Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/8047
Tipo do documento: Dissertação
Título: Que memórias me atravessam? Meu percurso de estudante indígena
Título(s) alternativo(s): Which memories cross me? My career as an indigenous student
Autor: Anaquiri, Mirna Kambeba Omágua-Yetê
Currículo Lattes do Autor: http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4332727T6
Primeiro orientador: Martins, Raimundo
Currículo Lattes do primeiro orientador: http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4783162T3
Primeiro membro da banca: Martins, Raimundo
Segundo membro da banca: Miranda, Fernando
Terceiro membro da banca: Abreu, Carla Luzia de
Resumo: Esta é uma pesquisa autobiográfica sobre meu percurso como estudante indígena, cotista, no curso de Licenciatura em Artes Visuais na Faculdade de Artes Visuais (FAV) da Universidade Federal de Goiás (UFG). A investigação tem por objetivo reunir elementos para entender como a narrativa autobiográfica pode me auxiliar na construção docente, e como a construção docente pode auxiliar em minha identidade indígena. A dissertação está estruturada em quatro capítulos. No primeiro, apresento uma narrativa de momentos do meu percurso como estudante indígena, passando pelo meu ingresso na UFG, minha experiência em disciplinasque contribuíram para a minha formação docente na licenciatura, bem como em disciplinas da Pós-graduação cursadas na condição de aluna especial. O segundo capítulo é dedicado aos processos da elaboração desta pesquisa. Faço uma exposição das intenções metodológicas iniciais, relato as mudanças que aconteceram e apresento as perguntas norteadoras da pesquisa. Utilizada como parte dos procedimentos metodológicos, apresento a performance “Que memórias me atravessam?”, e descrevo as atividades realizadas no trabalho de campo. No terceiro capítulo, analiso as tramas que foram construídas no decorrer da pesquisa de campo baseando-me em princípios da Educação da Cultura Visual e, no quarto e último capítulo, teço as conclusões finais destacando os resultados e, especificamente, os pontos principais da pesquisa.
Abstract: This is an autobiographical research concerning my career as an indigenous and quota student in the Visual Arts undergraduate program at the Faculty of Visual Arts of the Federal University of Goiás (Brazil). The purpose of the research is to gather elements to understand how autobiographical narrative can help me in teacher construction, and how teacher construction can help my indigenous identity. The thesis is structured in four chapters. In the first one, I present a narrative of some key moments of my career as an indigenous student, focusing on my admission at the Federal University of Goiás, and on my experience in courses that have significantly contributed to my teacher training, as well as in postgraduate courses I attended as a special student. The second chapter is devoted to the processes of elaboration of this research. I make an exposition of the initial methodological intentions, report on the changes that have taken place and present the guiding questions of the research. Used as part of the methodological procedures, I present the performance "What memories cross me?", and describe the activities carried out in the field work. In the third chapter, I analyze the plots that were constructed in the course of field research based on the principles of Visual Culture Education. In the fourth chapter, I draw the final conclusions of my research, highlighting its main points and achievements.
Palavras-chave: Autobiografia
Percurso como estudante indígena
Route as an indigenous student
Educação da cultura visual
Autobiography
Performance
Visual culture education
Performance
Área(s) do CNPq: ANTROPOLOGIA::ETNOLOGIA INDIGENA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal de Goiás
Sigla da instituição: UFG
Departamento: Faculdade de Artes Visuais - FAV (RG)
Programa: Programa de Pós-graduação em Arte e Cultura Visual (FAV)
Citação: ANAQUIRI, Mirna Kambeba Omágua-Yetê. Que memórias me atravessam? Meu percurso de estudante indígena. 2017. 151 f. Dissertação (Mestrado em Arte e Cultura Visual) - Universidade Federal de Goiás, Goiânia, 2017.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/8047
Data de defesa: 14-Dez-2017
Aparece nas coleções:Mestrado em Arte e Cultura Visual (FAV)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertação - Mirna Kambeba Omágua-Yetê Anaquiri - 2017.pdf25,01 MBAdobe PDFBaixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons