Ricardo Soares de Oliveira, Jesus Martin-Barbero e Nilda Jacks. O método de pesquisa empreendido é a Técnica de Mediação Familiar que envolve etnografia, recepção televisiva e Entrevista em profundidade. O principal resultado é que existe produção de sentido capaz de formação de esferas públicas críticas, porém, isso não ocorre devido a existência de cercas- a cerca partido-Estado e a cerca Cultural (patriarcal). É uma pesquisa empírica que foi realizada na cidade de Luanda -capital da República de Angola.
Abstract: The present theoretical-reflexive and empirical effort fits within the context of media reception studies and aims to understand the Angolan political-mediatic setting from the perspective of the subject-recipient supported by the Habermasian concept of the public sphere. This dissertation sought to move away from a view of a presumptive receiver, conjecturing possible interpretations for the media products, listening to the real receivers and knowing the true appropriation / positioning. The central hypothesis is that the Angolan families have a real and critical diagnosis of the surrounding situation from Telejornal (main news service of the country) but can not reach a libertarian conclusion. For the theoretical-methodological support, we have contributions from Jurgen Habermas, Stuart Hall, Raymond Williams, Boaventura de Sousa Santos, Laurence Bardin, Ricardo Soares de Oliveira, Jesus Martin-Barbero and Nilda Jacks. The research method used is the Family Mediation Technic that involves ethnography, television reception and in-depth Interview. The main result is that there is a production of sense capable of forming critical public spheres, but this does not happen due to the existence of fences - to a party-state and to the Cultural (patriarchal) fence. It is an empirical research that was carried out in the city of Luanda - capital of the Republic of Angola.
Palavras-chave: Sociedade sitiada
Produção de sentido
Esfera pública
Recepção midiática
Telejornal
Angola
Fenced society
Production of meaning
Public spheres
Media reception
News report
Angola
Área(s) do CNPq: CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::COMUNICACAO
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal de Goiás
Sigla da instituição: UFG
Departamento: Faculdade de Informação e Comunicação - FIC (RG)
Programa: Programa de Pós-graduação em Comunicação (FIC)
Citação: MUCHINGECA, A. Comunicação em sociedades cercadas: a formação de microesferas públicas críticas a partir das mediações comunicativas em Angola. 2017. 191 f. Dissertação (Mestrado em Comunicação) - Universidade Federal de Goiás, Goiânia, 2017.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/7605
Data de defesa: 12-Jul-2017
Aparece nas coleções:Mestrado em Comunicação (FIC)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertação - Abdul Pedro Manuel Muchingeca - 2017.pdf1,98 MBAdobe PDFBaixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons