Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/13857
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.creatorOliveira, João Ferreira de-
dc.date.accessioned2018-03-01T12:07:52Z-
dc.date.available2018-03-01T12:07:52Z-
dc.date.issued2013-08-
dc.identifier.citationOLIVEIRA, João Ferreira de. A política de ciência, tecnologia e inovação, a pós-graduação e a produção do conhecimento no Brasil. Intera-Ação, Goiânia, v. 38, n. 2, p. 323-338, mai./ago. 2013. Disponível em: <https://www.revistas.ufg.br/interacao/article/view/26107/15058>.pt_BR
dc.identifier.issne- 1981-8416-
dc.identifier.urihttp://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/13857-
dc.description.abstractThis study examines the production of knowledge in Brazil, and highlights the policies, programs and actions implemented by the federal government, especially since the 1990s. To do so, policies for graduate education and science, technology and innovation are analyzed form the point of view of their impact on the production of knowledge. The study shows that there is concern and an increasingly globalized agenda for the production of knowledge, which in Brazil is shown through the policies implemented in the field, with a pronounced emphasis on innovation and knowledge applied to processes and products in the different production chains, especially in the industrial sector. The changes taking place have implications for autonomy, for the universe and for the social purposes of the university, as well as for academic work in general.pt_BR
dc.description.abstractEl presente estudio analiza la producción del conocimiento en el Brasil, destacando las políticas, programas y acciones que se han implantado por parte del gobierno federal, especialmente desde los años de 1990. En esa dirección, se examinan las políticas de posgrado y de ciencia, tecnología e inovación, considerando su impacto en la producción del conocimiento. El estudio muestra que existe una preocupación y una agenda cada vez más globalizada orientada hacia la producción del conocimiento, lo que se hace presente en el Brasil por medio de las políticas implementadas en el área, destacando acentuadamente las inovaciones y el conocimiento aplicado a procesos y productos en las diferentes líneas de producción, en especial del sector industrial. Los cambios en curso traen implicaciones a la autonomía, a la natureza y a las finalidades sociales de la universidad, así como al trabajo académico en general.pt_BR
dc.description.sponsorshipUFGpt_BR
dc.language.isoporpt_BR
dc.publisherJosé Paulo Pietrafesapt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjectCiência e tecnologiapt_BR
dc.subjectProdução do conhecimentopt_BR
dc.subjectPós-graduaçãopt_BR
dc.subjectScience and technologypt_BR
dc.subjectProduction of knowledgept_BR
dc.subjectGraduate educationpt_BR
dc.subjectCiencia y tecnologíapt_BR
dc.subjectProducción del conocimientopt_BR
dc.subjectPorgradopt_BR
dc.titleA política de ciência, tecnologia e inovação, a pós-graduação e a produção do conhecimento no Brasilpt_BR
dc.title.alternativePolicies for science, technology and innovation, graduate education and the production of knowledge in Brazilpt_BR
dc.title.alternativeLa política de ciencia, tecnología e innovación, el posgrado y la producción del conocimiento en el Brasilpt_BR
dc.typeArtigopt_BR
dc.description.resumoO presente estudo analisa a produção do conhecimento no Brasil, enfocando as políticas, programas e ações que vêm sendo implantados pelo governo federal, sobretudo desde os anos 1990. Nessa direção, examinam-se as políticas de pós-graduação e de ciência, tecnologia e inovação, tendo em vista seu impacto na produção do conhecimento. O estudo mostra que há uma preocupação e uma agenda, cada vez mais globalizada, voltada para a produção do conhecimento, o que se faz manifesto no Brasil por meio das políticas implementadas na área, com acentuado destaque para a inovação e para o conhecimento aplicado em processos e produtos nas diferentes cadeias produtivas, especialmente do setor industrial. As mudanças em curso trazem implicações para a autonomia, para a natureza e para as finalidades sociais da universidade, bem como para o trabalho acadêmico em geral.pt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.initialsUFGpt_BR
dc.identifier.doi10.5216/ia.v38i2.26107-
dc.publisher.departmentFaculdade de Educação - FE (RG)pt_BR
Aparece nas coleções:FE - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - João Ferreira de Oliveira - 2013.pdf620 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons