Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/7996
Tipo do documento: Dissertação
Título: Idosos e cidadania: um olhar sobre uma construção mediada pelas novas tecnologias de informação e comunicação
Título(s) alternativo(s): Elderly and citizenship: a look at a construction mediated by the new information and communication technologies
Autor: Araújo, Claudimiro Lino de
Currículo Lattes do Autor: http://lattes.cnpq.br/9687622158921264
Primeiro orientador: Oliveira, Tiago Mainieri de
Currículo Lattes do primeiro orientador: http://lattes.cnpq.br/4332108741473825
Primeiro membro da banca: Oliveira, Tiago Mainieri de
Segundo membro da banca: Freitas , Luiz Antônio Signates
Terceiro membro da banca: Marques, Ângela Cristina Salgueiro
Resumo: Discute-se aqui a relação atual das pessoas idosas com as chamadas novas tecnologias de informação e comunicação, o que poderia refletir numa possível alteração de sua condição de cidadania. A intenção é estudar um certo hábito comunicacional das pessoas com 60 anos ou mais de idade, definidas legalmente como idosas no Brasil, e investigar as possíveis contribuições desse ato pressuposto aqui como característico da contemporaneidade: o compartilhamento cotidiano de conteúdos virtuais, digitais, por meio de plataformas ou aparelhos tecnológicos conhecidos por smartphones, notebooks, PC´s, tablets ou fablets, desde que com acesso à rede mundial de computadores: world wide web. Especificamente, procura-se uma avaliação de como os suportes tecnológicos podem contribuir para a formação de conteúdos referentes à cidadania ou à alteração dela própria, aos direitos dos idosos, à imagem da velhice ou à representação social desta. Para isso, lança-se mão de uma abordagem qualitativa. Utiliza-se a análise de conteúdo, teoria tradicionalmente descrita por Laurence Bardin. E, acima de tudo, procura-se enriquecer, através da presente pesquisa, as poucas abordagens relacionadas à velhice, com um olhar a partir do campo comunicacional. O percurso teórico aborda o contexto em que se insere a noção de velhice e enfatiza o comunicacional como fundamento para a cidadania. Os resultados da pesquisa empírica demonstraram a presença, mesmo que pequena, de conteúdos considerados como de “engajamento cívico”, pressuposto aqui como condição para a transformação do status de cidadania do idoso. Sobressaiu-se dos resultados a categoria Comunicação, identificada na análise de conteúdo, por sua importância no auxílio ao idoso em sair de seu isolamento, sua solidão e, muitas vezes, até mesmo de um quadro mais grave, de depressão. A categoria Pesquisa indicou o quanto um celular com internet passou a ser importante na vida do entrevistado idoso ao lhe proporcionar o acesso ao conhecimento que não possuía. Na categoria Relacionamento Intergeracional percebeu-se a possibilidade de ressignificação dos relacionamentos entre jovens e idosos. Trabalho e Participação Política foram categorias que indicaram uma proximidade maior da questão do “engajamento cívico” mas não se mostraram expressivas, no material coletado. As categorias Autoajuda e Humor apareceram como um tipo de conteúdo importante no cotidiano dos idosos ao utilizarem as redes sociais. Os dados mostram que, para a amostra escolhida, no contexto social inserido, as NTIC´s exercem influência na reinserção social e visibilidade pública do idoso, incipiente engajamento cívico bem como de seu capital social. Apesar dos problemas do ambiente virtual digital, esse espaço oferece às pessoas idosas ou mais velhas a possibilidade concreta de rompimento do isolamento que muitos experimentam, diminuição da percepção ou o sentimento de solidão através do relacionamento com pessoas próximas e distantes ou a promoção de novos contatos sociais de amizade. Deste modo a internet, para as pessoas idosas, é mais do que uma fonte de pesquisa de receitas, serviços, aprendizado ou diversão. Para esse público, a internet e as NTIC´s podem oferecer o resgate de antigas amizades, promover novas e estreitar laços familiares intergeracionais.
Abstract: This work discusses the current relationship of the elderly with new information and communication technologies, which has possible reflect in a condition of their citizenship status. The intention is to study a certain communication habit of people aged 60 years or older, legally defined as elderly in Brazil and investigate an characteristic of contemporaneity: the sharing of virtual and digital contents through platforms or devices known as smartphones, notebooks, PCs, tablets or phablets with access to the world wide web. Specifically, an attempt is made to evaluate how technological supports can contribute to the formation of contents related to citizenship, to the rights of the elderly, to the image of old age or your social representation. For this, a qualitative approach is used. Is used here a content analysis, theory traditionally described by Laurence Bardin. And, above all, it seeks to enrich, through the present research, the approaches related to old age with a look from the field of communication. The theoretical course addresses the context in which the notion of old age is inserted and emphasizes the communication as a foundation for citizenship. The results of the empirical research demonstrated the presence, even small, of contents, considered as of “civic engagement”, presumed here as a condition for a transformation of the citizenship status of the elderly. Featured for the results of the Communication category, identificated in content analysis, for its importance to helping the elderly to get out their isolation, of their loneliness and, often, even a more serious state of depression. The Search category indicated the importance of the smartphone to the elderly lives providing to they a knowlege that they didn´t have. In the Intergenerational Relationship category, the possibility of re-signification of the relationships between the young and the elderly was perceived. Work and Political Participation were categories that indicated a greater proximity of the subject of “civic engagement” but did not came out so much, in the material collected. Self-Help and Humor categories appeared as types of important content in the daily life of the elderly when they using the social networks. The data show that, for the sample, in that social contexts inserted, the New Information and Communications Technologies (NICTs) exerts influence on the social reinsertion and public visibility of the elderly, incipient civic engagement as well as their social capital. Despite the problems of the digital virtual environment, this space offers the elderly or more people a way of breaking the isolation that many experience, reducing the perception or feeling of loneliness through the relationship with people close and distant or a promotion of new contacts of friendship. In this way, the internet, for the elderly, is more than a source of income, service, learning or entertainment research. For this public, the Internet and the NICTs can offer the rescue of the old friends, promote new and strengthen intergenerational family ties.
Palavras-chave: Comunicação
Idoso
Cidadania
Velhice
Solidão
Communication
Elderly
Citizenship
Old age
Loneliness
Área(s) do CNPq: CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::COMUNICACAO
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal de Goiás
Sigla da instituição: UFG
Departamento: Faculdade de Informação e Comunicação - FIC (RG)
Programa: Programa de Pós-graduação em Comunicação (FIC)
Citação: ARAÚJO, Claudimiro Lino de. Idosos e cidadania: um olhar sobre uma construção mediada pelas novas tecnologias de informação e comunicação. 2017. 135 f. Dissertação (Mestrado em Comunicação) - Universidade Federal de Goiás, Goiânia, 2017.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/7996
Data de defesa: 13-Jul-2017
Aparece nas coleções:Mestrado em Comunicação (FIC)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertação - Claudimiro Lino de Araújo - 2017.pdf11,45 MBAdobe PDFBaixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons