Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/8021
Tipo do documento: Dissertação
Título: A produção textual de Henrique Silva no jornal o Paiz e em a Informação Goyana como projeto de memória: a escrita de si e a recepção dos leitores – 1890 a 1935
Autor: Galvão, Edismar Gomes
Currículo Lattes do Autor: http://lattes.cnpq.br/6955952817614389
Primeiro orientador: Sandes, Noé Freire
Currículo Lattes do primeiro orientador: http://lattes.cnpq.br/9092776092145960
Primeiro membro da banca: Ribeiro, José Eustáquio
Segundo membro da banca: Magalhães, Luiz Ricardo
Resumo: O presente trabalho buscou alcançar alguns objetivos sobre a produção textual de Henrique Silva, bonfinense que escreveu, entre 1890 a 1935, em diferentes meios de comunicação, notadamente no jornal O Paiz e na revista Informação Goyana. No primeiro, foram centenas de notas publicadas cotidianamente entre os anos de 1890 a 1917: registros de ações envolvendo os mais diferentes assuntos. Na revista, que circulou de 1917 a 1935, as publicações de Silva aumentaram sobremaneira em quantidade e tamanho. Esse material, após ser mapeado em tabelas distintas, apresentou o goiano com uma erudição peculiar: discutia sobre hidrografia, pecuária, bandeirismo, geografia, história, saúde, construção da nova capital federal e tantos outros. Após a análise desse material, percebeu-se que a grande maioria das publicações tratava das possibilidades econômicas do Planalto Central, especialmente Goiás. Essas terras eram a bandeira erguida à qual dedicou a maior parte de sua vida. À sombra dessa temática, o amor por Goiás, vislumbrou outro projeto de igual importância: a construção de um projeto de memória, o eternizar-se nas terras goianas como indivíduo que foi para a capital como militar, escritor, jornalista e lá contribuiu para o redescobrimento de Goiás. O referencial teórico utilizado para as publicações no jornal O Paiz foi a escrita de si realizada por Henrique Silva. Um constituir-se pelos seus feitos, por meio de uma escrita (auto)biográfica, que visava, também, como propósito, ao povo goiano. Nas publicações em Informação Goyana, o projeto se mantém. Nesse mensário, buscou-se analisar a produção textual de Silva a partir da recepção dos leitores, identificar como o leitor atribuía significado para os diversos assuntos abordados pelo jornalista. Um diálogo entre autor e leitor que, em alguns momentos, ocorreu tendo como suporte a revista, uma interação importante para o êxito de seus objetivos. Assim com a escrita de si e a recepção dos leitores, Henrique Silva, em certa medida, se imortalizou diante dos goianos.
Abstract: The present work sought to achieve some objectives on the textual production of Henrique Silva, from Bonfin, MG, who wrote between the years 1890 to 1935, in different media, notably in the O Paiz newspaper and the Informação Goyana magazine. To begin with, he wrote hundreds of notes published daily between the years of 1890 and 1917, which record activities involving a variety of subjects. In the magazine, which circulated from 1917 to 1935, Silva’s publications increased greatly in quantity and size. All this material, after being organized into distinct tables, showed the Goiano had a peculiar erudition. He discussed hydrography, cattle raising, bandeirismo, geography, history, health, construction of the new federal capital, and many other subjects. Analysis of this material found that the great majority of the publications dealt with the economic possibilities of the central plateau, especially Goiás. These lands were the cause that he dedicated most of his life. Under this theme and for the love for Goiás, he envisioned another project of equal importance: to construct a memoir. He portrayed himself in the region of Goiás as an individual that went to the capital as a soldier, a writer, and a journalist, who contributed to the rediscovery of Goiás. The theoretical reference used for the publications in the newspaper O Paiz was the writing about his own actions. He built his achievements, through (auto)biographical writing, which was also purposefully aimed at the people of Goiás. The project continued in the publications in Informação Goyana. However, from this monthly journal, we sought to analyze the textual production of Silva from the response of the readers and identify how the reader in general attributed meaning to the various topics addressed by the journalist. A dialogue between author and reader, which sometimes occurred supported by the magazine, was an important interaction for the success of his goals. Thus, by writing of himself and the reaction of the readers, Henrique Silva, to a certain extent, immortalized himself before the Goianos.
Palavras-chave: História
Escrita de si
Estética da recepção
Suporte
Leitura
Memória
History
Writing about oneself
Reception aesthetics
Support
Reading
Memory
Área(s) do CNPq: CIENCIAS HUMANAS::HISTORIA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal de Goiás
Sigla da instituição: UFG
Departamento: Faculdade de História - FH (RG)
Programa: Programa de Pós-graduação em História (FH)
Citação: GALVÃO, E. G. A produção textual de Henrique Silva no jornal o Paiz e em a Informação Goyana como projeto de memória: a escrita de si e a recepção dos leitores – 1890 a 1935. 2017. 205 f. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal de Goiás, Goiânia, 2017.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/8021
Data de defesa: 7-Nov-2017
Aparece nas coleções:Mestrado em História (FH)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertação - Edismar Gomes Galvão - 2017.pdf12,31 MBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons