Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/9733
Tipo do documento: Tese
Título: Preditores de qualidade de vida relacionados à saúde e distância percorrida no teste de caminhada de seis minutos em portadores de insuficiência cardíaca crônica
Título(s) alternativo(s): Predictors of health-related quality of life and functional capacity in patients with chronic heart failure
Autor: Morais, Elizabeth Rodrigues de
Currículo Lattes do Autor: http://lattes.cnpq.br/8159515527524027
Primeiro orientador: Rassi, Salvador
Currículo Lattes do primeiro orientador: http://lattes.cnpq.br/7236834842677715
Primeiro membro da banca: Rassi, Salvador
Segundo membro da banca: Vitorino, Priscila Valverde de Oliveira
Terceiro membro da banca: Rebelo, Ana Cristina Silva
Quarto membro da banca: Corrêa, Krislainy de Sousa
Quinto membro da banca: Fantinati, Marcelo Silva
Resumo: Introdução: A insuficiência cardíaca (IC) é uma síndrome clínica multifatorial e multissistêmica, que acarreta alterações físico-funcionais, musculares, respiratórias, metabólicas e emocionais, contribuindo para um declínio da capacidade funcional e piora da qualidade de vida. Objetivo: avaliar o poder preditivo de fatores sociodemográficos, físico-funcionais, clínicos e emocionais na qualidade de vida e na distância percorrida do teste de caminhada de seis minutos (DTC6), de portadores de IC crônica. Métodos: estudo transversal, realizado com portadores de IC, atendidos em ambulatório. Foram utilizados os seguintes instrumentos: ficha de perfil sociodemográfico e clínico, qualidade de vida relacionada à saúde (Minnesota Living With Heart Failure Questionare- MLHFQ), Inventário de Depressão e Ansiedade de Beck (BAI e BDI). Para avaliação físico-funcional, foram realizadas a dinamometria palmar, manovacumetria, espirometria, índice de massa corporal, escala de dispneia modificada do Medical Research Council (mMRC), teste de caminhada de seis minutos (TC6) e nível de atividade física (IPAQ curto). As variáveis desfecho consideradas foram a qualidade de vida relacionada à saúde (QVRS) e a distância percorrida no TC6 (DTC6). Para determinar as variáveis preditoras de DTC6 e de QVRS, foi utilizada a análise de Regressão Linear Múltipla (RLM), com a seleção das variáveis pelo método stepwise e complementada pela análise hierárquica. O nível de significância, adotado para as análises, foi de 5% (p<0,05). Resultados: Foram avaliados 81 portadores de IC, com média de idade de 56,7 anos, 65,4% do sexo masculino. Foram preditores independentes de QVRS: sexo (p=0,003), número de internações (p<0,001), dispneia (mMRC) (p=0,008), capacidade vital forçada (CVF) (p=0,002) e sintomas de depressão (<0,001) e ansiedade (p<0,001), com coeficiente de determinação (R2) de 0,78. Foram preditores de DTC6: sexo (p=0,001), idade (p=0,004), CVF (p=0,016) e mMRC (p=0,001), com coeficiente de determinação (R2) de 0,37. Conclusões: Mais sintomas de depressão, maior número de internações, maior dispneia nas atividades de vida diária, menor capacidade vital forçada, mais sintomas de ansiedade e sexo feminino foram preditores de pior qualidade de vida em portadores de insuficiência cardíaca crônica. Essas variáveis explicaram, simultaneamente, 78% de variância. Para a distância percorrida no teste de caminhada de seis minutos, as seguintes variáveis estiveram associadas ao pior desempenho: maior dispneia nas atividades de vida diária, sexo feminino, maior idade e menor capacidade vital forçada, explicaram 37% da variância.
Abstract: Background: Heart failure (HF) is a multifactorial and multisystemic clinical syndrome, resulting in physical, functional, muscular, respiratory, metabolic and emotional changes that contribute to a decline in functional capacity and worsening of quality of life. Objective: To evaluate the predictive power of sociodemographic, physical-functional, clinical and emotional factors in the quality of life and the distance covered by the six-minute walk test (6MWD) of patients with chronic HF. Methods: a cross-sectional study, carried out with patients with HF, attended at an outpatient clinic. The following instruments were used: sociodemographic and clinical profile card, health-related quality of life (Minnesota Living With Heart Failure Questionnaire - MLHFQ), Beck Depression and Anxiety Inventory (BAI and BDI). For physical-functional assessment, palmar dynamometry, manovacumetry, spirometry, body mass index, modified dyspnea scale from the Medical Research Council (mMRC), six-minute walk test (6MWT), and physical activity level (short IPAQ ). The outcome variables considered were the health-related quality of life (HRQoL) and the distance covered in the 6MWT (6MWD). In order to determine the predictive variables of 6MWD and HRQoL, Multiple Linear Regression (RLM) analysis was used, with stepwise selection of variables and complemented by hierarchical analysis. The level of significance, adopted for the analyzes, was 5% (p <0.05). Results 81 patients with HF, with mean age of 56.7 years, 65.4% were male. (P = 0.001), dyspnea (mMRC) (p = 0.008), forced vital capacity (FVC) (p = 0.002), and depression symptoms (p <0.001) were independent predictors of HRQoL: ) and anxiety (p <0.001) with coefficient of determination (R2) of 0.78. Predictors of 6MWD were: sex (p = 0.001), age (p = 0.004), FVC (p = 0.016) and mMRC (p = 0.001), with determination coefficient (R2) of 0.37.Conclusions: More symptoms of depression, more hospitalizations, more dyspnea on activities of daily living, lower forced vital capacity, more anxiety symptoms and female sex were predictors of poorer quality of life in patients with chronic heart failure. These variables explained, at the same time, 78% of variance. For the distance covered in the six-minute walk test, the following variables were associated with the worst performance: More dyspnea on daily living activities, female gender, older age, and lower forced vital capacity. which, at the same time, accounted for 37% of the variance.
Palavras-chave: Insuficiência cardíaca
Teste de caminhada
Qualidade de vida
Indicadores básicos de saúde
Heart failure
Walk test
Quality of life
Health status indicators
Área(s) do CNPq: CIENCIAS DA SAUDE::MEDICINA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal de Goiás
Sigla da instituição: UFG
Departamento: Faculdade de Medicina - FM (RG)
Programa: Programa de Pós-graduação em Ciências da Saúde (FM)
Citação: MORAIS, Elizabeth Rodrigues de. Preditores de qualidade de vida relacionados à saúde e distância percorrida no teste de caminhada de seis minutos em portadores de insuficiência cardíaca crônica. 2018. 153 f. Tese (Doutorado em Ciências da Saúde) - Universidade Federal de Goiás, Goiânia, 2018.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/9733
Data de defesa: 28-Set-2018
Aparece nas coleções:Doutorado em Ciências da Saúde (FM)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Tese - Elizabeth Rodrigues de Morais - 2018.pdf3,02 MBAdobe PDFBaixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons